Pastel de Nata de Maçã Riscadinha - Nova iguaria de Palmela já é um sucesso

O Pastel de Nata de Maçã Riscadinha está a ser um sucesso e a deliciar todas/os as/os que já tiveram oportunidade de o provar. Esta nova iguaria de Palmela foi apresentada no dia 21 de julho, na Casa Mãe da Rota de Vinhos (onde está disponível), numa iniciativa promovida pelo autor, o Chef Nuno Gil, a Câmara Municipal de Palmela e a Associação da Rota de Vinhos da Península de Setúbal.

cardapio.pt @ 27-7-2021 15:51:33

Nuno Gil deixou um «agradecimento ao Município e à Rota de Vinhos por aceitarem este desafio». O criador explicou que a ideia foi fazer a ligação entre o Pastel de Nata, que é «o pastel mais conhecido do mundo», com um produto da região, a Maçã Riscadinha, que é produzida apenas no concelho de Palmela, durante os meses de verão. Nuno Gil espera que esta seja «mais uma iguaria que dê nome e ênfase aos produtos de Palmela».

«Esta nova iguaria não é minha, é nossa», realçou, mostrando-se satisfeito por já ter criado vários doces, mas não se recordar «de ter havido um movimento tão positivo de pessoas a quererem provar e a dizerem bem do Pastel».

«Não podíamos estar mais satisfeitos do que quando encontramos pessoas empreendedoras, com visão de futuro, um grande amor à nossa terra e aos produtos endógenos que, com a sua criatividade e trabalho e procurando inovar, criam novos produtos», confessou o Vereador do Desenvolvimento Económico e Turismo, Luís Miguel Calha.

O Vereador sublinhou que o Chef Nuno Gil tem desenvolvido «um trabalho muito interessante ao longo dos anos, procurando investigar a nossa história gastronómica e, a partir daí, construir uma doçaria que tem contribuído para projetar Palmela na região e a nível nacional».


A apresentação do Pastel decorreu em simultâneo com os Fins de Semana Gastronómicos da Fruta de Palmela, integrados no programa de promoção gastronómica “Palmela - Experiências com Sabor!”. Luís Calha lembrou que, quando o Município criou este programa, «procurou, desde logo, que fossem interiorizados pelos agentes económicos dois fatores principais: a importância de valorizar os nossos produtos e consumir local e a importância de, para além de valorizar as tradições gastronómicas, procurar inovar».

Passados mais de 10 anos, reconhece com satisfação que «há mais empresas que abraçaram este desafio de não perder o que é tradicional, mas apostar na inovação», o que tem contribuído para «uma gastronomia mais rica e para atrair mais visitantes e turistas».

Visite a Casa Mãe da Rota de Vinhos e saboreie o Pastel de Nata de Maçã Riscadinha!

cardapio.pt @ 27-7-2021 15:51:33


Clique aqui para ver mais sobre: Gastronomia