Jaime Reis lança edição monográfica "Sangue Inverso - Inverso Sangue" com a editora alemã NEOS

Jaime Reis, compositor português, lançou recentemente uma edição monográfica com a prestigiada editora alemã NEOS. 

cardapio.pt @ 27-1-2021 10:48:54

A obra Sangue Inverso - Inverso Sangue é composta por andamentos que podem ser interpretados individualmente ou em simultâneo. A interpretação é do Ensemble Fractales (Bélgica), com a convidada Aida-Carmen Soanea (Alemanha). Quando as peças são sobrepostas, embora diferentes Tempi sejam adotados em cada peça, há momentos específicos em que se coordenam e sincronizam. Esta estrutura, que configura uma construção simultaneamente simples e bastante complexa, diz respeito às ligações entre o singular e o coletivo ou, mais precisamente, à permanência e ao papel do singular, por mais integrado que seja no coletivo.

Por sua vez, a obra Lysozyme Synthesis, interpretada por Ana Telles, é inspirada no processo de síntese proteica. É a mais antiga das peças editadas, tendo sido composta em 2003, quando o compositor tinha apenas 19 anos.

Os Aleph Guitar Quartet voltam a interpretar Fluxus, Vortex - Schubkraft, desta vez na sua versão acústica, que nos permite (re)descobrir a sonoridade do quarteto de guitarras.


A obra do professor da Escola Superior de Música de Lisboa consta agora no catálogo de duas das editoras mais reconhecidas na área da música contemporânea. A alemã NEOS e a austríaca Kairos.

A edição na austríaca Kairos contempla a produção de música eletroacústica do compositor nos últimos dez anos. Todas as obras são parte do seu ciclo Fluxus, título homónimo da edição fonográfica. Neste ciclo, as obras são inspiradas em fenómenos físicos relacionados com mecânica de fluídos. O trabalho de Espacialização Sonora é particularmente relevante nesta edição.

As obras Fluxus, pas trop haut dans le ciel e Fluxus, Vortex - Schubkraft foram concebidas para um sistema imersivo em forma de cúpula, que permite ao público uma total imersão e perceção dos percursos espaciais do som. Para esta edição foi realizada uma versão binaural (que pretende emular o sistema original) com tecnologia do ZKM - Zentrum für Kunst und Medien Karlsruhe, onde o compositor esteve em residência artística. A edição conta com a interpretação de Clara Saleiro e Duo Contracello (Portugal), Pınar Dinçer (Turquia) e Aleph Guitar Quartet (Alemanha).

cardapio.pt @ 27-1-2021 10:48:54


Clique aqui para ver mais sobre: Música