Carlos Conceição estreia “Coelho Mau” na Semana da Crítica do Festival de Cannes

“Coelho Mau”, a última curta-metragem de Carlos Conceição, vai estrear numa sessão especial da Semana da Crítica do prestigiado Festival de Cannes que terá lugar de 17 a 28 de maio naquela cidade francesa

Cardápio @ 21-4-2017 17:55:34

A ficção, uma coprodução luso-francesa (Primeira Idade e Epicentre Films), com 30 minutos de duração, aborda as relações entre dois irmãos (João Arrais e Júlia Palha), uma mãe ausente (Carla Maciel) e o seu amante (Matthieu Charneau), que vacilam entre a iminência da morte e o assombro face aos seus desejos. “Rapaz tímido domina o amante da mãe. A beleza e o horror trocam carícias. Deuses adolescentes desafiam morais convencionais. A morte prostitui-se vestida de criança..” lê-se na sinopse do filme.

"Esta seleção é a melhor forma de ver o meu esforço e o da minha equipa recompensados", observa Carlos Conceição. “Trabalhei seis anos neste projeto, sob diversas formas, e não podia sentir maior satisfação por regressar à Semana da Crítica três anos depois, em especial pela honra que uma sessão especial representa".


"Coelho Mau", Carlos Conceição

"Coelho Mau", Carlos Conceição

Carlos Conceição, licenciado em Cinema pela Escola Superior de Teatro e Cinema, não é um estreante em festivais de renome. "Coelho Mau" assinala o regresso do realizador à Semana da Crítica de Cannes onde, em 2014, apresentou em competição a curta-metragem "Boa Noite Cinderela". Nessa ocasião, Fabien Gaffez, ex-programador do festival, referiu-se a Carlos Conceição como “um dos melhores jovens realizadores portugueses, explorando nos seus filmes num estilo elegante, romântico, barroco e subversivo". No mesmo ano, o cineasta foi também objeto de uma retrospetiva integral na Cinemateca Francesa. Em 2013, o seu filme "Versailles" integrou a competição do Festival de Locarno.

“Coelho Mau” confirma, mais uma vez, o talento do jovem realizador colocando-o novamente na rota dos mais importantes e influentes festivais de cinema.

No dia anterior à abertura do Festival de Cannes, 16 de maio, a Cinemateca Portuguesa dedica uma sessão a Carlos Conceição, no âmbito do Ciclo Novos Olhares, composta pelos filmes “Carne”, “Versailles” e “Boa Noite Cinderela”.

Cardápio @ 21-4-2017 17:55:34



Últimas notícias