Niepoort lança Vintage especial pelo centenário das Caves S. João

A amizade está na base deste ‘vintage’. Desde os anos 60 que os irmãos Luís e Alberto Costa eram muito amigos de Rolf Niepoort, quarta geração da família à frente desta casa de vinhos do Douro, e que dirigiu entre a década de 1960 e 1997. Inspirado por essa forte ligação, as Caves S. João pediram à Niepoort um vinho especial para o seu Centenário, que comemora ao longo de 2020. Assim nasceu o vinho “100 anos de História”, que ontem se lançou por ocasião desta efeméride tão significativa desta casa da Anadia.

cardapio.pt @ 25-6-2020 15:20:13

“Fizemos um lote especial para estes 100 anos – e a escolha recaiu no ano de 2017, por ser um ano tão emblemático para a Niepoort, e de elevada qualidade. Este lote é feito a partir de vinhas centenárias – o que para esta ocasião, fazia todo o sentido -, 100% fermentado em lagar, com pisa a pé e 100% de uva inteira”, explica Dirk Niepoort, director-geral da Casa Niepoort. “Para mim, é uma honra poder fazer um vinho para as Caves S. João”, reforça. Esta edição limitada de 1000 garrafas - das quais apenas 100 estarão à venda, na Garrafeira Nacional (PVP 150€) - é tão surpreendente como simbólica, já que é um regresso à matriz das Caves S. João e ao seu início na década de 30 do século passado.

“Há dez anos que se começou a pensar no projecto de celebração do Centenário das Caves S. João”, explica Célia Alves, gerente das Caves S. João. “Dada a riqueza da História das Caves, optámos por laçar um vinho por década, contando assim a História da nossa Casa e as diferentes fases pelas quais passou. Desses 11 vinhos, o “100 Anos de História”, Vintage feito pela Niepoort e revelado no dia do centenário, acaba por ser o fecho de ciclo perfeito, pois regressa aos primórdios das Caves, quando o negócio passava pelo comércio de vinhos do Douro e do Porto.

O dia de celebração do Centenário foi cheio. Iniciou com uma missa, numa capela com a estátua de S. João Baptista, padroeiro do lugar de S. João da Azenha, no dia 24 de junho – Dia de S. João. Esta capela, de elevado simbolismo, homenageou os fundadores das Caves e abençoou também os seus atuais protagonistas. Depois da missa, a celebração prosseguiu para a Cave dos espumantes, uma galeria subterrânea onde também se encontra uma estátua do S. João Baptista. O almoço continuou com a gastronomia típica do Dia de S. João – sardinha, caldo verde e leitão da Bairrada. A sobremesa, pão de ló e queijo, foi devidamente acompanhada pelo Vintage 2017 da Niepoort, o “Vinho 100 anos da História”.

No final da refeição, brindou-se com um espumante comemorativo do Centenário desta casa, que também foi lançado neste dia especial. Engarrafado em 2016, propositadamente para as comemorações do Centenário, é um Bruto Natural, da colheita 2015, de Pinot Noir. Esta edição limitada, com 2784 garrafas numeradas, poderá ser encontrada, num primeiro momento, na Garrafeira Nacional (PVP 40€).

Paralelamente ao Evento Centenário das Caves São João, em Lisboa, na icónica Garrafeira Nacional, foram lançados os Vinhos 100 Anos de História Caves São João, com uma prova presencial e digital, numa organização conjunta TintoCão, Garrafeira Nacional e Caves São João. Assim se fechou um dia memorável.

cardapio.pt @ 25-6-2020 15:20:13


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Vinhos e Gourmet