Merc'art reúne uma centena de artistas numa nova plataforma online

Depois do sucesso da exposição offline no contentor da Lx Factory, a Merc'Art lança agora um novo site que reúne todas as obras de arte apresentadas desde a edição de 2016.

cardapio.pt @ 16-4-2019 14:11:49

© www.mercart.pt

© www.mercart.pt

Esta plataforma, respeita o conceito do projeto, reunindo diversas formas de arte e misturando artistas estreantes ou emergentes com os consagrados. 

Cada um destes artistas criou obras de arte originais que apenas podem ser encontradas no Merc’art. Mas a plataforma vai mais longe: além de ter as obras de artistas portugueses e estrangeiros (pintura, street art, ilustração, fotografia e digital art) das 3 edições, disponíveis para venda, também dá a conhecer melhor os artistas associados, através de biografias e descrições detalhadas das peças. 

Além das notícias associadas ao Merc’Art e aos seus artistas, são mostrados casos de estudo criados para Companhias ou Marcas, sob a égide Brand’art. O objectivo é consubstanciar o conceito pelo qual se rege o Merc’art – Democr’art - , fazendo com que também estas entidades sejam partícipes no movimento de democratização da arte. 

As obras disponíveis no website são originais e fine art prints de cerca de uma centena de artistas. Por cada artista estão disponíveis originais One-And-Only (sem prints) e originais com reproduções impressas em edições limitadas, assinadas e numeradas pelos artistas. 

O novo site www.mercart.pt pretende oferecer uma experiência multimédia e interactiva com o utilizador, usando para isso todos os recursos e disponibilizando, em breve, edições exclusivas online, e novos formatos de comunicação que estarão disponíveis a partir do mês de Abril.

O conteúdo está disponível em português e inglês, para que consiga chegar ao público nacional e internacional, de modo promover a expansão da arte portuguesa além fronteiras. 

Fundado em 2016 por Alexandra Quadros, o Merc’Art aposta na divulgação e apoio de artistas de diferentes áreas, sem esquecer as que têm sido muito exploradas na contemporaneidade. 

cardapio.pt @ 16-4-2019 14:11:49