Novidades Livros (10 a 16 de setembro de 2020)

cardapio.pt @ 9-9-2020 17:38:32

"Dormir Num Mar de Estrelas - Vol. 1" de Christopher Paolini

Editor: Edições Asa

Sinopse: 
Durante uma missão de rotina num planeta não colonizado, a xenobióloga Kira Navárez descobre uma relíquia alienígena. O seu entusiasmo inicial transforma-se em terror quando o pó que agora cobre todas as superfícies começa a mexer-se. Já na nave, descobre que algo vive dentro dela, algo capaz de extrema violência.

À medida que a guerra estala entre as estrelas, Kira é enviada numa odisseia de alcance extra galáctico, uma viagem de descoberta e transformação que a levará a questionar o próprio significado da condição humana. Enquanto Kira enfrenta os seus próprios horrores, a Terra e as suas colónias encontram-se à beira da aniquilação. Agora, Kira pode ser a maior e última esperança da humanidade.

"Traidores de Roma - A Saga da Águia" de Simon Scarrow

Editor:  Saída de Emergência

Sinopse: A guerra aproxima-se. O exército de Roma será testado até ao limite contra um inimigo inesperado.


O tribuno Cato e o centurião Macro, veteranos do exército romano, estão estacionados na fronteira oriental, conscientes de que os seus movimentos são constantemente controlados pelos espiões da perigosa e misteriosa Pártia. Mas o inimigo nas fileiras de Roma pode ser uma ameaça mais mortal para a legião… e para o império. Roma é implacável para com aqueles que traem os seus camaradas e o império.

Mas antes é necessário descobrir o culpado. Cato e Macro estão numa luta contra o tempo para expor a verdade, enquanto o poderoso inimigo aguarda pacientemente para explorar quaisquer fraquezas da legião. O traidor tem de morrer…

"Poesia" de Luís Miguel Nava

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: Após um longo hiato editorial, é publicada a Poesia de Luís Miguel Nava, numa cuidada edição preparada por Ricardo Vasconcelos, autor do livro Campo de Relâmpagos — Leitura do excesso na poesia de Luís Miguel Nava, também publicado pela Assírio & Alvim há alguns anos. A presente edição incluirá alguns inéditos e dispersos.

«Era há muito desejada a reedição da obra de Luís Miguel Nava, desaparecida das livrarias há vários anos, apesar do interesse que nela continua a existir não só em Portugal, onde os seus livros se esgotaram sucessivamente, mas também no Brasil. A relevância da edição da Poesia que agora se apresenta é de assinalar por não só incluir todos os poemas que o autor publicou em vida, mas também por trazer a público um conjunto muito substancial de textos inéditos ou parcialmente inéditos […], que são apresentados devido à sua qualidade e ao facto de contribuírem para uma compreensão mais global da escrita de Nava.»

"Confiar - Again 2" de Mona Kasten

Editor: Editorial Presença

Sinopse:No momento em que conhece Spencer Cosgrove, Dawn sabe que está em apuros. Spencer é sexy, charmoso e encantador. É o tipo de rapaz por quem ela costuma apaixonar-se. Mas Dawn prometeu a si mesma que se iria afastar de relacionamentos. A dor que sente por confiar na pessoa errada é muito profunda, a ferida da traição deixada para trás é demasiado grande. Mas Spencer não desiste, atraindo-a com a sua ternura.


E quando Dawn descobre que Spencer está a esconder um segredo comovente, ela percebe que não consegue fugir dos seus sentimentos e que ele vai virar o seu mundo de cabeça para baixo. Talvez seja possível consertar um coração partido…

"As Irmãs de Auschwitz - Uma história real de amor e coragem" de Rena Kornreich Gelissen e Heather Dune Macadam

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: No dia 25 de março de 1942 às 8h00 da manhã, Rena Kornreich e 997 outras jovens mulheres foram forçadas a entrar num comboio, em Poprad, na Eslováquia, naquele que ficaria para a história como o primeiro transporte em massa de judeus para Auschwitz. Alguns dias depois, já no campo de concentração, Rena reuniu-se com a sua irmã Danka, dando início a uma história de amor e coragem, que duraria três anos e quarenta e um dias. Nenhuma outra sobrevivente desse primeiro transporte escreveu sobre a sua experiência (poucas sobreviveram). Talvez por isso este livro tenha o destaque merecido entre outros relatos da época, não só pelo longo período de tempo que as duas irmãs permaneceram em Auschwitz, mas também pelo espírito de amor que as fez sobreviver.


Cada dia se tornava uma luta para cumprir a promessa deixada à mãe quando a família fora forçada a separar-se - cuidar da irmã. Do contrabando de pão até à vida no limiar da existência, esta é uma obra arrebatadora sobre as fugazes conexões humanas, que determinaram e tornaram possível a sobrevivência. É uma história sobre os laços entre mães, filhas e irmãs. Uma obra que nos relembra que a humanidade e a esperança são capazes de sobreviver à desumanidade mais extrema.

"O Homem mais Inteligente da História" (Livro Bolso) de Augusto Cury

Editor: 11 X 17

Sinopse: O doutor Marco Polo, psicólogo e pesquisador, desenvolveu uma teoria inédita sobre o funcionamento da mente e a gestão da emoção. Após sofrer uma terrível perda pessoal, viaja até Jerusalém para participar num ciclo de conferências promovido pela ONU. Ali, é confrontado com uma pergunta surpreendente: Jesus sabia gerir a própria mente?


Ateu convicto, Marco Polo responde que a ciência e a religião não se misturam. No entanto, intrigado pelo tema, decide analisar a inteligência de Cristo à luz das ciências humanas. Ele esperava encontrar um homem simples, com poucos recursos emocionais, mas ao mergulhar na inquietante biografia de Jesus, presente no livro de Lucas, as suas crenças vão sendo postas em causa…

Para empreender essa incrível jornada, Marco Polo vai contar com a colaboração de dois brilhantes teólogos, um conhecido neurocirurgião e um psiquiatra de renome. Juntos, irão decifrar os sentidos ocultos de um dos textos mais famosos do Novo Testamento. O debate cativa espectadores em todo o mundo - mas nem todos estão preparados para ver Jesus sob uma ótica tão revolucionária.

Recorrendo ao protagonista do seu bestseller internacional A Saga de Um Pensador, o doutor Augusto Cury apresenta agora o romance mais importante da sua carreira de escritor e pensador - o primeiro de uma série de livros dedicados ao fascinante tema de gestão da mente.

"O Porto em 1920 - Factos ignorados e esquecidos da memória tripeira" de César Santos Silva

Editor: Book Cover Editora

Sinopse: Como era a urbe invicta há cem anos? O que se passou aí durante a década de 1920? O Porto que o século XX viu nascer era uma cidade deprimida, que vivia ainda as frustrações do 31 de Janeiro, uma revolução romântica feita contra a Monarquia e contra a vontade de muitos republicanos. Longe ia a segunda metade do século XIX, quando esta cidade era uma vontade e um querer, quando tinha força e a sua elite política se impunha a Lisboa. O Porto dos inícios do século XX já não era nada disto: a cidade perdera fulgor, ânimo e importância política e económica.


Se a revolta de 31 de Janeiro de 1891 coincidiu com o início da sua decadência política, podemos considerar a Salamancada (de Julho de 1881), e a enorme crise financeira que lhe está associada, como o símbolo da sua decadência económica, que se prolongou depois por todo o século XX. A partir daqui, Lisboa tornar-se-ia o único centro de decisão política, económica, financeira e cultural, acentuando a sua macrocefalia.

Mesmo no final do século XIX, em 1899, o Porto viu-se ameaçado, no contexto da sua saúde pública, com a eclosão da última epidemia de peste bubónica da Europa. Mas não foram apenas ameaças, infelizmente: o surto resultou em cerca de 200 mortos e na chegada de forças militares oriundas de Lisboa com o intuito de imporem um cordão sanitário à volta da cidade - o que muito a humilhou.

"Torpor" de Luís Adriano Carlos

Editor: Porto Editora

Sinopse: «O modo de Luís Adriano Carlos é a torrente, uma poética de certa demasia em que a função narrativa nos induz ao febril e ao impossível de conter. Diz-se por imperativo. Ainda que o sujeito poético seja ansioso na especificação, procurando aclarar, há uma urgência que nos convence também de sua deriva, verdadeiramente fazendo do verso um compulsivo desajuste, fascinado com sua própria encenação do rigor e ávido por entender como caímos, como somos feitos para cair.

O seu poema é um exercício de força, assunção de uma eloquente defesa perante o mistério do mundo e seus propósitos sempre torpes e falhos. Não é possível que retratemos o indivíduo sem abismo, e o que mais me impressiona nestes versos é a denúncia da pessoa como esse lugar do mais obscuro e, ao mesmo tempo, oportunidade de domínio, fúria ou euforia. Pressentimos sempre, perante certa miséria de se ser, a proximidade da revolta, aquela força que chega a ser também formal, dotando o poema de uma grade, uma armadura estrutural que o reforça enquanto inequívoco combate por palavras.
Nunca foi um poeta para as modas, Luís Adriano Carlos não se enquadra nem se arruma no que vá abundante num ou noutro tempo. É um estrangeiro. Caminha na solidão. Também isso é um tesouro.»

Valter Hugo Mãe

"Monstress - Os Escolhidos - Volume quatro" de Marjorie Liu e Sana Takeda

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Neste quarto volume, Maika está finalmente perto de encontrar as respostas que há muito procura - mas a que preço? Quando os seus amigos e aliados revelam segredos escondidos e alianças instáveis, Maika vê-se face a face com um estranho do seu passado longínquo, um carismático demagogo cujas ligações a Maika e Zinn são mais profundas do que alguma vez se poderia imaginar. Com uma guerra iminente entre Humanos e Arcânicos - uma guerra que ninguém quer impedir -, que lado irá Maika escolher?

"O Sonho é um Grande Escritor - Livro de Horas VII" de Maria Gabriela Llansol

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: Este sétimo Livro de Horas de Maria Gabriela Llansol, o seu «Livro dos Sonhos», concentra-se, com a diversidade que ainda assim o caracteriza, num único tipo de registo: é um repositório da escrita assumidamente onírica da autora, um espelho da sua «sismografia íntima», frequentemente com comentários, tentativas de interpretação e contextualização dos sonhos, e muitos desenhos que parecem nascer da experiência onírica ou visionária e que, nos seus cadernos, interrompem e prolongam muitas vezes a escrita. O sonho, e a necessidade da sua fixação e interpretação, é aqui acima de tudo o espaço de perda e de busca de si por parte de um sujeito que a si mesmo permanentemente se põe em cena, indo de corpo e alma ao encontro dos seus desejos, anseios, medos e dúvidas.

"Pela Terra Alheia. Notas de Viagem" de Ramalho Ortigão

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: As grandes descrições e narrativas de Ramalho Ortigão inventaram a moderna literatura portuguesa de viagens, emprestando-lhe cosmopolitismo, alegria e luxúria - e um picante de humor e ironia que só Ramalho pôde conhecer.


Condensando num só volume os dois tomos da edição original que reúne textos escritos entre 1867 e 1910, esta edição de Pela Terra Alheia percorre a Espanha, a Argentina, a França, a Alemanha e a Itália. São evidentes o apreço pelo detalhe, a notável ironia de Ramalho Ortigão, bem como o seu deslumbramento pelas cidades e paragens que visita. Simultaneamente romântico e cosmopolita — o autor de Praias de Portugal é um viajante culto e informado, desejoso da companhia do leitor; por isso, os seus textos são visuais, enaltecem a paisagem (descrevendo-a em pinceladas fortes), elogiam os costumes e os hábitos estranhos, constroem um ideal de civilização onde o homem é substituído pelo gentleman e a curiosidade é tão eterna como as paragens por onde nos leva, concebendo-se a si mesmo como «um risonho fantasma de pé leve».

O final é digno de uma grande ópera, à vista da Sicília, a súmula do espírito da civilização.

"Quem é amado nunca morre" de Victoria Hislop

Editor: Porto Editora

Sinopse: Atenas, abril de 1941. Tendo resistido a uma primeira tentativa de invasão, a Grécia é ocupada pelas potências do Eixo. Após décadas de incerteza, o país encontra-se dividido entre a direita e a esquerda políticas. Themis, então com quinze anos, vem de uma família separada por essas diferenças ideológicas. A ocupação nazi não só aprofunda a discórdia entre aqueles que a rapariga ama, como reduz a Grécia à miséria. É impossível ficar indiferente: na fome que se seguiu à ocupação, e que lhe levou os amigos, os atos de resistência são quase um imperativo moral para ela.

Porém, com o fim da ocupação, advém a guerra civil. Themis junta-se ao exército comunista, onde experimenta os extremos do amor e do ódio. Quando por fim é presa nas ilhas do exílio, encontra outra mulher cuja vida se entrelaçará com a sua de maneiras que nenhuma delas poderia antecipar, e descobre que deve pesar os seus princípios contra o desejo de viver.

Um romance poderoso, que lança luz sobre a complexidade e o trauma do passado da Grécia, a partir da vida extraordinária de uma mulher comum.

"Traição" de V. S. Alexander

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Um romance apaixonante e comovente sobre o movimento Rosa Branca, que enfrentou os nazis e pagou o preço definitivo.


No verão de 1942, quando a guerra alastra pela Europa, começam a surgir panfletos anónimos perto da Universidade de Munique que alertam para as atrocidades nazis. A estudante Natalya Petrovich sabe quem está por detrás dos panfletos - um grupo secreto chamado Rosa Branca. Como enfermeira na frente russa, Natalya testemunhou os horrores da guerra em primeira mão. Quando decide entrar no círculo Rosa Branca, sabe que cada palavra sussurrada pode significar a morte às mãos da Gestapo.

Mas a jovem decide arriscar tudo na esperança de que o poder dessas palavras encoraje outros a resistir. Infelizmente, o perigo pode esconder-se até entre aqueles em quem mais confia, e, quando tudo ameaça desmoronar, só há uma decisão a tomar. Baseado na verdadeira história do Rosa Branca - o movimento de resistência de jovens alemães contra o regime nazi -, Traição narra a história de uma mulher que, durante um dos períodos mais negros da História, arriscou tudo para enfrentar a tirania.

"O Conselho de Estado no Antigo Regime e no Liberalismo -Portugal, Espanha e França" de Judite A. Gonçalves de Freitas

Editor: Alêtheia Editores

Sinopse: Resultado de uma investigação original sobre a dinâmica evolutiva da formação e consolidação do Conselho de Estado, desde a Época Moderna a finais do liberalismo político de Oitocentos, este livro procura suprir uma verdadeira lacuna na bibliografia portuguesa. Na verdade, trata-se de um estudo pioneiro sobre o perfil daquele órgão, do século XVI a finais do século XIX, em três países geograficamente contíguos - Portugal, Espanha e França -, que mantiveram afinidades políticas e culturais estreitas.

"Nexus" de Henry Miller

Editor: Livros do Brasil

Sinopse: Nos últimos meses passados em Nova Iorque, Miller dá por si a ocupar cada vez mais um estranho papel de elemento observador no seu próprio casamento. Acabada de ter alta do hospital psiquiátrico, Stasia, amante de Mona, fica alojada com o casal e rapidamente esta intricada relação aberta entre os três resulta em caos. O futuro, Miller sabe-o, é longe dali, do outro lado do oceano, em Paris - é aí que poderá cumprir por fim a sua vocação como escritor.

Terceiro e último volume da aclamada trilogia Rosa-Crucificação, Nexus é a peça final no percurso de formação e afirmação literária de Henry Miller, numa narração autobiográfica que põe a nu todas as limitações, todos os entusiasmos, todos os sonhos do seu autor. Depois de anos proibida no seu país, esta trilogia seria central na consagração deste que foi um dos maiores prosadores americanos do século xx.

"Regras de Ouro do Feng Shui" de Rinoie Yuchiku

Editor: Pergaminho

Sinopse: É verdade que posso usar o Feng Shui para perder peso?

Onde devo guardar o bilhete da lotaria para ter mais hipóteses de ganhar um prémio?
Onde devo guardar a carteira para atrair dinheiro?
É verdade que ter sacos de plástico perto da roupa traz má sorte?
A que altura devo guardar os copos no armário da cozinha para atrair prosperidade?
Que dicas de organização do quarto das crianças as fará ter mais saúde e inteligência?
Como devo guardar a comida para a família toda ser mais saudável?
O Feng Shui responde!

O Feng Shui é uma arte e ciência ancestral desenvolvida há mais de 3000 anos na China, e com centenas de milhões de adeptos em todo o mundo. É um corpo de saber que revela como equilibrar as energias de um espaço (Feng Shui significa vento e água, ou seja, a junção das forças yang e yin) para garantir que quem nele habita tem saúde e boa sorte, graças ao bom fluxo de chi ou energia vital.

Este livro, da autoria da mestre de Feng Shui mais popular do Japão, oferece uma abordagem prática e simples para organizar a sua casa e para atrair a boa fortuna e a prosperidade.

"Stranger Things - Os Rapazes Zombies" de Greg Pak

Editor: Edições Asa

Sinopse: Depois de enfrentarem o Demogorgon e de salvarem Will da horrível dimensão O Outro Lado, Mike, Lucas, Dustin e Will tentam voltar à vida normal.


Mas as tensões no grupo vão crescendo e os rapazes começam a entrar em conflito, até que aparece um novo miúdo no clube de audiovisuais, com uma Camcorder Betamax. Joey Kim, aspirante a Spielberg, grava com eles um filme de terror sobre zombies, ajudando-os desta forma a aceitar os horrores sobrenaturais pelos quais passaram.

"Elogio da Bicicleta" de Marc Augé

Editor: Edições 70

Sinopse: A bicicleta tem uma dimensão mítica que é, ao mesmo tempo, individual e coletiva. A bicicleta está de regresso através das políticas urbanas, e a sua presença é hoje objeto de um renovado entusiasmo. A bicicleta ensina-nos acima de tudo a conciliar-nos com o tempo e com o espaço. E leva-nos a descobrir o princípio de realidade num mundo invadido pela ficção e pelas imagens.


Da primeira pedalada de uma criança de 5 anos aos feitos heroicos dos ciclistas da Volta à França, passando pelo urbanismo e pelas políticas ambientais, este breve ensaio de Marc Augé reflete sobre a maior invenção da humanidade, para chegar à conclusão de que «o ciclismo é um humanismo».

"O Mundo à Minha Procura" de Ruben A.

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: Passando pela infância, o primeiro amor, os estudos em Coimbra, amizades, livros e viagens, esta obra representa, como afirmou Ruben A. numa entrevista ao Diário Popular em Julho de 1965, «uma necessidade urgente de arrumar a minha vida sentimental, de ver a novela que dentro do meu ser transporto. A forma autobiográfica é a mais pura do romance, a criação permanente de um estado de espírito que traz presentes os fantasmas que se acolheram no sótão da sensibilidade».

"Os Nove Braços do Hanukiah" de Rita Mayer Jardim

Editor: Casa das Letras

Sinopse: Da Amazónia a Israel, dos Estados Unidos da América a Portugal, um mistério ao longo dos séculos sobre o legado dos judeus sefarditas.


Um candelabro judaico desaparece do museu da sinagoga de Savannah, no estado norte-americano da Geórgia, e uma estranha mensagem em português é deixada no seu lugar. Suspeita do furto, a genealogista Clara Mendes cruza-se então com Lior, um veterano de poucas palavras que se dedica a investigar o paradeiro de artefactos judaicos roubados e que lhe pede para ir a Israel pesquisar a sua descendência de uma ilustre família sefardita.

Ingénua, mas determinada, Clara depressa se vê envolvida numa intriga empolgante que a leva a mergulhar na história conturbada do povo judeu, tanto na Europa como no Novo Mundo, e que tão depressa a faz recuar ao terror da Inquisição como a descobrir os meandros da nova extrema-direita internacional.

Decorrendo ao longo de vários séculos, por entre os segredos das ruas tortuosas de Jerusalém e a dura colonização do sul dos Estados Unidos, a diáspora judaica de Marrocos e as profundezas da Amazónia brasileira, Os Nove Braços do Hanukiah é um romance apaixonante à volta do extenso legado dos judeus sefarditas, um povo que, certo dia, Portugal decidiu expulsar.

Uma história sobre a preservação da memória, a força do preconceito e o poder supremo do amor.

"Fio da Navalha - Noughts & Crosses - Livro 2" de Malorie Blackman

Editor: Editora Minotauro

Sinopse: Onde antes havia amor, agora há ódio.


Sephy Hadley - uma Cruz, a classe poderosa e privilegiada - apaixonou-se por Callum Mcgregor, um Zero, e entrelaçou para sempre o seu destino ao daquela família - está grávida de um bebé mestiço.

O irmão de Callum, Jude McGregor, tomado pela amargura, culpa Sephy pela tragédia que assolou a família e está determinado a forçá-la a tomar partido e apostado em destruir-lhe a vida…Tal como ela destruiu a dele…

Eis a emocionante sequela de Zeros & Cruzes, segundo volume da série Noughts & Crosses.

"Super Digestão -Tudo o que precisa de comer e fazer para a saúde do seu aparelho digestivo" de Megan Rossi

Editor: Lua de Papel

Sinopse: Melhorar a saúde dos seus intestinos é o segredo para uma vida longa e saudável. É também o segredo para acabar com os inchaços e dores inexplicáveis.


Quer procure uma barriga lisa, perder peso, mais energia ou menos ansiedade, tudo passa por ter os seus sistemas digestivo e intestinal a funcionar na perfeição. Com base nos estudos científicos mais recentes, a Dra. Megan Rossi mostra o que fazer e comer, passo a passo, e como é importante sabermos ouvir o nosso corpo para melhorar os níveis de humor e fortalecer o sistema imunitário.

Super Digestão oferece ainda várias sugestões de refeições e receitas fáceis e deliciosas para estimular o intestino, dicas e testes para avaliar a sua saúde intestinal e conselhos para diagnosticar intolerâncias alimentares. «Aprendi tanto com a Megan, cuidar dos meus intestinos passou a ser uma prioridade e sinto-me muito melhor desde então. Ela é uma enorme inspiração para nós»
Ella Mills, autora e fundadora de Deliciously Ella


"Os Segredos para se Tornar Multimilionário - Os princípios do sucesso para a riqueza e o êxito" de Rafael Badziag

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: Está cansado da corrida desenfreada do dia a dia? Pergunta-se porque é que, apesar de toda a agitação e de todo o esforço diários, não consegue quebrar certas barreiras? Como é possível que algumas pessoas durante a sua vida consigam construir impérios e criar biliões em riqueza - algo que a maioria só pode sonhar?


Existem milhares de livros sobre como ficar rico, mas este livro explica-lhe como atingir os mais altos escalões de riqueza. As pessoas mais ricas do nosso tempo são multimilionárias. Os multimilionários são extremamente raros e a sua mentalidade difere enormemente da das pessoas ricas. Apenas 1 em cada 5 milhões de cidadãos do mundo pertence a este grupo.

Qual é o segredo dos multimilionários que subiram na vida por mérito próprio? Será uma questão de sorte, de circunstâncias, de instrução ou de personalidade? Quais são as chaves do seu incrível sucesso? Quais são as crenças, as mentalidades e os rituais de sucesso que lhes permitiram criar as suas fortunas astronómicas? O que será que lhes deu energia para perseguirem incansavelmente os seus objetivos?

Neste livro, são os próprios multimilionários que respondem a todas estas perguntas, revelando ideias, técnicas e factos surpreendentes. Nunca antes ninguém entrevistou mais de vinte multimilionários em todo o mundo e escreveu um livro com toda a sua sabedoria. Rafael Badziag trabalhou durante anos com alguns dos melhores empreendedores do planeta e destilou nesta obra todos os segredos que lhes permitiram começar do zero e criar biliões.

"Deus e o Mercado - Um diálogo provocador entre Religião e Economia" de Vítor Melícias, João César das Neves e Nicolau Santos

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Qual a relação entre Deus e o Mercado?

Provém o Mercado de uma ordem pré-estabelecida que deve ser respeitada?
Ou, pelo contrário, o Mercado cria desequilíbrios que são entraves à existência humana plena e à harmonia social?
O que diz a Doutrina Social da Igreja, e os grandes pensadores cristãos, sobre estas questões? Há um modelo cristão de economia?

O padre Vítor Melícias e o economista João César das Neves debatem estes e outros assuntos que nos interpelam e que marcam o nosso tempo. Com a moderação do jornalista Nicolau Santos, reflectem também sobre temas candentes da actualidade económica - a limitação dos salários altos, a pretensa captação do poder político pelo sistema financeiro, a integração da questão ecológica na economia, o aumento das desigualdades sociais criadas pela globalização, o crescimento dos extremismos com a crise da Covid, as razões da estagnação económica portuguesa nas últimas décadas, e o pensamento económico do Papa Francisco.

Um livro que resulta de uma conversa informada e sempre cativante entre três amigos que raramente estão de acordo, Deus e o Mercado é uma importante reflexão sobre o mundo desafiante em que vivemos.

"Adolfo Kaminsky: O Falsificador" de Sarah Kaminsky

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Adolfo Kaminsky, judeu russo de nacionalidade argentina, tinha 17 anos quando foi despejado de casa, com a família, e enviado para o campo de concentração de Drancy. Os seus passaportes argentinos garantiriam à família Kaminsky a libertação deste campo, salvando-os, por uma questão de horas, da deportação para Auschwitz.

Já com a fuga de França marcada, Kaminsky é recrutado pela 6ª, o braço secreto do UGIF, onde se tornaria o mais jovem falsificador ao serviço da Resistência francesa e onde o seu trabalho garantiria salvo-conduto a milhares de judeus nos últimos anos da Segunda Guerra Mundial.

Após a tomada de Paris, Kaminsky é recrutado pelos serviços secretos franceses, que abandona aquando da Guerra da Indochina. Regressado à clandestinidade, nas décadas seguintes viria a colaborar com a resistência antifranquista, com resistente gregos contra a ditadura dos coronéis, com antissalazaristas em Portugal, com a Frente Nacional de Libertação da Argélia, com objetores de consciência norte-americanos durante a Guerra do Vietname, com vários movimentos de esquerda na América do Sul e com diversos movimentos independentistas africanos (Guiné, Guiné-Bissau, Angola e África do Sul). Kaminsky nunca aceitou dinheiro pelo seu trabalho de falsificador, recusando tornar-se um mercenário e comprometer os ideais maiores de liberdade e dignidade humana que o guiavam. Esta é a história de um verdadeiro herói.

Inclui glossário de Luísa Gabão e José Hipólito dos Santos.
Posfácio de Irene Hipólito dos Santos.

"Silêncio para 4" de Ruben A.

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: «Nunca em língua portuguesa se ilustrou com tão jubilante desvairo a palavra conhecida de Nietzsche: o amor é o ódio mortal dos sexos. Ao longo de um diálogo-monólogo de duzentas páginas, Ruben A. executa a sua música imprevisível e certa, dançando ao seu compasso atonal, vertiginoso e estático ao mesmo tempo, o strindberguiano motivo da “dança da morte”, transposto para nova lusitana liberdade de amar fora de portas e em todas as estações. Metáfora uma da outra, a dança erótica e a da escrita que nela se alimenta, verso e reverso de uma só aventura imaginária, essência do amor e da palavra que o inventa ou transfigura, desenham a meias a mais fabulosa quadratura da ficção das nossas letras.»

"Os Illuminati - A história da sociedade secreta mais poderosa do mundo" de Jim Marrs

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: A ideia de que um pequeno grupo de indivíduos controla o mundo da política, das finanças e do comércio a nível mundial é altamente sinistra. Mas… e se for verdade?


Iniciações arrepiantes. Grandes bancos e manipulação de dinheiro. Possíveis conexões entre as famílias mais poderosas do mundo… O nome Illuminati tem significado muita coisa para muitas pessoas diferentes, mas a maioria concorda que os Illuminati - e aqueles que seguem a sua doutrina - tentaram obter um certo controlo sobre os seus semelhan¬tes, bem como sobre as instituições políticas e religiosas do seu tempo. A ideia de que um pequeno grupo internacional de indivíduos interligados pode controlar o mundo das finanças e do comércio foi confirmada por cientistas do Instituto Federal Suíço de Tecnologia de Zurique que, combinando a matemática usada para a modelação de sistemas naturais com dados corporativos abrangentes, publicou, em 2011, um estudo na revista New Scientist, onde revelava que «1318 empresas de propriedade inter¬ligada» detinham um controlo centralizado sem precedentes sobre a economia global.

UMA INVESTIGAÇÃO PROFUNDA ÀS ORIGENS, HISTÓRIA, MEMBROS E ATIVIDADES DOS ILLUMINATI.
Afastando-se de toda a especulação apocalíptica, mas também das tentativas de silenciamento de um espécie de pacto secreto com a intenção de controlar e manipular o nosso destino global, o premiado jornalista Jim Marrs explora as evidências, documentos e ligações e lança uma nova luz sobre a história, o funcionamento, a influência e o poder dos Illuminati.

"Kick-Ass - A miúda nova" de Mark Millar; Ilustração: John Romita Jr.

Editor: G. Floy Studio

Sinopse: Os piores criminosos do Novo México precisam de uma lição, e Kick-Ass acaba de chegar para lhes ensinar uma ou duas coisas. Mas há uma cara nova por baixo da máscara antiga, e uma figura nova dentro daquele fato de mergulho verde e amarelo famoso. Um soldado que acabou de chegar dos horrores da guerra, e encontrou as ruas da sua cidade natal mergulhadas numa batalha. Uma heroína que serve à mesa de dia e combate o crime à noite.


Uma nova Kick-Ass, com uma família para alimentar e um bairro que precisa de uma limpeza. Apresentamos a Sargento Patience Lee, a vossa nova super-heroína preferida. Conseguirá esta mãe sozinha equilibrar a sua vida familiar com a sua nova carreira como vigilante nocturna combatente do crime? Ou será que a sua luta contra os gangues e homicidas da sua cidade vai chegar demasiado perto da sua casa?

Duas lendas dos comics, Mark Millar e John Romita Jr. voltam a juntar-se para mais um capítulo do maior super-herói de todos os tempos!

"Holocausto" de Irene Flunser Pimentel

Editor: Temas e Debates

Sinopse: Quando ocorreu a Shoá e que etapas levaram a esse crime? Quando souberam os Aliados e o mundo da Shoá, e poder-se-ia tê-la evitado? Como e quando soube o governo português do genocídio nazi dos judeus europeus? Esteve também Portugal, embora neutral, na rota da Shoá? Como foram descobertos os campos de concentração e de extermínio e de que forma foram julgados os criminosos nazis? E a opinião pública portuguesa, a viver em ditadura, quando e o que soube?


«É para desfazer confusões, contribuindo para um conhecimento maior da Shoá, e também do papel de Portugal face a esse terrível acontecimento, com base na minha própria investigação, mas também na profusa bibliografia existente sobre o tema, em geral, e relativamente a Portugal, em particular, que proponho este livro.»

"Quichotte" de Salman Rushdie

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Inspirado pelo clássico de Cervantes, Sam DuChamp, um medíocre autor de livros de espionagem, cria Quichotte, um cortês e apatetado vendedor ambulante obcecado pela televisão que é vítima de uma paixão impossível por uma estrela de TV. Acompanhado pelo seu filho (imaginário) Sancho, Quichotte empreende uma picaresca busca pela América a fim de se mostrar digno da sua mão, arrostando valorosamente com os tragicómicos perigos de uma era em que Tudo-Pode-Acontecer. Entretanto, o seu criador, que vive uma crise de meia-idade, enfrenta igualmente os seus imperiosos desafios.


Tal como Cervantes escreveu Dom Quixote para satirizar a cultura do seu tempo, Rushdie transporta o leitor numa desvairada corrida através de um país à beira do colapso moral e espiritual. E, com aquela magia narrativa que é a imagem de marca da obra de Rushdie, as vidas amplamente realizadas de DuChamp e Quichotte interpenetram-se numa busca profundamente humana do amor e num retrato perversamente divertido de uma época em que os factos são tantas vezes indistinguíveis da ficção.

"Sete para a Eternidade - Livro Um" de Rick Remender; Ilustração: James Harren e Jerome Opena

Editor: G. Floy Studio

Sinopse: Sete para a Eternidade é a magistral saga de fantasia escrita por Rick Remender, e ilustrada por Jerome Opeña, uma dupla que já encontrámos nalguns arcos de história de Uncanny X-Force.


Em Sete para a Eternidade, Remender constrói um universo de fantasia complexo e original, que lhe servirá de pano de fundo para contar uma história que é uma poderosa alegoria contra os populismos e as xenofobias e racismos, temas que são centrais nesta saga. Mas a estrutura da história é feita a partir da típica estrutura de um western, com um grupo de estranhos que se encontram para uma longa viagem, através de paisagens desertas e perigosas, um aspecto reforçado pelas cores maravilhosas de Matt Hollingsworth e a sua paleta de cores castanhas e próximas da terra, das montanhas, da vegetação seca e desolada do mundo de Zhal (e pela ocasional aparição de armas de fogo - mesmo que encantadas! - com um visual muito western).

Com o seu protagonista longe de ser perfeito, um vilão complexo e com uma racionalidade muito coerente, uma trama de família e a dinâmica entre o herói, o espírito do seu pai, e a sua relação com uma filha independente, e um conjunto de personagens secundárias distintas e importantes na narrativa, Sete para a Eternidade é um dos melhores trabalhos de sempre de Remender.

Sete para a Eternidade está planeado para um total de 17 comics, o primeiro volume (Livro Um) reúne os números #1-9, o segundo (Livro Dois) reunirá os números #10-17.

"Vegetariano com Peixe" de Jo Pratt

Editor: Arte Plural Edições

Sinopse: Cada vez mais pessoas estão a reduzir o consumo de carne e a fazer refeições vegetarianas, enquanto mantêm o consumo ocasional de peixe e marisco, cujo impacto ambiental (e na saúde) é bem mais positivo. A autora de Vegetariano em Part-Time apresenta neste livro receitas deliciosas e nutricionalmente equilibradas de pratos que podem ser vegetarianos ou com peixe e marisco. Desde filetes, pataniscas e pastéis até peixes fumados e especialidades de cozinha do mundo, como ceviche ou caril, este livro permite descobrir todos os sabores que o mar tem para nos oferecer.

"Uma História de Espanha" de Arturo Pérez-Reverte

Editor: Edições Asa

Sinopse: Neste relato pessoal, irónico e sempre sagaz, Arturo Pérez-Reverte conta a acidentada história do nosso país vizinho. Uma obra concebida, segundo o autor, como "um pretexto para olhar para trás desde os tempos remotos até ao presente, refletir um pouco sobre ele e contá-lo por escrito de uma forma pouco ortodoxa".


Das origens de Espanha até ao final da transição para o regime democrático, os principais acontecimentos da história do nosso vizinho ibérico são narrados com um olhar único, construído com as doses certas de leituras, experiência e senso comum.

"O olhar com que escrevo romances e artigos, não fui eu que o escolhi - diz o autor -, é, sim, o resultado de todas essas coisas: a visão, mais ácida do que doce, de quem, como diz um dos meus personagens, sabe que ser lúcido em Espanha acarreta sempre muita amargura, muita solidão e pouca esperança."

"Unorthodox - A verdadeira história das minhas raízes" de Deborah Feldman

Editor: Editorial Presença

Sinopse: A seita Satmar, do judaísmo hassídico, é tão misteriosa quanto fascinante para quem a observa de fora. Nestas extraordinárias memórias, Deborah Feldman revela como é a vida presa a uma tradição religiosa que valoriza o silêncio e o sofrimento em detrimento da liberdade individual.


Deborah cresceu sob um código de costumes implacavelmente impostos que tudo controlava: desde o que podia vestir a com quem podia falar ou ao que estava autorizada a ler. Foram os momentos insubmissos que passou com as densas personagens literárias de Jane Austen e Louisa May Alcott que a ajudaram a imaginar um estilo de vida alternativo.

Ainda adolescente, viu-se aprisionada num casamento disfuncional, sexual e emocionalmente, com um homem que mal conhecia. A jovem satmar, bem-comportada, viu-se sufocada pela tensão entre os seus desejos e as suas responsabilidades; esta foi-se tornando cada vez mais explosiva e, aos dezanove anos, quando deu à luz, compreendeu que, fossem quais fossem os obstáculos, teria de forjar um caminho - para si e para o filho - que a levasse à felicidade e à liberdade.

"A Vertigem do Cosmos - Uma Breve História do Céu" de Trinh Xuan Thuan

Editor: Temas e Debates

Sinopse: Tocados pelo esplendor da noite, os humanos nunca cessaram de olhar para o céu e de o tentarem compreender.

Perante a regularidade de certos ciclos - fases da Lua, estações, solstícios, eclipses, etc. -, formularam uma conceção dinâmica do cosmos, baseada em duas noções indispensáveis: o espaço e o tempo.

É esta grande crónica que Trinh Xuan Thuan nos apresenta, desde a arqueoastronomia até à astrofísica mais recente.
Uma breve história do céu que não se limita aos temas fundamentais, mas celebra também a união escondida no fundo da nossa memória: a aliança eterna entre o homem e o cosmos.

"Orfeu Sem Mim" de Dionísio Vila Maior

Editor: Edições Esgotadas

Sinopse: Orfeu Sem Mim obedece a uma linha axial humanamente universal que é o amor. Desenvolve-se polifónica e pluridiscursivamente nas colorações e vicissitudes da paixão, enamoramento, sensualidade, erotismo, luxúria, ciúme…


As sete secções ponderam movimentos que vão do enamoramento ao epitáfio, do movimento-sentimento do orfeu-órfico à destruição do corpo, da alma, e de tudo um pouco…, na senda de Bataille.

Obra vencedora do Prémio de Poesia Joaquim Pessoa 2020.


cardapio.pt @ 9-9-2020 17:38:32


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros