Rostos da resistência no ISPA

O ISPA (Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida) assinala os 40 anos do 25 de abril de 1974 no próximo dia 10 de abril às 17h30 no Auditório 1. A mesa redonda “40 anos do 25 de abril: do Passado para o Futuro”, conta com a presença de resistentes ao anterior regime e psicólogos, como Almeida Moura (Associação 25 de abril), Carlos Pratas, Camilo Inácio (Psicólogo), José Ornelas (Psicólogo), Ivo Serra (Psicólogo/URAP), José Pedro Soares (URAP) e Victor Cláudio (Psicólogo).

ISPA @ 8-4-2014 17:20:50

José Pedro Correia Soares é dirigente da União de Resistentes Antifascistas Portugueses. Em 1 de Julho de 1971 foi preso pela Polícia Militar, sendo entregue à Direção Geral de Segurança, DGS (ex-PIDE). Foi sujeito a um total de 820 horas de interrogatórios, barbaramente tratado com espancamentos, tortura da estátua e do sono, no total 33 dias e noites sem lhe ser permitido dormir, com ameaças de morte. Permaneceu isolado de 1 de Julho a 17 de Setembro. Em 25 de Abril de 1974, a Revolução de Abril restitui-lhe a liberdade e os direitos fundamentais.

A URAP - União de Resistentes Antifascistas foi criada pelos antifascistas que durante a ditadura criaram a Comissão de Socorro aos Presos Políticos - organização que com grande coragem afrontava o regime no coração da sua política repressiva. No regime democrático a URAP tem desenvolvido a sua ação na defesa dos ideais do 25 de Abril e da democracia.

INFORMAÇÕES


Mesa redonda “40 anos do 25 de abril: do Passado para o Futuro”

10 abril 2014, 17h30

Auditório 1 do ISPA: Rua do Jardim do Tabaco, 34

ISPA @ 8-4-2014 17:20:50


Clique aqui para ver mais sobre: Exposições