Vencedores do Concurso Novos Talentos FNAC 2019

A entrega dos prémios Novos Talentos FNAC 2019 aconteceu no passado dia 29 de maio nas Carpintarias de São Lázaro, numa autêntica festa de cultura. Com o mote “Mostra-te ao Mundo”, durante o evento foram revelados os vencedores da edição deste ano, nas categorias de Música, Fotografia, Cinema e Escrita.

cardapio.pt @ 30-5-2019 17:34:08

A apresentação esteve, uma vez mais, a cargo de Fernando Alvim que teve por missão anunciar os participantes eleitos pelo júri das quatro categorias a concurso. O evento contou ainda com a atuação de João Correia dos Tape Junk (novo talento FNAC 2013) que estava presente sem banda, a apresentar 2 temas do seu novo álbum COUCH POP. 

Vencedores
Cinema1.º prémio - Pedro Pires dos Santos, com a curta-metragem “If only wet rice would grow bigger with floods, don't you think?” Música1º prémio – RUSSA, com o tema “O Teu Abraço” Fotografia 1º prémio - Maria da Glória Rodrigues, com com o trabalho “Guardar o fogo para dias de pouca luz” Escrita1º prémio - Mafalda Santos Gomes, com "Milho Rei"


A edição deste ano do concurso Novos Talentos FNAC atingiu um nível recorde de participações, com 3403 jovens talentos a apresentar candidatura nas quatro categorias: Escrita, com 1245 inscrições; seguindo-se a Fotografia com 1144, a Música com 846 e o Cinema com 168.

Na categoria Cinema, o primeiro lugar foi conquistado por Pedro Pires dos Santos com a curta-metragem intitulada “If only wet rice would grow bigger with floods, don't you think?”. Eleito pelo júri composto por Paulo Trancoso (Presidente do Júri e Presidente da direção da Academia Portuguesa de Cinema), João Canijo (realizador), Paulo Viveiros (professor do departamento de cinema e artes dos media da Universidade Lusófona) e Margarida Cardoso (realizadora), este vencedor recebe um prémio monetário de 1.250 euros, oferecido pela Repsol, e um workshop na Universidade Lusófona. As Menções Honrosas foram entregues a Bruno Carnide com “Outono” e a Stephanie Kyek com “Whale Song”. Todos os premiados verão os seus trabalhos exibidos publicamente.

Nesta categoria a FNAC contou com a Universidade Lusófona e a Academia Portuguesa de Cinema como parceiros e a revista Magazine HD como media partner.

O prémio da categoria de Música foi atribuído ao projeto RUSSA pelo tema “O Teu Abraço”, tendo as Menções Honrosas sido entregues a Y.azz x bmywingz com “Cycles” e Ricardo Cardoso com “Toca e foge”. Esta categoria contou com a avaliação dos jurados Henrique Amaro (Presidente do Júri e radialista), Lia Pereira (jornalista), Luís Oliveira (radialista) e Rui Miguel Abreu (jornalista). O vencedor terá a oportunidade de produzir um single em estúdio (com mistura, masterização e gravação), oferecido pela Repsol, de atuar em setembro no FNAC LIVE; e, juntamente com as menções honrosas, fará parte do disco Novos Talentos FNAC 2019.

Na Fotografia, Maria da Glória Rodrigues foi a grande vencedora deste ano com o trabalho “Guardar o fogo para dias de pouca”, eleita pelo júri constituído por Mário Cruz (Presidente do Júri, fotojornalista da Lusa e vencedor do World Press Photo 2016, categoria Assuntos Contemporâneos), Augusto Brázio (fotógrafo), Francisco Feio (professor de fotografia) e Sérgio B. Gomes (jornalista do Público).

A vencedora recebe um prémio monetário no valor de 1.500 euros, oferecido pela Repsol, um vale-oferta de 1.500 euros em equipamento fotográfico FUJIFILM X, o acompanhamento, até um ano, de um Projeto Fotográfico de Autor oferecido pelo Instituto Português de Fotografia e vê, ainda, o seu trabalho exposto nos fóruns FNAC.

As Menções Honrosas foram entregues a Fábio Miguel Roque com “White Smoke” e Pedro da Costa Malheiro com “Yvonne”.

Nesta categoria, a FNAC contou com a FUJIFILM e o Instituto Português de Fotografia como parceiros e com o site Olhares Fotografia digital como media partner.

Quanto à categoria Escrita, a grande premiada foi Mafalda Santos Gomes com "Milho Rei". Os jurados Conceição Garcia (Presidente do Júri e diretora da Escrever, Escrever), Dulce Maria Cardoso (escritora), Afonso Cruz (escritor) e João Tordo (escritor) atribuíram ainda as Menções Honrosas a Joana Ferreira Ribeiro com "Fénix" e António Rebelo Pascoal com "O Caminho para Casa". Todos os premiados recebem um workshop de escrita criativa na escola Escrever, Escrever, e têm a sua obra publicada no livro Novos Talentos FNAC 2019. O primeiro prémio recebe ainda um cheque Repsol no valor de 1.250 euros. Para esta categoria, a FNAC contou com o apoio da escola de escrita criativa “Escrever, Escrever”.

cardapio.pt @ 30-5-2019 17:34:08