7/10/2021 a 16/10/2021 "O Julgamento de Ubu" marca o arranque do FIMP no TeCA - Porto

A estreia de "O Julgamento de Ubu"  que conta com dramaturgia e encenação de Nuno M Cardoso, assinala o arranque da 32.ª edição do Festival Internacional de Marionetas do Porto (FIMP) nos espaços do Teatro Nacional São João (TNSJ), estando em cena de 7 a 16 de outubro. A estreia nacional de "Big Bears Cry Too" e "O Que o Mundo Precisa é de Uma Deusa" compõem a tríade de espetáculos que chega ao Teatro Carlos Alberto (TeCA), no âmbito da edição de 2021 do FIMP. 

cardapio.pt @ 4-10-2021 10:21:00

"O Julgamento de Ubu" © João Tuna

"O Julgamento de Ubu" © João Tuna

Poderá a justiça legal entrar em conflito com a justiça moral? Esta poderia ser a premissa da mais recente recriação de O Julgamento de Ubu, baseada no texto original do dramaturgo inglês Simon Stephens, escrito em 2010.

Figura central do espetáculo, Ubu é uma personagem do dramaturgo francês Alfred Jarry, que em 1888 estreava o seu Rei Ubu, representado pelas Marionetas do Teatro das Phynanças. Mais de um século depois, Simon Stephen criou uma sequela para esta obra, inspirada no novo milénio, que é agora levada a palco numa coprodução Teatro de Marionetas do Porto e Teatro Nacional São João. A encenação de Nuno M Cardoso pretende instigar a um exame de consciência coletivo, explorando a personagem amoral e grotesca de Ubu que se senta no banco dos réus de um Tribunal Penal Internacional.

Polémico no passado e atual nos dias de hoje, Ubu permanece como uma metáfora dos ditadores contemporâneos, motivo mais do que suficiente para o regresso do seu julgamento ao palco, numa sátira selvagem à sua irredutibilidade e poder. O espetáculo pode ser visto de quarta-feira a sábado, às 19h00, e ao domingo às 16h00. A récita do dia 10 de outubro contará com tradução simultânea em Língua Gestual Portuguesa e com uma Conversa com o Mestre no final do espetáculo, com curadoria do dramaturgo e encenador Luís Mestre. O preço dos bilhetes é de 10 euros.


"O Julgamento de Ubu" © João Tuna

"O Julgamento de Ubu" © João Tuna

Reequacionar a arte da marioneta e interrogar o nosso papel no mundo

A passagem do FIMP pelos espaços do São João é marcada por uma segunda estreia, desta feita, a nível nacional. Depois de se ter estreado em 2018, em Antuérpia (Bélgica), a primeira produção de Miet Warlop para uma audiência infantil, Big Bears Cry Too, vai transformar o palco do TeCA num terreno de jogo de objetos-criatura à procura da sua individualidade. Pensado para crianças a partir dos seis anos, o espetáculo pode ser visto nos dias 23 (às 19h00) e 24 (às 16h00) de outubro. O preço dos bilhetes é de 10 euros.

Passando do mundo infantil para o dos adultos, no dia 20 de outubro, o coletivo Alma d’Arame apresenta O Que o Mundo Precisa é de uma Deusa. Com encenação de Amândio Anastácio e numa coprodução com a companhia João Garcia Miguel, criador que assina o texto, o espetáculo propõe uma poética de alucinação, entre o sonho e a realidade, questionando se “será o sexo uma arma”. O espetáculo-performance sobe ao palco do TeCA às 19h00 de quarta-feira, numa récita única. Os bilhetes têm o custo de 10 euros.


"O Julgamento de Ubu" © João Tuna

"O Julgamento de Ubu" © João Tuna

Fimpalitos: oficina ensina a construir e manipular marionetas

Inserido na programação da 32.ª edição do FIMP, o ateliê Fimpalitos vai ensinar crianças – a partir dos três anos – e adultos a criarem e manipularem as suas marionetas, construídas a partir de madeira proveniente de sobras de cenografias de várias estruturas da cidade. No fim da atividade, cada um dos participantes terá a oportunidade de levar para casa a sua marioneta-mascote personalizada, que servirá de recordação do FIMP. A oficina Fimpalitos irá ter lugar no dia 23 de outubro, entre as 10h00 e as 13h00. A iniciativa é gratuita, mediante inscrição prévia.

cardapio.pt @ 4-10-2021 10:21:00


Clique aqui para ver mais sobre: Teatro