3/3/2018 a 16/3/2018 Exposição EDNA CANOSO

Exposição de Pinturas da artista brasileira Edna Canoso

Cocktail de Inauguração: Sábado, 3 de Março, pelas 19:00hs."Uma das capacidades mais ricas da arte está em abrir visões de mundo ao criador e ao observador. Ambos encontram-se no momento em que existe a composição de uma atmosfera plástica em que a forma de expressar um olhar sobre o mundo supera o simples acto de reproduzir aquilo que costumamos chamar realidade. Os troncos de Edna Canoso são justamente a concretização deste diálogo entre aquilo que se vê e o que se cria. Existe, portanto, um processo reflexivo em que parte-se de uma referência e atinge-se uma outra dimensão, a da representação. O diálogo enriquece-se quando a discussão sai daquilo que a imagem mostra para como ela foi construída. Neste aspecto, a força dos troncos na natureza e suas curvas plenas de lirismo, marcadas pelas mais ousadas elaborações, são o ponto de partida para um conjunto visual que vale-se de diversos matérias e técnicas, para atingir uma progressiva destruição do referente que não se dá pela agressividade, mas com polidez. O uso do nanquim, por exemplo, estabelece um universo de relações delicadas entre as linhas da natureza e as manchas tão presentes na arte oriental. O comparecimento de texturas, tonalidades, monotipias e efeitos diversos podem contribuir para gerar um mundo de troncos que, reconhecíveis ou não, guardam a força orgânica e visceral de sua integração com o espaço" (Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais). Edna Canoso vive e trabalha em São Paulo, Brasil. (Colorida Art Gallery)

@ 1-3-2018 01:33:00

Cocktail de Inauguração: Sábado, 3 de Março, pelas 19:00hs.

"Uma das capacidades mais ricas da arte está em abrir visões de mundo ao criador e ao observador. Ambos encontram-se no momento em que existe a composição de uma atmosfera plástica em que a forma de expressar um olhar sobre o mundo supera o simples acto de reproduzir aquilo que costumamos chamar realidade. Os troncos de Edna Canoso são justamente a concretização deste diálogo entre aquilo que se vê e o que se cria. Existe, portanto, um processo reflexivo em que parte-se de uma referência e atinge-se uma outra dimensão, a da representação. O diálogo enriquece-se quando a discussão sai daquilo que a imagem mostra para como ela foi construída. Neste aspecto, a força dos troncos na natureza e suas curvas plenas de lirismo, marcadas pelas mais ousadas elaborações, são o ponto de partida para um conjunto visual que vale-se de diversos matérias e técnicas, para atingir uma progressiva destruição do referente que não se dá pela agressividade, mas com polidez. O uso do nanquim, por exemplo, estabelece um universo de relações delicadas entre as linhas da natureza e as manchas tão presentes na arte oriental. O comparecimento de texturas, tonalidades, monotipias e efeitos diversos podem contribuir para gerar um mundo de troncos que, reconhecíveis ou não, guardam a força orgânica e visceral de sua integração com o espaço" (Oscar D’Ambrosio, jornalista e mestre em Artes Visuais). Edna Canoso vive e trabalha em São Paulo, Brasil. (Colorida Art Gallery)


@ 1-3-2018 01:33:00


Clique aqui para ver mais sobre: Colorida Art Gallery - Notícias / Eventos