Canal Cinemundo dedica mês de outubro a Oliver Stone

Oliver Stone é o “Realizador do Mês” do Canal Cinemundo. Às segundas-feiras, entre 7 e 21 de outubro, o cineasta americano que conta com uma carreira com quase 50 anos vai marcar a sua presença no Canal com três filmes explosivos. Do realizador de culto, a Cinemundo exibirá um conjunto de três obras marcantes: JFK, Assassinos Natos e ainda Um Domingo Qualquer.

cardapio.pt @ 2-10-2019 16:31:28

JFK (1991)

JFK (1991)

Muitos dos filmes de Oliver Stone debruçam-se sobre questões controversas da política americana, do final do século XX, tendo sido considerados altamente polémicos por ocasião das suas estreias. Com efeito, foram muitos os críticos que o acusaram de promover teorias da conspiração desde logo com o filme JFK. Atendendo ao quadro histórico em que se insere e a algumas vivências pessoais – como a de ex-combatente, condecorado, na Guerra do Vietname – parece natural que este seu interesse político se manifeste na sua carreira como realizador.  

Em 1991, 28 depois da morte do presidente americano John Fitzgerald Kennedy, surge o filme JFK. O acontecimento trágico de 1963, que voltou os olhos do mundo para os Estados Unidos, foi o mote de Oliver Stone para este filme. Desde o início, o assassinato de Kennedy levantou inúmeras dúvidas e foi alvo de uma grande especulação. Ao ousar revisitar o tema, o realizador estava perfeitamente consciente que seria responsável por amplificar um mundo de teoria e conspiração. Com efeito, o filme teve um eco de tal maneira grande que levou à revelação de uma série de documentos confidenciais sobre o homicídio de Kennedy.

No centro desta narrativa, e interpretado de maneira irrepreensível por Kevin Costner, está o procurador Jim Garrison que quer provar, a todo o custo, que havia uma conspiração por detrás da morte de JFK. A defesa da verdade acaba por ser celebrada pelo realizador como um dos princípios fundamentais da sociedade americana. O filme que conta ainda com a participação de estrelas como Gary Oldman, Tommy Lee Jones ou Kevin Bacon foi nomeado para oito Óscares (incluído o de Melhor Filme e Melhor Realizador), tendo arrecadado duas estatuetas douradas.


Assassinos Natos (1994)

Assassinos Natos (1994)

No ano de 1994, Oliver Stone faz-nos chegar um filme nomeado para um Globo de Ouro para a categoria de melhor realizador. Assassinos Natos, criado a partir de uma história de Quentin Tarantino, aponta o dedo ao modo como a violência é rentabilizada e, por isso, tão valorizada por um jornalismo sensacionalista e por um mercado audiovisual que acaba por cair no mesmo erro. Woody Harrelson e Juliette Lewis são Mickey e Mallory Knox. Por onde quer que passem, tendo ou não um motivo, deixam um rasto de sangue. Têm, no entanto, o cuidado de deixar sempre alguém vivo de modo a que essa pessoa possa contar a história. Desta forma, cresce a fama de dois assassinos que os media se encarregam de converter em autênticas estrelas. A maior provocação chega mesmo a ser o modo como o espectador acaba por simpatizar com os dois assassinos.


Um Domingo Qualquer (1999)

Um Domingo Qualquer (1999)

Cinco anos depois de Assassinos Natos chega ao cinema Um Domingo Qualquer (1999). Um drama que junta um elenco de figuras de Hollywood como Al Pacino, Cameron Diaz, Dennis Quaid, Jamie Foxx e o próprio Oliver Stone. Com este filme, o especial deixa de lado obras mais polémicas e volta-se para o mundo do desporto. Embora, um desporto que nos Estados Unidos acaba por ser uma verdadeira instituição.

Depois de uma lenda do futebol americano sofrer uma lesão grave, o treinador de uma equipa de Miami vê-se obrigado a substituí-lo por um jogador que havia passado muito tempo no banco de suplentes. O resultado é, para todos, surpreendente e Willie Beaman (interpretado por Jamie Foxx) acaba por conquistar o seu lugar. Ao tornar-se uma peça fundamental da equipa, o treinador Tony D’Amato (Al Pacino) recupera o alento que precisa para superar as dificuldades que está a ter com a nova proprietária da equipa. Um filme sobre relações humanas, sobre a esperança e acima de tudo sobre a superação.

O Canal Cinemundo exibe assim três filmes marcantes de um realizador de culto. Oliver Stone é, sem dúvida, um dos grandes cineastas da sua geração.


cardapio.pt @ 2-10-2019 16:31:28


Clique aqui para ver mais sobre: Cinema