1/7/2017 a 22/7/2017 Obras-primas de Elia Kazan e F. W. Murnau abrem Ciclo de Cinema "Esplendor na Relva"

“Esplendor na Relva” é o filme que, no próximo dia 1 de julho (sábado), inaugura o ciclo de cinema com o mesmo nome, no jardim do Palácio de Monserrate, em Sintra. No domingo, 2 de julho, é possível ver “Aurora”, no Auditório do Palácio.

Cardápio @ 19-6-2017 14:31:37

“Esplendor na Relva”, de Elia Kazan, e “Aurora”, de F. W. Murnau, são as duas primeiras escolhas do cineasta João Mário Grilo, responsável pela programação do ciclo de cinema “Esplendor na Relva”, para dar início a esta iniciativa da Parques de Sintra.

A primeira noite deste ciclo - 1 de julho, às 21h30 - é dedicada à obra-prima do romantismo americano dos anos 60 “Esplendor na Relva”, de Elia Kazan. O realizador constrói um dos mais dilacerantes e belos poemas de amor no cinema, oferecendo a Natalie Wood e a Warren Beatty os papéis das suas vidas. Neste filme, os atores interpretam um casal de adolescentes apaixonados, que vivem no estado do Kansas, no final da década de 1920. A família do rapaz não aprova o romance e obriga-o a ir estudar para Yale. Com a separação, a jovem enlouquece e é internada numa instituição psiquiátrica. Mas ao que parece um melodrama convencional, acresce o crash da Bolsa de Nova Iorque, em 1929, a pontuar a história, uma realização inspirada e interpretações irrepreensíveis, que fazem deste um filme de culto.

No domingo, 2 de julho, às 16h, será a vez do Auditório do Palácio de Monserrate exibir a joia do cinema mudo “Aurora”, de F. W. Murnau (realizador de “Nosferatu”). Filmado em 1927 é uma adaptação do conto “Viagem a Tilsit”, de Hermann Sudermann. “Aurora” transforma uma simples história de um triângulo amoroso num território metafísico repleto de suspense e dramatismo. Neste filme vencedor de três Óscares, um homem elabora um esquema para matar a esposa, ao mesmo tempo que é atormentado por uma sedutora mulher, com quem se envolve num romance vertiginoso. Esta longa-metragem é uma viagem, uma “aurora” do cinema mundial e, segundo François Truffaut, é “o filme mais belo do mundo”.

O ciclo de cinema “Esplendor na Relva” decorre de 1 a 22 de julho no Palácio de Monserrate, em Sintra. São 12 obras-primas da história do cinema para ver, muitas delas à noite e ao ar livre, uma experiência única que coloca a atmosfera dos filmes a fundir-se com o cenário natural da serra de Sintra.

Seja no auditório do Palácio de Monserrate, seja nos jardins (numa tela gigante, tendo o relvado como plateia e um autêntico anfiteatro natural), este ciclo acrescenta novas dimensões ao conceito de “ir ao cinema”.

Parque de Monserrate /©Parque_de_Monserrate /©PSML Jonas Tavares

Parque de Monserrate /©Parque_de_Monserrate /©PSML Jonas Tavares

Informações

Datas: 1 a 22 de julho de 2017

Local: Palácio de Monserrate, Sintra.

Preço de bilhete:

· Sessões noturnas (ar livre) – 5€ adulto e 3,5€ jovens (dos 6 aos 18 anos) – Palácio estará aberto para visita;
· Sessões diurnas (auditório do Palácio) – Incluídas no bilhete da visita ao Palácio, sendo a entrada condicionada à capacidade da sala. A compra de bilhetes durante o dia para visita ao Palácio de Monserrate não dá direito a entrada gratuita nas sessões de cinema noturnas.
· A Scotturb assegura gratuitamente o transporte entre a Estação Ferroviária de Sintra e o Parque de Monserrate, entre as 19h15 e as 00h40, aos portadores de bilhete para o ciclo de cinema.

Capacidade dos espaços:
Ar livre (sessões noturnas) – 500 lugares (relvado)
Auditório do Palácio (sessões diurnas) – 60 lugares

Notas para as sessões noturnas:
Aconselha-se a utilização de agasalho quente e calçado confortável.
Aconselha-se a utilização de transportes públicos

Cardápio @ 19-6-2017 14:31:37


Últimas notícias