Savoy Palace apresenta novo Chá da Tarde

Uma experiência exclusiva para este verão

O mais requintado dos costumes ingleses chegou ao Savoy Palace. Todos os dias, entre as 15 e as 18 horas, o Lobby do hotel, em perfeita sintonia com os jardins da propriedade, enche-se do cheiro a scones, pastelaria fresca e infusões aromáticas, proveniente do novo Chá da Tarde preparado pelo chef Pedro Campas

cardapio.pt @ 12-8-2020 12:02:26

Servidas com uma elegância teatral, todas as propostas do novo menu foram pensadas para combinar com os chás de blends exclusivos Savoy Palace – ou, se o momento pedir algo mais fresco, com um champanhe de sabor delicado, como um Perrier-Jouët rosé ou um Tsarine bruto.

“O Chá da Tarde começou por ser uma moda que se tornou um símbolo cultural, sendo hoje em dia um conceito que agrada a todos e, portanto, uma opção a não perder para quem visita o Savoy Palace. Acho que um dos pontos fortes da nossa oferta é a harmonização visual, proporcionada pela panóplia de cores que todo o menu nos garante, assim como a mistura de sabores, brilhos, texturas e técnicas, conseguida no processo de criação do produto final”, descreve o chef Pedro Campas.

Uma das principais estrelas do menu são os Scones, iguaria inseparável de um “Chá das 5” autêntico. Estão disponíveis com e sem sultanas, perfeitos para barrar com uma manteiga sem sal envolvida em nata batida, com mel ou compotas de fruta, fornecidas por um produtor local.

Seguem-se as mini sanduíches, confecionadas com diferentes tipo de pão. São cinco as variedades: pão de azeitona com queijo e pepino; pão rústico com salada de ovo trufado e agrião; pão de tomate com frango tandoori e um toque fresco de maçã verde; pão de cacau com rosbife e rábano; e muffin de limão com salmão fumado e abacate.

Porém, o ponto alto do Chá da Tarde do Savoy Palace pode muito bem ser a seleção de pastelaria que o chef Pedro Campas decidiu conjugar num só prato, jogando com as texturas e os sabores. Desenhado em exclusivo para o serviço de chá do hotel, em consonância com a decoração de toda a unidade, mistura o esponjoso do banoffee, com o crocante do macaron, o cremoso do cheesecake, o fresco da tartelete e o estaladiço do chocolate.

O chef sugere começar pela Tartelete de Fruta Fresca, que tem como base uma tarte de creme de pasteleiro. A viagem do paladar prossegue com o Cheesecake de Manga, servida com biscuit de pistáchio, creme de filadélfia com manga e uma esfera de manga salteada. Tradicionalmente conhecida como banoffee, a terceira sobremesa é um Éclair de Banana e Doce de Leite com mousse de nata e baunilha e raspa de chocolate. A caminhar para o fim, é possível saborear um Macaron de Frutos do Bosque com sablé de framboesa e creme de frutos vermelhos entre duas bolachas crocantes, encimado por gel de framboesa, coco ralado e uma pequena folha de ouro. Por último, resta uma criação inspirada num doce que marcou vivamente a infância do chef: trata-se de um “Ferrero Rocher”, que apresenta biscuit de cacau na base e um interior de avelã caramelizada, cremoso de avelã e mousse de chocolate, banhados por uma fina camada de chocolate negro e avelã torrada.

Toda a elegância do Chá da Tarde do Savoy Palace combina na perfeição com a loiça de marca portuguesa Vista Alegre, que prima pela sofisticação e subtileza. Palavras de ordem que se vêm juntar ao conforto de um espaço onde o vibrante espetáculo de luz conjuga a arte e a natureza, deixando antever uma experiência única e inolvidável.

cardapio.pt @ 12-8-2020 12:02:26


Clique aqui para ver mais sobre: Hóteis