Longa-metragem "Águas do Pastaza" de Inês T. Alves seleccionada para a secção Generation da Berlinale

O filme "Águas do Pastaza" (Juunt Pastaza Entsari), realizado por Inês T. Alves, foi seleccionado para integrar a secção Generation da 72ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, que este ano se realiza de 10 a 20 de fevereiro. 

cardapio.pt @ 14-1-2022 17:38:07

Ines T. Alves © Patrik Thomas

Ines T. Alves © Patrik Thomas

Esta é a primeira longa-metragem da realizadora portuguesa que, depois de ter vivido dois meses em Suwa, uma comunidade isolada de cerca de 80 habitantes na floresta amazónica equatoriana e de ter desenvolvido uma relação próxima com as crianças, teve a ideia de criar este documentário. No filme, acompanhamos o dia-a-dia das crianças de Suwa extremamente independentes, mostrando a sua ligação íntima com a natureza, bem como a sua relação com as novas tecnologias, fenómeno bastante recente na comunidade.

"Numa altura em que as comunidades indígenas na Amazónia estão sob um forte ataque permanente, com desflorestação intensa impulsionada por interesses económicos externos, pareceu-me urgente dar-lhes alguma visibilidade. Partindo do universo muito específico das crianças, este filme chama a atenção para a importância de se estabelecer uma relação mais sustentável com o nosso ambiente.", afirma a realizadora.

"Águas do Pastaza" é uma produção da Oublaum Filmes, fundada por Ico Costa, realizador de obras como "Nyo Vweta Nafta" (2017) ou "Alva" (2019).


"Tsanim Vargas - Entsa Kiakua" © Inês T Alves

"Tsanim Vargas - Entsa Kiakua" © Inês T Alves

cardapio.pt @ 14-1-2022 17:38:07


Clique aqui para ver mais sobre: Cinema e TV