Novidades Livros (16 a 22 de setembro de 2021)

cardapio.pt @ 15-9-2021 17:34:41

"O Reino" de Jo Nesbø

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Quando os pais de Roy e Carl morrem inesperadamente, Roy tem de assumir o papel de protetor do impulsivo irmão mais novo. Porém, quando Carl decide partir para percorrer o mundo em busca de sucesso, Roy fica para trás na pacata vila, satisfeito com a sua vida de mecânico e proprietário da estação de serviço local.


Alguns anos depois, Carl regressa a casa com Shannon, a sua carismática mulher arquitecta. Chegam cheios de planos e entusiasmo para construírem um hotel de luxo na propriedade da família. Carl não quer fazer ricos só ele e o irmão, mas toda a vila.

E é apenas uma questão de tempo até que um triunfante regresso a casa desencadeie uma série de acontecimentos que ameaçam tudo o que Roy mais ama, e os perturbantes segredos de família, há muito enterrados, comecem a vir ao de cima…

"Rio - Deus para Todos - N.º 1" de Louise Garcia

Editor:  Edições Asa

Sinopse: 
Rio de Janeiro - Uma cidade onde a vida é uma luta!

Rúben e Nina nasceram numa das maiores favelas do Rio de Janeiro, tendo ficado entregues a si próprios no dia em que a mãe é assassinada por Jonas, um polícia corrupto de quem ela era informadora e amante. Acolhidos por Bakar, um rapaz que vive de expedientes, acabam por se juntar ao seu gangue.

Entre pobreza e violência, a única saída parecem ser as falcatruas que se veem forçados a fazer todos os dias para sobreviver. Mas há uma outra alternativa: serem adoptados por uma família rica…

"A Peste Maldita" de Alex Connor

Editor: Clube do Autor

Sinopse: A Peste Maldita é um livro que nos remete para uma era distante. A trama desenrola-se em dois tempos em 1510 quando em Veneza a peste enche as ruas de cadáveres e as pessoas têm medo de sair de casa e no século XXI, já em plena pandemia.


O que liga estas duas realidades é o desaparecimento misterioso de um quadro (e respetiva modelo) do pintor Giorgione no século XVI, que se descobre estar relacionado com o assassinato de um negociante de arte, já nos dias que correm, em Londres.

Alternando entre o passado e o presente, este romance transporta-nos no tempo e recorda nos a luta da Humanidade contra as adversidades. E se tudo estivesse destinado a repetir-se?

"São José" de Ana Paula Lemos

Editor: Albatroz

Sinopse: «Todos podem encontrar em São José – o homem que passa despercebido, o homem da presença quotidiana discreta e escondida – um intercessor, um amparo e uma guia nos momentos de dificuldade. São José lembra-nos que todos aqueles que estão, aparentemente, escondidos ou em segundo plano, têm um protagonismo sem paralelo na história da salvação.»

Papa Francisco

Sempre que a História protagoniza desafios radicais, a Igreja chama São José - intercessor, amparo e guia nos momentos de aflição - ao decisivo desígnio de mostrar «que todos aqueles que estão, aparentemente, escondidos ou em segundo plano têm um protagonismo sem paralelo na história da salvação».
Quem é São José? Que papel teve na história da salvação? O que disseram os papas e os grande santos e santas sobre São José? Que orações e devoções são rezadas? Como plasmou a arte a humanidade de Jose?
Conheça melhor quem foi São José, protetor da família e Padroeiro universal da Igreja Católica.

"Edith Stein - Vida de uma Família Judia - E outros escritos autobiográficos" de Edith Stein

Editor: Paulinas Editora

Sinopse: Edith Stein é frequentemente referida pela sua condição de judia que se converteu ao Cristianismo, e que foi condenada às câmaras de gás nazis de Auschwitz. O episódio da sua morte foi, porém, o culminar de um percurso pessoal dotado de uma singularidade que a inscreve no painel das personalidades que mais marcaram a cultura europeia do século XX, tanto no campo intelectual como pela sua opção de original vivência espiritual, em que a doação atingiu a dimensão do paroxismo místico da entrega sacrificial pelo seu povo.


O conjunto de manuscritos intitulados Vida de uma Família Judia e outros escritos autobiográficos, que a Paulinas Editora aqui nos oferece, permite uma avaliação menos parcial da grandiosa Teresa Benedita da Cruz, nome adotado após a sua conversão ao Catolicismo e admissão no Carmelo. Estes textos documentais permitem o acesso aos momentos mais decisivos da existência de Edith, no cruzamento das duas tradições culturais e religiosas por era atravessada: o Judaísmo e o Cristianismo.

Com este título iniciamos a publicação das obras completas de Edith Stein (Santa Teresa Benedita da Cruz).

"As Inseparáveis" de Simone de Beauvoir

Editor:  Quetzal Editores

Sinopse: Este é um romance sobre a intensa amizade que ligou Simone de Beauvoir a Zaza, Élisabeth Lacoin, que Simone conheceu quando tinha nove anos. Escrito em 1954, narra, em registo ficcional, a história das duas raparigas rebeldes, ao longo da sua educação sexual e intelectual, e que só terminou com a morte de uma das amigas.


Quando Andrée veio frequentar a escola de Sylvie, esta ficou imediatamente fascinada pela sua nova colega: tão inteligente, elegante, sensível e autoconfiante como uma adulta. Ficaram logo amigas e conversavam e faziam planos durante horas a fio. Mas Andrée escondia algumas feridas e sofria uma educação demasiado exigente e reprimida. Andrée é Zaza; e Sylvie, a pequena Simone.

Zaza teve uma morte trágica aos 21 anos. Foi uma personalidade extraordinária em vida, e a sua memória perdurou através das personagens em vários livros de Beauvoir, como Memórias de uma Menina Bem-Comportada e Os Mandarins.

Com um posfácio da filha adotiva de Simone de Beauvoir - Sylvie Le Bon de Beauvoir - em que é feito um relato factual e cronológico desta amizade, da vida e do contexto familiar de Zaza, e um conjunto de cartas e de fotografias, As Inseparáveis é um livro de grande valor literário e documental e uma peça importante no conhecimento da vida e obra de Simone de Beauvoir.

"Posso Estar Errado" de Björn Natthiko Lindeblad

Editor: Lua de Papel

Sinopse: Aos 23 anos, em vésperas de ser promovido a diretor financeiro de uma multinacional sueca, Björn Natthiko Lindeblad sentiu que tinha de mudar de vida. Abandonou uma carreira de sucesso e começou a sua caminhada espiritual. Acabou por se fixar num mosteiro budista na Tailândia, onde abraçou a antiga tradição dos monges da floresta. Durante 17 anos viveu sem sexo, sem álcool, sem família, sem férias, sem os confortos modernos, e a comer apenas uma refeição diária. E foi feliz.


Um dia, porém, sentiu o apelo de voltar a casa e regressou à Suécia. A vida de monge, porém, não o tinha preparado para o mundo real, onde agora era um estranho, sem casa, dinheiro ou emprego. Björn, que no mosteiro tinha enfrentado as mais terríveis provações, entrou em profunda depressão. E foi-lhe diagnosticada uma doença neurodegenerativa fatal (Esclerose Lateral Amiotrófica, ou ELA). Esteve quase a desistir. Mas os anos de experiência como monge, e a sabedoria adquirida na floresta, não tinham sido em vão. Voltou a meditar e com a ajuda de amigos (e da mulher com quem se viria a casar), conseguiu superar a depressão. Encontrou o seu espaço, começou a orientar retiros, a dar palestras e tornou-se num dos líderes espirituais mais amados do seu país.

Posso Estar Errado é a história real de Björn. É um livro de um enorme coração, em que o autor partilha as suas dúvidas e também espantosas lições de vida.

"Julieta Salva Vidas - História de uma enfermeira muito corajosa" de Maria Teresa Maia Gonzalez

Editor: Paulinas Editora

Sinopse: Uma nova e imaginosa leitura para os tempos de lazer deste verão. Esta é uma história narrada pela melhor amiga desde a infância, que nos fala de Julieta, uma jovem extremamente corajosa que, certo dia, decidiu ser enfermeira.


Pela sua forte personalidade, Julieta é capaz de enfrentar os maiores desafios que se lhe colocam, mesmo em tempos de pandemia. Exigente consigo mesma, transforma-se numa lutadora incansável para melhorar a qualidade de vida dos que encontra em sofrimento.

Sem preconceitos, o seu coração sem fronteiras cria com todos uma relação aberta e solidária. Para ela, mudar o mundo não é um sonho abstrato e longínquo, mas uma meta a completar em cada dia.

"Dizer Sim à Vida Apesar de Tudo" de Viktor E. Frankl

Editor: Pergaminho

Sinopse: Em 1946, Viktor Frankl fez três conferências numa escola operária em Viena. Tinham-se passado poucos meses da sua libertação do campo de concentração de Turkheim. Nestas conferências, mais tarde publicadas com o título Dizer Sim à Vida Apesar de Tudo (um verso do poema «a Canção de Buchenwald, aqui traduzido por João Barrento e com uma nota explicativa do tradutor), aborda a busca de sentido perante a destruição em massa e tenta responder à questão: haverá sentido depois de Auschwitz? Estas conferências levantam reflexões que vieram a dar origem ao seu método terapêutico - a Logoterapia - e permanecem de uma atualidade premente para o leitor dos nossos dias.

"A última casa em Needless Street" de Catriona Ward

Editor: Porto Editora

Sinopse: Não vai acreditar no que se esconde na última casa em Needless Street…

Esta é a história de Ted, que vive com a filha Lauren e a gata Olívia, numa casa perfeitamente banal, ao fundo de uma rua igualmente banal.
Esta é a história de um assassino. De uma criança roubada. De vingança.
Tudo isto é verdade. E quase tudo isto é mentira.
Pode acreditar que sabe o que se esconde na última casa em Needless Street. Pode até achar que já ouviu esta história em algum lugar.
Mas, na última casa em Needless Street, nada é o que parece.

"A Voz do Silêncio - Sabedoria para o caminho espiritual" de Helena P. Blavatsky

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: A Voz do Silêncio narra a jornada do viajante espiritual ao longo do caminho da vida. Descreve os perigos que espreitam a cada momento, alertando sobre os cuidados a serem observados ao longo da viagem. É uma jornada iniciática que leva o buscador até ao coração do seu templo interior, e na qual a Voz do Silêncio, o eco da sua própria alma, é o único guia.


Nenhum livro jamais afetou o pensamento de tantos homens e mulheres. É uma joia da literatura, um monumento da espiritualidade e um dos livros mais estimulantes alguma vez escritos. Faz um apelo à humanidade para abandonar o seu apego ao desejo, dissipar todo e qualquer pensamento errado e entrar no verdadeiro Caminho.

Entre os seus admiradores contam-se personalidades ilustres como o Dalai Lama, Einstein, Tolstói, Aldous Huxley, Kandinsky, Carl Jung, Mahatma Gandhi, James Joyce, Krishnamurti, Daisets Suzuki, entre outros.

"The Promised Neverland N.º 9 - Desencadear da guerra" de Kaiu Shirai;

Editor: Devir

Sinopse: Seguindo as pistas de Minerva, Emma e as crianças escapam com sucesso da Casa de Grace Field e sobrevivem ao terreno perigoso do mundo exterior.

"Madame Bovary" de Gustav Flaubert

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Considerado por muitos o romance dos romances, Madame Bovary é um livro apaixonante sobre a idealização do amor romântico, o adultério e o suicídio.


Ema Bovary, a protagonista, é uma jovem bonita e requintada para os padrões provincianos da sociedade em que vive. Presa num casamento que a aborrece, aspira às grandes emoções que encontra nas páginas dos livros que lê compulsivamente.

A vida, o marido e a sua imaginação não são suficientes arranja um amante, e mais outro, mas nenhum é capaz de satisfazer os seus anseios. Revoltada com a sua vida, Ema perseguirá os seus sonhos, com consequências trágicas.

Além da densidade psicológica das personagens intervenientes, Madame Bovary é uma obra que se destaca também pela prosa esmerada e pelo realismo narrativo.

"A Águia do Império - Primeiro volume da série A Saga da Águia" de Simon Scarrow

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Afastado de Roma devido a uma conspiração que envolve o próprio imperador, o jovem Quinto Cato, amante de letras e da vida no palácio, chega à Germânia para se alistar como recruta na Segunda Legião, a mais temida e afamada dos exércitos de Roma. E se a adaptação aos rigores da vida militar já se revela terrivelmente difícil, o jovem ainda tem de enfrentar o desprezo dos camaradas quando descobrem que, graças aos contactos que tem em Roma, Cato vai receber um posto superior ao deles: o de lugar-tenente de Macro, o mais experiente e destemido de todos os centuriões.

Para recuperar o respeito dos camaradas, Cato vai ter de provar a sua coragem contra as sanguinárias tribos germânicas. E, se sobreviver, o pior ainda está para vir: a Segunda Legião vai ser enviada para uma terra de barbaridade sem paralelo, a nebulosa e distante Britânia. E ele e Macro foram escolhidos para uma missão secreta repleta de intrigas que ameaçam não só as suas vidas, mas também o futuro do império.

"O Exílio do Imperador - Volume dezanove da série A Saga da Águia" de Simon Scarrow

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: A batalha vai começar…

Ano 57. Cato e Macro, veteranos do Império Romano, regressam a Roma. Depois de uma campanha desastrosa na fronteira oriental, a receção na corte imperial é hostil. As suas reputações e futuro estão em jogo.

Quando a paixão do imperador Nero pela sua amante é explorada pelos seus inimigos políticos, ela é desterrada para o exílio. Cato, isolado e indesejado em Roma, é forçado a escoltá-la até à Sardenha.

Ao chegar à agitada e fervilhante ilha com um pequeno grupo de oficiais, Cato enfrenta o perigo em três frentes: um grupo de soldados dividido, uma praga mortífera que se espalha pela província... e uma violenta insurreição que ameaça lançar a região num caos sangrento.

"Ideias Sem Centro - Esquerda e Direita no Populismo Contemporâneo" de Alexandre Franco de Sá

Editor: Dom Quixote

Sinopse: «Pululam hoje pela indústria cultural, pelos círculos mediáticos e pela universidade estudiosos e opinion makers que fazem do populismo uma espécie de fascismo do século XXI. Após a Segunda Guerra Mundial, como é sabido, o fascismo deixou de ser tratado como uma corrente política e cultural para se transformar num cómodo significante vazio destinado a designar tudo quanto seja odioso e desprezível. Obscureceu-se o caminho de acesso ao fascismo histórico na mesma proporção em que emergiu um fascismo eterno. Do mesmo modo se passa hoje com o populismo. O conceito é mobilizado pejorativamente para designar um modo simplesmente ignóbil e repugnante de fazer política, e oferece-se como particularmente útil, em discussões acaloradas, para estigmatizar rapidamente adversários sem a maçada de demais discussões. Ora, esse modo de usar o conceito encerra um problema que não é despiciendo: ele não só ignora a história dos fenómenos caracterizáveis como populistas, muito variados, mas sobretudo tolda a possibilidade de encontrar no próprio conceito possibilidades à partida insuspeitadas e uma fecundidade inicialmente imprevista.»

"Ensaios, Discursos e Cartas Públicas" de William Faulkner

Editor: Livros do Brasil

Sinopse: Reunindo alguns dos mais significativos textos de não ficção publicados por William Faulkner ao longo de toda a sua carreira literária, o presente volume configura uma extraordinária porta aberta para o conhecimento deste que é um dos mais importantes nomes da literatura mundial do século XX. Intrigantes, perspicazes e por vezes altamente controversos, estes ensaios revelam não apenas os temas que mais cativaram Faulkner, da política à literatura e ao desporto, mas também a evolução das suas opiniões sobre os acontecimentos fraturantes do seu tempo, com particular destaque para as questões raciais. Este é um volume único, até agora inédito em Portugal, onde se inclui também o discurso proferido por ocasião da aceitação do Prémio Nobel da Literatura, com que foi distinguido em 1949.

"Balada de Veludo Quarteto de Veludo - Livro 3" de Jude Deveraux

Editor: Quinta Essência

Sinopse: Alyx Blackelt vê o pai ser assassinado e o seu lar reduzido a cinzas. Desesperada, foge para a floresta e encontra refúgio no acampamento de Raine Montgomery, um nobre caído em desgraça por ordem do rei. Para se proteger, disfarça-se de rapaz. Para esconder a sua dor, esmera-se no seu papel de escudeiro de Montgomery.


Mas durante quanto tempo conseguirá Alyx manter o disfarce?
Durante quanto tempo fingirá Montgomery não ver o óbvio?

E enquanto uma disputa sangrenta ameaça as vidas de todos, o amor de uma boa mulher pode fazer toda a diferença… inspirar um intrépido cavaleiro, tocar o coração de um rei, e enaltecer o espírito de Inglaterra.

"O Homem Certo é Difícil de Encontrar" de Sebastião Alves

Editor: Cultura Editora

Sinopse: Uma explosão de gás num andar de luxo de um prédio de Lisboa causa uma vítima mortal. Trata-se de um antigo corretor de bolsa caído em desgraça e entretanto diminuído por um AVC. Acidente? Suicídio? Homicídio? Lídia, a sua mulher, é interrogada pela Judiciária e torna-se a principal suspeita quando se descobre que existem facetas ocultas na sua vida, desde um primeiro divórcio, ao encontro com o famoso corretor, já então afastado da Bolsa, e à transformação deste num homem violento.


O aparecimento de um amigo, uma espécie de alma gémea encontrada num "site" de encontros da internet, vem adensar ainda mais a desconfiança sobre esta mulher.
Será Lídia culpada ou inocente da morte do seu marido? Descubra este mistério.

"O Prazer de Guiar" de João Pedro Marques

Editor: Porto Editora

Sinopse: Raquel e João têm cerca de setenta anos de idade. Amaram-se na juventude e, em tempos idos, foram casados e criaram filhos em conjunto antes de a vida os ter afastado. O Prazer de Guiar é a história do seu reencontro e reaproximação. É, também, simultaneamente, um romance on the road, no qual o casal reencontrado vai viver uma aventura adolescente que lhe reabre os horizontes numa fase tardia da sua existência.

O palco da sua aventura é Portugal no ano de 2032, um tempo em que o progresso tecnológico trouxe muito bem-estar, mas em que, paradoxalmente, cerceou as liberdades individuais. Uma época cada vez mais automatizada e robotizada em que o Estado já codificou quase tudo, impôs regras e normas em várias áreas da vida colectiva, mas proibiu muitas coisas, nomeadamente a possibilidade de conduzir nas cidades e principais estradas do país.
Serão Raquel e João capazes de lutar por esse direito que lhes foi negado? Terão sucesso no desafio que lançaram às autoridades? E conseguirão contornar ou iludir a opressiva e omnipresente vigilância policial?


"O Método Lázaro" de Norman Lazarus

Editor: Pergaminho

Sinopse: Todos vamos viver mais - ou, pelo menos, mais do que pensamos. Numa sociedade marcada pela fobia do envelhecimento, temos a tendência para apagar das nossas mentes a ideia de como será a vida depois dos 65 anos. Mas segundo estimativas da OMS, em 2050 seremos mais de dois biliões de pessoas acima dos 60 anos; e, entre elas, 434 000 000 acima dos 80. Seremos muitos mas… estaremos bem?

A resposta chocante é que não. Apesar do aumento da esperança de vida, a correspondente qualidade de vida não se verifica. Se não nos prepararmos, o mais provável é começarmos a sofrer de doenças crónicas, a partir dos 60 anos, ficando dependentes de medicação não curativa (que apenas alivia sintomas) e de cuidados médicos cada vez mais prolongados.

Mas há boas notícias: tudo isto se pode prevenir - basta saber envelhecer bem. Com alguma informação, preparação e concentração, podemos prever e controlar os danos fisiológicos do envelhecimento. O Dr. Norman Lazarus é médico especialista na fisiologia do envelhecimento, e sabe bem do que fala; aos 84 anos, vive sem medicação e pratica corrida e ciclismo. Viver melhor até mais tarde não tem segredo - mas tem ciência. É essa ciência que o Dr. Lazarus revela, ao longo destas páginas. Com indicações práticas sobre escolhas acertadas de estilo de vida, sem curas «milagrosas» mas com muito bom senso, O Método Lázaro é um guia prático e informativo para manter a saúde física e mental a longo prazo - um verdadeiro investimento em si mesmo. Não acha que vale a pena?

"A Origem da Ciência - Como os filósofos do mundo medieval lançaram os fundamentos da ciência moderna" de James Hannam

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: «Se vi um pouco mais longe, foi por estar sobre os ombros de gigantes.»

Sir Isaac Newton

A Origem da Ciência é uma obra poderosa e fascinante que revela que as raízes da ciência moderna têm a sua origem no mundo medieval. James Hannam desmascara inúmeros mitos e celebra as conquistas científicas esquecidas da Idade Média, uma época de avanços e triunfos intelectuais incríveis.
Os europeus medievais inventaram os óculos, o relógio mecânico, o moinho de vento, lentes e câmaras, quase todo o tipo de maquinaria e lançaram as bases para uma das maiores conquistas da civilização ocidental, a ciência moderna.

Traçando uma jornada épica através de séculos de história, Hannam lança uma nova luz sobre as descobertas de génios como John Buridan, Nicole Oresme e Thomas Bradwardine, contextualizando as contribuições de figuras mais proeminentes como Roger Bacon, William de Ockham e São Tomás de Aquino.

Um livro extremamente útil para preencher o espaço vazio que a maioria tem sobre o desenvolvimento do pensamento científico e, como tal, uma obra essencial para todos os apaixonados por história, filosofia e ciência.

"A Mística do Arado - Busca de um Deus possível" de Adelino Ascenso

Editor: Paulinas Editora

Sinopse: A originalidade deste livro pode ser colhida nas palavras de abertura e na justificação da sua escrita: «Fazendo-me acreditar na vivência de uma teologia a partir da trivialidade da vida quotidiana, uma vez que a fé do cristão não é simples adesão a uma doutrina, mas uma forma concreta de vida e de inconformista procura, aqui se reúnem fragmentos [temporais e de lugares da vida do Autor] que, paulatinamente, se foram fusionando», levando-o à comunhão da sintética conclusão a que chegara E. Schillebeeckx: «Fora do mundo não há salvação!»


E, nada como o recurso à rudimentar e primária ferramenta do amanho dos solos - o arado - como pretexto metafórico de linguagem para o aprofundamento em terrenos de profundidade mística, ainda que surja como «desconcertante a [aparente] incapacidade do ser humano, para pensar com autenticidade, afundar-se no lodo da sua interioridade, na viscosidade das suas perdas e no escuro das suas cavernas sigilosas». Mas o leitor constatará, por si, tal como o Autor, que «há, porém, momentos e acontecimentos que estimulam de tal forma que não há fuga possível».

É um texto que exige releitura pausada..

"Dante. Uma Vida." de Alessandro Barbero

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: Apesar de ser considerado o maior poeta da língua italiana, popularizado pela sua monumental Divina Comédia, a vida de Dante Alighieri (1265-1321) permanece um mistério, e há aspetos que precisam de uma releitura. Esta é uma grande história sobre a beleza vivida. Alessandro Barbero segue Dante desde a adolescência como filho de um usurário, pertencendo já ao mundo dos nobres e dos escritores; depois, nos corredores escuros da política, onde os ideais são destruídos em face da realidade mesquinha do ódio partidário e da corrupção desenfreada; finalmente, nas peregrinações do exílio, onde o poeta descobre a variedade da Itália do século xiv, entre metrópoles comerciais, cortes de cavaleiros e conspirações. O livro aborda o vazio e o silêncio da incerteza de toda a vida de Dante, verificando como uma vida tão complexa e atribulada - feita de exílios e vinganças, de solidão e paixões - se reflete numa obra paradoxal, inovadora e fascinante pela quantidade de leituras que gerou e permitiu ao longo dos últimos séculos.


Quando se assinalam os 700 anos da morte de Dante Alighieri, o maior dos poetas italianos e um dos nomes centrais do cânone ocidental e da nossa tradição literária, a Quetzal publica uma biografia notável, clara, simples e cuidada.

"O Corcunda de Notre-Dame" de Victor Hugo

Editor: Porto Editora

Sinopse: Era uma vez o belo e o disforme…

Numa Paris medieval, a beleza da jovem Esmeralda desperta paixões nos corações de todos, incluindo mendigos, guardas e arquidiáconos. A Catedral de Notre-Dame serve como palco de uma luta entre as diferentes classes sociais, que culmina no rapto de Esmeralda e na loucura do corcunda Quasimodo.

Clássicos Hoje é uma coleção inspirada por toda a luz antiga e moderna: nela cabem as maiores obras da literatura de todos os tempos, ilustradas por grandes nomes da arte contemporânea.

"Guerra - Como Moldou a História da Humanidade" de Margaret MacMillan

Editor: Temas e Debates

Sinopse: Será a paz uma exceção? O instinto de lutar poderá ser inato à natureza humana, mas a guerra - violência organizada - acontece na sociedade organizada. A guerra moldou a história da humanidade, as suas instituições sociais e políticas, valores e ideias. Margaret MacMillan, autora do best-seller A Guerra que Acabou com a Paz, apresenta a sua visão pessoal da guerra como uma componente essencial da humanidade.


Analisando as consequências das guerras ao longo da história, da Antiguidade ao presente, a autora revela as muitas faces da guerra: o modo como define o nosso passado, o nosso futuro, a nossa mundivisão e a forma como nos vemos a nós próprios.

"Não te Volto a Dizer! - Como educar com amor e disciplina" de Paulo Oom

Editor: Matéria Prima

Sinopse: Todos sabemos que educar uma criança não é tarefa fácil. Mas a verdade é que a disciplina, bem aplicada, é um instrumento fundamental para ajudar a criança a crescer e a ser mais feliz na idade adulta. É também verdade que ninguém nasce a saber como educar outro ser humano. Os pais precisam de ajuda e de orientações, até porque todas as crianças são diferentes não só têm personalidades diferentes como têm comportamentos e reações distintas.


Apesar de não haver uma formula mágica da disciplina, existem regras e conselhos que podem evitar o desgaste diário da relação entre pais e filhos e que ajudam a acabar com as birras, os gritos, as discussões intermináveis, a resistência em comer ou em dormir, entre muitos outros problemas comuns à maioria dos pais.

Em Não te Volto a Dizer!, Paulo Oom explica como esta difícil tarefa de educar e disciplinar pode tornar se mais fácil e, acima de tudo, mais eficaz.

"Como Defender a Fé sem Levantar a Voz - Respostas civilizadas a perguntas desafiantes" de Austen Ivereigh

Editor: Paulinas Editora

Sinopse: Publicado em sete idiomas e com uma dezena de edições, temos em mão um conjunto de valiosos textos da autoria do periodista e vaticanista britânico Austen Ivereigh, a que foram aditados também uns quantos contributos de autores portugueses, em ação coordenada por Pedro Gil.


- Como compatibilizar o questionamento do Papa, acerca do bom acolhimento que a Igreja deve mostrar no trato com os homossexuais, quando afirma: «Quem sou eu para julgar?»
- e a postura dos católicos ao aceitarem na infalibilidade papal e que o Papa foi escolhido pelo Espírito Santo?
- Jesus sempre condenou a hipocrisia dos legalismos formais, porém, a Igreja, contrastantemente, é apontada como sempre pronta para aprovar a conformidade legal dos comportamentos, e para reprovar as normais decisões, se assumidas em discordância.

Estas são algumas das questões de natural premência que aqui se refletem e para as quais se apresentam esclarecedoras respostas. Mas do conjunto argumentativo colhe-se um eficiente e desafiador conselho, que se resume na seguinte atitude proativa: «Quando a Igreja aparece nas notícias, há pessoas que se espantam, outras que se indignam e até algumas que se escandalizam; mas, nesse momento, toda a gente está verdadeiramente interessada e disposta a ouvir-te. Aprende a tirar partido dessas situações. Tal como o projeto, o livro tem uma mensagem simples: quando os focos da controvérsia se centrarem em ti, não os desvies nem te escondas - toma-os como uma oportunidade. Não te escondas - prepara-te. É para isso que serve este livro.»

"Viagens pelo Mundo - Um Guia Irreverente" de Anthony Bourdain e Laurie Woolever

Editor: Casa das Letras

Sinopse: Anthony Bourdain viu mais do mundo que qualquer outro. As suas viagens levaram-no aos lugares escondidos da sua cidade natal, Nova Iorque, a casas tribais em Bornéu; da cosmopolita Buenos Aires, Paris e Changai, até à beleza da Tanzânia e à deslumbrante solidão do deserto de Omã - e muitos outros lugares.


Neste livro, a experiência de uma vida é compilada num guia de viagens interessante, prático, divertido e irreverente, que oferece aos leitores uma introdução a alguns dos sítios preferidos de Bourdain. Incluindo conselhos essenciais sobre como chegar, o que comer, onde ficar e, nalguns casos, o que evitar, Viagens pelo Mundo fornece contexto essencial que ajudará os seus leitores a compreender as razões por que Bourdain considerava um local encantador e memorável.

As palavras de Bourdain são complementadas com alguns textos escritos por amigos, colegas e familiares, que relatam inúmeras histórias, incluindo relatos sardónicos de viagens com Bourdain pelo seu irmão, Christopher. Todos enriquecidos com as ilustrações de Wesley Allsbrook.

Para viajantes veteranos, entusiastas da poltrona, Viagens pelo Mundo oferece a oportunidade de experienciar o mundo como Anthony Bourdain.

"Alfredo Quintana - Um guerreiro extraordinário" de Joana Moreira, Rui Guimarães e Ana Filipa Gomes

Editor: Ideias de Ler

Sinopse: Das ruas de Havana onde brincava com o irmão gémeo até aos principais palcos do andebol mundial, Alfredo Quintana viveu 32 anos marcados pela conquista de muitos sonhos improváveis.

Esta é uma história de conquistas e resiliência. De uma vida pontuada por tentativas de fuga e habilidades para contornar as amarras do regime cubano, até à adaptação perfeita a uma nova realidade, à conquista de muitos troféus e defesas impossíveis. E é, também, uma história de amor: pela terra natal, por um novo país, por um clube e pela família que soube construir e que era a fonte das maiores alegrias.
É a história de um guerreiro extraordinário.
A totalidade dos direitos de autor reverte a favor da família de Alfredo Quintana.


"Notas sobre um Naufrágio" de Davide Enia

Editor: Dom Quixote

Sinopse: «Este livro é um romance. Conta o que está a acontecer no Mediterrâneo - as travessias, os salvamentos, os desembarques, as mortes - e fala da relação entre mim e o meu pai, abordando ainda a doença do meu tio, seu irmão.» É assim que Davide Enia apresenta Notas Sobre um Naufrágio, um livro que parte da sua experiência em Lampedusa, lugar de um naufrágio simultaneamente individual e coletivo.


De um lado, estão os que atravessaram vários países, e depois o mar, para chegarem à Europa em condições inimagináveis - rapazes feridos e nus, raparigas estupradas e grávidas, crianças e adultos que viram morrer familiares durante a travessia. Do outro, homens e mulheres que os ajudam a desembarcar - voluntários, mergulhadores, pessoal médico, a Guarda Costeira… No meio, o autor, para os ouvir a todos e contar sem paninhos quentes o que realmente acontece em terra e no mar e como as palavras são manifestamente insuficientes para compreender os paradoxos do presente.


"Lady Whistledown Tem Algo a Dizer" de Julia Quinn, Mia Ryan, Suzanne Enoch e Karen Hawkins

Editor: Edições Asa

Sinopse: Lady Whistledown revela tudo… em 4 histórias escandalosamente românticas!


Ao ler sobre o comportamento menos próprio da sua noiva na crónica de mexericos de Lady Whistledown, um (muito ansioso) noivo apressa-se a viajar até Londres para a conquistar de uma vez por todas… E o que acontece quando um conhecido patife (e eterno mulherengo) se apercebe de que a sua melhor (e única) amiga está de olho… noutra pessoa?

Depois de ser expulsa do seu lar por um insuportável (e irresistível) marquês, uma jovem descobre que ele não tenciona apenas tomar posse da casa… pretende possuí-la a ela também!

 A alta-sociedade fica ao rubro quando a debutante mais promissora da temporada é rejeitada pelo seu prometido - para depois ser arrebatada por nada menos do que… o irmão dele! 

Quatro autoras de renome escrevem quatro histórias de amor, todas elas interligadas por personagens e enredos comuns. A cereja no topo do bolo? Cada história é iniciada por Lady Whistledown e a sua imperdível coluna de mexericos e (escandalosas) revelações…



cardapio.pt @ 15-9-2021 17:34:41


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros