10/4/2019 a 13/4/2019 "Pathos" - uma viagem à Grécia que nunca chegou a terminar

No dia 10 de abril, o Teatro Carlos Alberto, no Porto, estreia a peça Pathos, uma coprodução entre o Teatro Nacional de São João e a Estrutura, companhia que privilegia a transdisciplinaridade, a experimentação e o diálogo com o pensamento contemporâneo, e apresenta a visão do mundo em construção como a profecia de um final trágico. A criação de Cátia Pinheiro e José Nunes estará em cena até dia 13 de abril.

cardapio.pt @ 3-4-2019 17:03:49

A partir da convocação de um início, da lembrança de uma ideia de humanidade – a da Grécia Antiga enquanto berço da civilização ocidental, da democracia, da filosofia e do teatro –, os criadores, céticos face ao nó cego civilizacional a que chegamos, medem o pulso do nosso tempo. Pathos adapta o significado da palavra no mundo moderno, cheio de certezas diluídas nos sinais políticos e ambientais e no crescimento de fundamentalismos e da intolerância. A peça é uma tragédia que pretende, ainda, dar vida a uma metáfora – a vontade de agitar as águas de um lago perfeito e parado.

O elenco de Pathos é constituído por Cátia Pinheiro, Mafalda Banquart, Margarida Carvalho e Tiago Jácome. O espetáculo pode ser visto de quarta a sexta, às 21h00; e sábado, às 19h00. O preço dos bilhetes para a peça é de 10 euros. No dia 13 de abril, decorre a iniciativa Carta-Branca, que permite às crianças maiores de quatro anos darem asas à criatividade, enquanto os pais assistem ao espetáculo. O preço por criança é de 2,50 euros.


Informações

Datas: 10 a 13 de abril de 2019

Local: Teatro Carlos Alberto, Porto

Horários: Quarta a sexta, às 21h00; Sábado, às 19h00

Preço: 10 euros

cardapio.pt @ 3-4-2019 17:03:49


Clique aqui para ver mais sobre: Teatro