Novidades Livros (21 a 27 de março de 2019)

cardapio.pt @ 20-3-2019 17:52:19

"Os meninos de Varsóvia" de Elisabeth Gifford

Título: Os meninos de Varsóvia

Autor: Elisabeth Gifford 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 312

Editora:  Porto Editora

ISBN:  978-972-0-03150-1

PVP: 16,60€

Sinopse: Profundamente apaixonados e prestes a casar, os estudantes Misha e Sophia fogem da Polónia, procurando escapar à ocupação nazi da capital, Varsóvia. Obrigados a regressar ao gueto, resta-lhes ajudar o mentor de Misha, o Dr. Korczak, a cuidar das 200 crianças que vivem no seu orfanato, conseguindo, assim, sobreviver.

Do outro lado do muro, a violência aperta as suas garras em torno deste pequeno oásis de esperança e bondade, criado pelo bom doutor de Varsóvia, e Misha e Sophia são obrigados a separar-se e a enfrentar os seus piores medos sozinhos.

Mas, apesar de todos os esforços em preservar alguma humanidade em pleno caos, numa manhã de agosto de 1942, o chamado Pequeno Gueto é cercado pelas tropas das SS, com instruções para encaminhar os seus ocupantes para Treblinka, o campo para onde quem vai nunca volta. O Dr. Korczak não desiste da sua missão e recusa abandonar as crianças e funcionários do orfanato, partindo com eles para o destino final.

O gueto de Varsóvia foi habitado por meio milhão de pessoas. Menos de um por cento sobreviveu para contar a sua história. Este romance é inspirado nos relatos reais de Misha e Sophia e na vida de um dos heróis silenciosos da Grande Guerra, o Dr. Janusz Korczak.

"O Sol da Meia-Noite" de Jo Nesbø

Título: O Sol da Meia-Noite 

Autor: Jo Nesbø 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 208

Editora: Dom Quixote

ISBN:  9789722066433

PVP: 15,50€

Sinopse: Jon sai do autocarro a meio da noite, num canto inóspito da Noruega, algures no planalto de Finnmark, tão a norte que o Sol nunca se põe. É ali que espera poder refugiar-se, junto do povo da Lapónia, até traçar uma estratégia para escapar ao Pescador. Até àquele momento, limitara-se a improvisar, pois temia que qualquer plano fosse descortinado pelo seu perseguidor.

Mas não duvida de que, mais cedo ou mais tarde, o encontrarão.

Escondido numa cabana no meio da floresta, tudo o que separa Jon do seu destino é Lea e o filho, Knut. Lea ofereceu-lhe uma arma para se defender, uma cabana onde dormir e, mais importante do que isso, uma razão pela qual lutar contra o seu fatal destino. Mas à medida que o tempo passa, Jon percebe que os homens do Pescador se aproximam e é urgente encontrar uma saída. 

Como diz um dos capangas do chefe da máfia: «O Pescador nunca desiste de procurar quem lhe deve dinheiro enquanto não vir o cadáver. Nunca. E o Pescador encontra sempre o que procura. Tu e eu podemos não saber como, mas ele sabe. Sempre. É por isso que lhe chamam Pescador.» 

Uma narrativa ímpar, com a mesma genialidade, mas muito diferente daquelas a que Jo Nesbø nos habituou, não só pela história em si como pelo cenário em que se desenrola, o planalto de Finnmark, que como refere o autor: «é um território desconhecido até para os noruegueses.»

"As Regras da Cortesia" de Amor Towles

Título: As Regras da Cortesia

Autor: Amor Towles 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 408

Editora: Dom Quixote

ISBN:  9789722066693

PVP: 22,00€

Sinopse: A última noite de 1937, Katey desliza deslumbrante por entre nuvens de fumo num clube de jazz em Greenwich Village. Tem três dólares na carteira e está empenhada em fazê-los render até ao amanhecer. Não será preciso. Porque na mesa ao lado senta-se Tinker, um jovem banqueiro, aconchegado num extraordinário sobretudo de caxemira. E aquele encontro, naquela noite, define a vida de Katey. A remediada filha de emigrantes russos, que sobrevive a custo em Brooklyn, dirá ali adeus ao passado; e dará início a uma imparável escalada social.

As Regras da Cortesia é uma nostálgica revisitação da eufórica Nova Iorque dos anos 30 - uma cidade a recuperar da grande depressão com banhos de champanhe, festas e cocktails. Narrada em flashback por uma protagonista que recorda, décadas mais tarde, aquele amor da juventude.

Primeira obra de Amor Towles (escreveria a seguir Um Gentleman em Moscovo), revela um autor nascido já em plena maturidade estilística. Encontramos aqui a mesma escrita rendilhada e elegante - e a mesma ternura na evocação de uma época de ouro, e de uma cidade e de uma mulher que se reinventam num tempo de promessas.

"Os Animais" de Kobayashi Issa

Título: Os Animais

Autor: Kobayashi Issa 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 432

Editora:  Assírio & Alvim

ISBN: 978-972-37-2083-9

PVP: 22,00€

Sinopse: Kobayashi Issa integra um grupo restrito de poetas japoneses conhecidos como «Os Quatro Grandes da Poesia Haiku», do qual fazem parte Bashô, Buson e Shikki. Analisando quantitativamente a produção de cada um deles, constata-se que Issa foi o mais prolífero, tendo escrito perto de vinte mil haikus, para além de ter ainda deixado um legado enorme sob outros formatos literários (tankarenga, prosa poética).

Dos seus haikus, cerca de dois mil referem-se a animais. Nunca antes, no universo poético nipónico, tal fenómeno tinha acontecido. Issa será muito seguramente o escritor japonês que mais usou as espécies animais como protagonistas da escrita poética. E fê-lo com tanta maestria e encanto que hoje em dia não há, no Japão, adulto ou criança que não saiba de memória um punhado dos seus haikus.

dentro do nevoeiro
três pinheiros e dois grous
marido e mulher

"Voltar a Ler" de António Carlos Cortez

Título: Voltar a Ler - Alguma crítica reunida (sobre poesia, educação e outros ensaios)

Autor: António Carlos Cortez 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 392

Editora: Gradiva

ISBN: 9789896168513

PVP: 18,00€

Sinopse: Porque a literatura é um compósito complexo de signos que nega a ditadura do banal em que estamos imersos e, na sua expressão máxima, a poesia, se insurge contra as palavras gastas dum quotidiano asfixiante, eis porque ela é incompreendida, ou rechaçada para territórios periféricos ao debate político. 


Agitar as águas do real, essa é a suprema função da arte. Como a História comprova, a arte semeia a dúvida necessária em torno de novos absolutos, é ela o espinho que se crava fundo na certeza dos moralistas. É a dúvida e o princípio do incerto que mobiliza também este voltar a ler, pois foi sempre no gesto da releitura que se perceberam melhor certas ideias e caíram por terra certos preconceitos. Voltar a ler é abertura, compreensão, partilha.

Num livro sobre poesia portuguesa moderna e contemporânea, sobre ensaístas portugueses e temas relativos à educação e à cultura, António Carlos Cortez dirige-se a professores e pais, quer convocar alunos e investigadores, todos quantos não querem e não cedem aos tempos dos burrocratas

Um livro para voltar a ler.

"Cinco Travessias do Inferno" de Martha Gellhorn

Título: Cinco Travessias do Inferno

Autor: Marta Gellhorn

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 380

Editora: Tinta da China

ISBN:  9789896714826

PVP: 24,90€

Sinopse: Quando teve a ideia de escrever Cinco Travessias do Inferno, Martha Gellhorn estava numa praia horrível em Creta, sentada ao lado de um sapato velho e de um bacio ferrugento, depois de ter apanhado três autocarros para lá chegar. Por isso, é natural que este livro exista para nos recordar, com um humor negro certeiro, que nem todas as viagens têm de correr bem para resultarem em óptimas histórias. Pelo contrário. Tendo viajado pelo mundo todo, a conceituada correspondente de guerra e terceira mulher de Ernest Hemingway decidiu partilhar com os leitores as suas cinco «melhores viagens de terror » - desde percursos de barco por um Caribe em guerra a visitas a escritores dissidentes na União Soviética. É tudo péssimo, fedorento, complicado, mas a autora, sem deixar de refilar com veemência, consegue fazer com que pareça divertido… sobretudo porque já passou, e também porque não tivemos de estar lá com ela.

"A Mais Breve História da Alemanha" de James Hawes

Título: A Mais Breve História da Alemanha

Autor: James Hawes 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 296

Editora:  Dom Quixote

ISBN:  9789722066594

PVP: 18,80€

Sinopse: Neste seu aclamado sucesso de vendas, James Hawes conta a história do país mais admirado e temido da Europa, de Júlio César a Angela Merkel. Com mais de 100 mapas e imagens, é uma nova, concisa e acessível tentativa de responder à questão: os Alemães são, na verdade, eles ou nós?

"Magníficos Estranhos" de Elizabeth Klehfoth

Título: Magníficos Estranhos

Autor: Elizabeth Klehfoth 

Ano de edição: março de 2019

Editora: Casa das Letras

ISBN: 9789897800726

PVP: 19,90€

Sinopse: Num magnífico dia de verão, Grace Fairchild, a belíssima mulher do magnata do Mercado imobiliário, Alistair Calloway, desaparece da casa de campo da família sem deixar rasto, deixando para trás a filha de sete anos, Charlie, e uma série de perguntas sem resposta. 


Anos mais tarde, Charlie continua a lutar com a obscura herança do nome da sua família e o mistério em torno do desaparecimento da mãe. Decidida a, finalmente, pôr o passado por trás das costas, Charlie mergulha na vida escolar de Knollwood, a prestigiada escola de Nova Inglaterra que frequenta, e rapidamente se integra entre a elite da escola. 

Charlie foi igualmente escolhida pelo A, a sociedade secreta de elite da escola, conhecida por aterrorizar a faculdade, a administração e os seus inimigos. Pars se tornar membro da mesma, Charlie terá de participar no Jogo, uma caça ao tesouro de alto risco, durante um semestre inteiro, que comprometerá as suas amizades, a sua reputação e até o seu lugar em Knollwood.

À medida que os acontecimentos do passado e do presente convergem, Charlie começa a temer que poderá não sobreviver à terrível verdade sobre a sua família e colocar a sua vida em risco.

"Obras Completas Maria Judite de Carvalho - Volume 4" de Maria Judite de Carvalho

Título: Obras Completas Maria Judite de Carvalho - Volume 4 - A Janela Fingida | O Homem no Arame | Além do Quadro

Autor:  Maria Judite de Carvalho 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 360

Editora: Editora Minotauro

ISBN: 9789898866479

PVP: 15,90€

Sinopse: A presente coleção reúne a obra completa de Maria Judite de Carvalho, considerada uma das escritoras mais marcantes da literatura portuguesa do século XX.


Herdeira do existencialismo e do nouveau roman, a sua voz é intemporal, tratando com mestria e um sentido de humor único temas fundamentais, como a solidão da vida na cidade e a angústia e o desespero espelhados no seu quotidiano anónimo.

Observadora exímia, as suas personagens convivem com o ritmo fervilhante de uma vida avassalada por multidões, permanecendo reclusas em si mesmas, separadas por um monólogo da alma infinito.

O quarto volume reúne dois livros de crónicas - A Janela Fingida (1975) e O Homem no Arame(1979) - e uma coletânea de contos - Além do Quadro (1983).

"A Queda de Berlim 1945" de Antony Beevor

Título: A Queda de Berlim 1945

Autor: Antony Beevor 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 552

Editora: Bertrand Editora

ISBN: 9789722537223

PVP: 18,80€

Sinopse: Antony Beevor, fazendo uso de novos factos retirados de antigos arquivos soviéticos, da antiga República Democrática Alemã e ainda americanos, ingleses, franceses e suecos, reconstruiu as experiências vividas por milhões de indivíduos apanhados no meio do pesadelo do colapso final do Terceiro Reich. A Queda de Berlim - 1945 é um testemunho terrível que fala de orgulho, de estupidez, de fanatismo, de vingança e de brutalidade, mas é também o testemunho sobre a resistência, a abnegação e a sobrevivência.

"Citações de Jesus Cristo"

Título: Citações de Jesus Cristo

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 168

Editora: Editora Guerra & Paz

ISBN: 9789897024658

PVP: 10,00€

Sinopse: Jesus Cristo, Jesus de Nazaré ou, simplesmente, Jesus. Os nomes são muitos, mas a figura é única e dispensa apresentações. Rejeitados ou seguidos, amados ou odiados, os seus ensinamentos nunca deixaram ninguém indiferente em dois mil anos. São vitais, únicos, poderosos. Mas, afinal, que escreveu Jesus? Paradoxalmente, nada. O que conhecemos das suas ideias chega-nos pela mão dos evangelistas, que registaram por escrito as suas palavras. Então, que disse Jesus?

Citações de Jesus Cristo reúne as palavras proferidas por Jesus nos Evangelhos, em discurso directo. É Jesus que fala directamente connosco, oferecendo-nos uma nova filosofia: de amor ao próximo como a nós mesmos, e de amor até aos nossos inimigos. Terá sido ele o primeiro defensor dos direitos humanos? São ideias imortais, que balizaram a cultura ocidental e se tornaram universais. Nada melhor do que conhecê-las directamente da fonte. Às suas citações, juntam-se ainda factos, curiosidades e listas que vão surpreender os leitores.

"As Neves do Kilimanjaro e Outras Histórias" de Ernest Hemingway

Título: As Neves do Kilimanjaro e Outras Histórias

Autor: Ernest Hemingway 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 208

Editora: Livros do Brasil

ISBN:  978-972-38-3089-7

PVP: 15,50€

Sinopse: O Kilimanjaro é uma montanha coberta de neve, com seis mil metros de altura, que, segundo se diz, é a montanha mais alta de África. O seu cume ocidental tem o nome de Ngaje Ngai, em massai a Casa de Deus. No seu sopé, Harry Street, ferido no decorrer de um safari, agoniza com uma gangrena fulminante enquanto, na companhia da mulher, que o procura confortar, recorda o seu passado de amores e livros. Esta que é por muitos considerada a mais brilhante história escrita por Ernest Hemingway, publicada originalmente em 1936 na revista Esquire, empresta o título a este conjunto de oito contos. Oito contos centrais na obra de um dos grandes contadores de histórias das letras americanas.

"O Fim da Solidão" de Benedict Wells

Título: O Fim da Solidão

Autor: Benedict Wells 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 312

Editora: Edições Asa

ISBN: 9789892344393

PVP: 17,90€

Sinopse: Jules Moreau tem onze anos quando os pais morrem num acidente de carro. Nessa noite, a sua infância termina. Segue-se a ida para um colégio interno, juntamente com os dois irmãos mais velhos. Pouco a pouco, os laços que os unem quebram-se. Jules isola-se, alimentando-se das suas memórias; Marty refugia-se ferozmente nos estudos; e Liz procura todas as formas de evasão possíveis para preencher o vazio. 


O único consolo do protagonista advém dos momentos que passa na companhia de uma menina ruiva chamada Alva. As duas crianças lêem, ouvem música, partilham o silêncio das tardes no colégio. E nunca falam sobre si mesmas. 

Quinze anos mais tarde, os irmãos afastaram-se irremediavelmente uns dos outros. Jules, que continua a reviver o passado interrompido, apenas encontra alento no sonho de se tornar escritor e na ânsia de reencontrar Alva. E quando, por uma vez, tudo parece subitamente possível, uma força invisível - talvez o destino - volta a intervir. 

O fim da história de Jules está ainda por acontecer.

"Porque Está a Falhar o Liberalismo?" de Patrick J. Deneen

Título: Porque Está a Falhar o Liberalismo?

Autor:  Patrick J. Deneen 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 208

Editora: Gradiva

ISBN: 9789896168797

PVP: 17,50€

Sinopse: Este livro é de leitura imperativa para quem se preocupe com as crescentes fragilidades que ameaçam o liberalismo. Mesmo e porventura sobretudo para os liberais. Mesmo para quem não subscreva a conclusão última do Autor, que pensa que «os males que afectam a sociedade liberal não podem ser resolvidos com a realização do liberalismo». 


É também um livro raro, porque não é uma crítica marxista ou neoliberalista, vinda dos extremos políticos da esquerda e da direita. É uma crítica menos comum, numa perspectiva tradicionalista humanista.

O valor maior de Porque Está a Falhar o Liberalismo? é seguramente ser o inventário, o levantamento rigoroso, fundamentado, urgente, do que ameaça hoje os ideais e as realizações mais estimáveis das sociedades liberais. 

Partindo da evidência histórica de que o sistema desaba quando o fosso entre o ideal e a sua realização é demasiado grande, e tendo em conta os factos de os cidadãos das democracias liberais avançadas estarem a revoltar-se contra os políticos que eles próprios elegeram e ser o próprio liberalismo a eliminar a educação liberal, humanista e universalista, as artes liberais, conducente ao cultivo de uma pessoa realmente livre, Patrick J. Deneen retoma, todavia, «os compromissos políticos essenciais» - em que o próprio liberalismo se baseou -, considerando que «foram desenvolvidos durante séculos no pensamento e na prática clássicos e cristãos».

Crítica em que significativamente Patrick J. Deneen retém os valores maiores do próprio liberalismo, cujo abandono diz ter decorrido do próprio desenvolvimento do modelo liberal. Neste sentido, o liberalismo terá sido vítima, diz, do seu próprio sucesso.


"Um Elevador Chamado Desejo" de Jasmine Guillory

Título: Um Elevador Chamado Desejo

Autor: Jasmine Guillory 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 368

Editora: Gradiva

ISBN: 9789896168810

PVP: 17,70€

Sinopse: Aceitar o convite de um desconhecido para ser sua acompanhante num casamento é inesperado em Alexa Monroe. Ficara presa uns minutos num elevador com Drew Nichols e acedeu ser par dele naquele fim-de-semana.

Bom, ninguém podia negar que Drew era sedutor. Além disso, gostava de bolachinhas com queijo.
Um ponto em comum.

Na festa, os dois namorados a fingir divertiram-se mais do que julgariam possível. Outra surpresa, portanto. Mas ambos têm trabalhos exigentes e precisam de seguir com as suas vidas. O problema é não conseguirem deixar de pensar um no outro. Só que a distância entre Berkeley e Los Angeles não facilita. A aversão ao compromisso ainda menos.

Deixe-se seduzir pela escrita cativante e bem-humorada de Jasmine Guillory, a advogada americana transformada em autora de bestsellers.

"Recordações Fantásticas e Três Histórias Singulares" de Maurice Sandoz

Título: Recordações Fantásticas e Três Histórias Singulares - Do modernismo à actualidade

Autor: Maurice Sandoz 

Ano de edição: fevereiro de 2019

Nº de páginas: 208

Editora: E-primatur

ISBN:  9789898872210

PVP: 14,90€

Sinopse: Uma colecção de contos fantásticos com uma leve aura de surreal. A escrita daquele que é considerado o nome maior da literatura fantástica suíça, Maurice Sandoz, navega os territórios sombrios da alma humana, sempre na vertigem entre a demência e a ciência.


A recreação do universo imagético destas histórias fica a cargo de Salvador Dali, que desenhou as ilustrações especificamente para esta obra. 

Este é o volume escolhido para iniciar a segunda encarnação da Colecção Livro B precisamente para lhe trazer novamente o cunho do surrealismo europeu que a marcou transversalmente.

"História, Arte e Literatura" de Diogo Ramada Curto

Título:  História, Arte e Literatura

Autor: Diogo Ramada Curto 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 464

Editora: Temas e Debates

ISBN: 9789896445584

PVP: 22,20€

Sinopse: Este livro reúne notas e ensaios de uma história cultural, publicados nos últimos anos. Começa por analisar representações quinhentistas de Lisboa à China e de descrições de missionários e historiadores europeus, do Renascimento ao Iluminismo, relativas a várias partes da Ásia. 


Depois, aborda configurações e contextos em que se situam autores e textos, literários, artísticos e historiográficos. Por último, procura articular um tempo longo, do século XVI à atualidade, e criar várias formas de distância, destinadas a ganhar perspetiva crítica em relação à história da nação e do império português, abordando questões de racismo, de distinção social e de género, sem esquecer outros padrões identitários, como o brasileiro.

"Pedra de Afiar Livros e Outras Histórias de um Livreiro" de Jaime Bulhosa

Título: Pedra de Afiar Livros e Outras Histórias de um Livreiro

Autor: Jaime Bulhosa 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 272

Editora: Oficina do Livro

ISBN: 9789897800917

PVP: 14,40€

Sinopse: Pedra de Afiar Livros fala-nos de uma paixão. Não uma paixão entre duas pessoas, mas a paixão pelos livros. Como diz o autor, todos se podem apaixonar a qualquer momento, mas o objeto da paixão depende de diversos fatores, associados aos gostos, preferências e valores que cada um de nós possui. Por isso, se ama os livros, é muito provável que se apaixone por este. Aqui encontrará histórias sobre livros, sobre pessoas que vivem dos livros e sobre a relação destes com os leitores, ou seja, consigo.


Estes textos foram escritos ao longo de dez anos, e retratam a experiência de Jaime Bulhosa como livreiro. Alguns foram publicados no blogue da livraria Pó dos Livros, outros escritos apenas pelo prazer de registar memórias. Histórias escritas com um humor engenhoso, algumas delas rocambolescas até, que fazem sempre, de uma forma ou de outra, referência a um livro, a algo ligado aos livros ou à vida de um livreiro. E o que é um livro senão parte da vida de alguém?

"O binóculo mágico" de Helena de Macedo

Título: O binóculo mágico

Autor: Helena de Macedo 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 268

Editora: Coolbooks

ISBN: 978-989-766-201-0

PVP: 15,50€

Sinopse: O Conde amava Amélia - um amor inaceitável para a sociedade e para sempre perdido depois de uma separação indesejada. 

A clausura de décadas que se segue quebra-se apenas com a chegada de Vasco, que o convida a regressar à vida.
Sara aparece. A sua presença reacende aquele amor nunca esquecido, toca a flor da pele, mexe com os sentidos e faz buscar os remendos sólidos para o que ficou por viver.

O binóculo mágico conta-nos a história de um amor que ultrapassa as barreiras do tempo. Fala-nos da esperança, da mistura mágica entre o passado e o presente.
Porque o que tem de acontecer, acontece, não importa quando, nem como, nem com quem.

"Senta-te Quietinho como uma Rã" de Eline Snel

Título: Senta-te Quietinho como uma Rã - Mindfulness para crianças dos 5 aos 12 anos (e para os pais)

Autor: Eline Snel 

Ano de edição: março de 2019

Nº de páginas: 152

Editora: Lua de Papel

ISBN: 9789892344133

PVP: 14,00€

Sinopse: Quem tem filhos já sabe, todos os dias são uma caixinha de surpresas. E de desafios também: é preciso acalmá-los quando fazem birra, pô-los a dormir à noite ou tranquilizá-los antes de um teste (sim, porque a ansiedade com a escola manifesta-se desde cedo). 


Todos estes objetivos podem ser alcançados mais facilmente se os pais conhecerem e praticarem com os filhos as técnicas de mindfulness - ou atenção plena. O princípio é simples. Escolhe-se o momento propício durante a semana (duas vezes chega) e começa-se a fazer com eles alguns exercícios rápidos e fáceis, quase todos centrados na respiração. A ideia é levá-los a ter mais consciência de si próprios e do seu corpo, durante a prática, mas também fora dela, em casa, na escola, no supermercado... 

O resultado é tornarem-se mais focados nas atividades, dormirem melhor, terem maior autocontrolo e tornarem-se, em geral, mais pacientes. O método que Eline Snel tem posto em prática em numerosas escolas primárias e secundárias da Holanda é um enorme sucesso. A autora, recorde-se, é talvez a mais conhecida e seguida terapeuta de mindfulness para crianças em todo o mundo. E este livro, Senta-te Quietinho Como uma Rã, já publicado em 37 países, vendeu mais de meio milhão de exemplares.






cardapio.pt @ 20-3-2019 17:52:19