2/10/2020 a 2/10/2020 António Rosado protagoniza recital inaugural do novo piano de concerto da Fundação Oriente

Com um programa de composições emblemáticas, António Rosado protagoniza o recital inaugural do novo piano de concerto da Fundação Oriente, um Steinway Modelo C, instrumento de excelência pelo poder, clareza e amplitude da sonoridade. O evento vai ter lugar no dia 2 de outubro, às 19h00, no Auditório do Museu do Oriente, em Lisboa.

cardapio.pt @ 28-9-2020 17:56:00

António Rosado é um "intérprete que domina o que faz. Tem tanto de emoção e de poesia, como de cor e de bom gosto" (in Diapason). Com uma carreira reconhecida nacional e internacionalmente, corolário do seu talento e do gosto pela diversidade, expressos num extenso repertório pianístico a solo, em música de câmara e com orquestra, foi agraciado com várias distinções honoríficas, entre as quais o grau de Chevalier des Arts et des Lettres, atribuído pelo Governo francês.


Programa

Armando José Fernandes (1906-1983)
Cinco Prelúdios, Op. 1 (1928)
Armando José Fernandes, compositor de feição neoclássica, integrou o “grupo dos quatro”, que dominou a música portuguesa dos meados do século XX.

Claude Debussy (1862-1918)
Estampes (1903)
Claude Debussy compôs Estampes (Gravuras) inspirado pelo exotismo do fin-de-siècle e pelo orientalismo que marcou o meio artístico e literário do século XIX europeu.

Ludwig van Beethoven (1770-1827)
Sonata Ré M op.10 nº3 (1798)
No ano do 250º aniversário do nascimento de Beethoven, o Museu do Oriente associa-se à evocação beethoveniana com a inclusão desta sonata, uma das favoritas entre os pianistas e de grande exigência técnica.

Robert Schumann (1810-1856)
“Quasi variazioni” Andantino (de Clara Wieck) e 4 variações
(da sonata nº 3, op. 14, 1836)
Considerado por muitos o mais belo e perfeito da sonata schumaniano, este andamento tornou-se o favorito entre os pianistas, sendo por vezes programado separadamente da Sonata para Piano, como é o caso neste programa.

Frédéric Chopin (1810-1849)
Scherzo nº2 em sib menor, op. 31 (1837)
Marcado pelo contraste e virtuosismo, o segundo dos scherzos de Chopin foi saudado como uma obra-prima. Primeiro compositor que se dedica quase em exclusivo ao piano, é com Chopin que, simbolicamente, António Rosado termina este recital.


Informações

Data: 2 de outubro de 2020

Local: Museu do Oriente, Lisboa

Horário: 19h00

Bilhete: 15 euros

cardapio.pt @ 28-9-2020 17:56:00


Clique aqui para ver mais sobre: Música