16/3/2019 a 30/3/2019 O protagonismo português nos contactos diplomáticos entre a Europa e a China em análise no Museu do Oriente

Em março, o Museu do Oriente promove um curso e uma conferência com base na exposição "Três Embaixadas Europeias À China".

cardapio.pt @ 11-3-2019 13:03:07

O curso “Três Embaixadas Europeias à China – Roteiros de uma Exposição” realiza-se nos dias 16, 23 e 30 de março com o objetivo de proporcionar um roteiro explicativo de cada um dos três núcleos que compõem a mostra.

Protagonizada por portugueses ao longo de cinco séculos (XIII a XVIII), a história dos contactos político-diplomáticos entre a Europa e a China é o tema do curso orientado por Jorge Santos Alves, curador da exposição. Cada uma das três sessões concentra-se num dos núcleos, procurando mostrar o pano de fundo histórico-geográfico destas três embaixadas europeias: a embaixada do Papa Inocêncio IV ao Império Mongol (1245), de D. Manuel I à Dinastia Ming (1517) e de D. José I ao Imperador Qianlong (1752).

É em torno de três protagonistas que se estrutura a exposição, com cerca de setenta peças de coleccionadores privados, de instituições como o Arquivo Secreto do Vaticano, a Torre do Tombo, a Biblioteca Nacional e o Museu da Farmácia, entre outras, e do próprio espólio da Fundação Oriente.


No dia 29, a conferência “A Europa e a Pax Mongolica. A embaixada de Frei Lourenço de Portugal (1245)” dá a conhecer a embaixada de Frei Lourenço de Portugal (1245) e a sua relevância nos contactos diplomáticos entre a Europa e a China.

Conduzida por Cristina Costa Gomes, Doutorada em História Moderna pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, esta sessão mostra como a Ásia e o Médio e Próximo Oriente se aproximavam da Europa, através da expansão militar e territorial do Império Mongol. O mundo de Frei Lourenço de Portugal foi marcado pela abertura de um canal diplomático entre a Europa cristã, liderada pelo Papado e o Império Mongol, mas também por trocas culturais e económicas à escala global, nas quais o mundo islâmico (na Península Ibéria, no Médio e Próximo Oriente e mesmo no Oceano Índico) era uma parte activa.

Cristina Costa Gomes tem desenvolvido investigação e publicado diversos artigos e livros nas áreas das Relações Interculturais entre a Europa e a China (sécs. XVI a XVIII), Renascimento e Humanismo em Portugal (séc. XVI) e Paleografia e Edição de Textos (sécs. XVI a XVIII).


Informações

Curso “Três Embaixadas Europeias à China – Roteiros de uma Exposição”

Datas: 16, 23 e 30 de Março de 2019

Horário: 15h00-16h30

Preço: 40 €

Participantes: mín. 12, máx. 20

Conferência “A Europa e a Pax Mongolica. A embaixada de Frei Lourenço de Portugal (1245)”

Data: 29 de março de 2019

Horário: 18h00

Preço: Entrada livre

cardapio.pt @ 11-3-2019 13:03:07