29/4/2015 a 30/4/2015 Labor#2 - Realidade laboral do Barreiro em Teatro

Nos dias 29 e 30 de abril, pelas 21h30, terá lugar a peça de teatro LABOR #2, do Teatro do Vestido, no Espaço Memória, localizado no Parque Empresarial da Baía do Tejo (Rua 17) e, ainda, na Rua 46 e Bairro Operário da CUF. 

CMB @ 8-4-2015 13:04:00

O espetáculo insere-se na programação das comemorações do 25 de Abril e resulta de uma coprodução Artemrede, com o apoio da Câmara Municipal do Barreiro. De salientar que é um projeto cofinanciado pelo Programa Operacional Regional de Lisboa (POR Lisboa).

O Teatro do Vestido encontra-se em “residência artística” no Concelho do Barreiro e carateriza o espetáculo como “uma espécie de teatro documental, o tipo de teatro capaz de expor a realidade nas suas múltiplas facetas, deixando ao espectador a reflexão possível a realizar”.

Sinopse

Labor #2 faz parte de um projeto teatral do Teatro do Vestido sobre a história, função e contradições do trabalho. O trabalho “edifica,” “liberta,” “confere dignidade,” “identidade” – dizem-nos, e desde cedo começámos a pensar no que ‘queríamos ser’, ou ‘aquilo em que queríamos trabalhar.’ A sociedade moderna, como a conhecemos, organizou-se e organiza-se em função do trabalho. Mas mudanças subtis tomaram conta da realidade desta sociedade moderna na qual crescemos, e têm vindo a operar uma transformação no lugar central que o trabalho ocupava até agora. O desemprego galopante - e por vezes escondido por estatísticas enganadoras que contabilizam trabalho precário e estágios profissionais como se de emprego real se tratasse - o esvaziamento dos sindicatos, as questões da contratação coletiva, os polémicos acordos da concertação social, as sucessivas greves – tudo isto nos levou a sair da sala de ensaio para as ruas de algumas cidades a ver o que resta, então, do trabalho – e que lugar é que este ocupa ainda hoje na nossa sociedade. Em Labor #2, investigamos realidades laborais particulares dos concelhos do Barreiro, Moita, Sesimbra, Oeiras, Abrantes e Santarém. Movemo-nos no meio das pessoas, das suas histórias de vida, por entre as ruínas de fábricas, salinas, barcos, e as memórias da resistência anti-fascista e de um tempo – o da revolução – em que tudo estava por inventar.

O Teatro do Vestido prossegue, com este projeto, a sua tentativa de compreensão do presente através de uma convocação da História de Portugal, nomeadamente, fragmentos de uma história que considera ‘invisível’ e esquecida.

Recorde-se que Labor #1 estreou em Julho de 2013 no Teatro Municipal Maria Matos, em Lisboa.

Venda de bilhetes no Auditório Municipal Augusto Cabrita (21 206 82 30), ou no Posto de Turismo (21 206 82 87). Valor do bilhete: 5€.

CMB @ 8-4-2015 13:04:00


Clique aqui para ver mais sobre: Espaço Memória - Notícias / Eventos