Novidades Livros (13 a 19 de janeiro de 2022)

cardapio.pt @ 12-1-2022 15:48:06

"Momento Final" de Robert Bryndza

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: A investigação de Kate Marshall sobre o desaparecimento de uma jornalista há quase treze anos leva-a por um caminho inesperadamente retorcido, num thriller genial e intenso.

Kate Marshall e o seu parceiro, Tristan Harper, entram no terreno quando são contratados para investigar um caso arquivado, decorrido há mais de uma década. Uma jovem jornalista chamada Joanna Duncan desapareceu depois de denunciar um caso cujo escândalo político teve grandes repercussões. O mistério nunca foi resolvido e ela nunca foi encontrada. A maior parte das pessoas seguiu em frente. Exceto a mãe de Joanna.

Quando conseguem aceder aos arquivos originais do processo, Kate e Tristan começam a seguir as pistas deixadas pela investigação anterior. Mas, ao contrário dos que lhes antecederam, descobrem entre os pertences de Joanna os nomes de mais dois outros jovens que desapareceram sem deixar rasto.
Enquanto tentam reconstituir os últimos dias destas três pessoas desaparecidas, Kate e Tristan percebem que talvez Joanna tenha descoberto algo ainda mais sinistro do que um escândalo político: a identidade de um assassino em série que se move à vista de todos sem nunca ser apanhado.

"A Menina e a Gata" de Mala Kacenberg

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Tendo crescido na pequena cidade polaca de Tarnogród, nas imediações de uma densa floresta, Mala Szorer teve uma infância feliz e despreocupada no seio de uma família judaica. Mas aos 12 anos, com a invasão alemã, a sua cidade torna-se um gueto e a sua família e amigos são reduzidos à pobreza extrema e à fome. Mala decide resolver o problema sozinha: corajosamente, arranca a sua estrela amarela e arrisca a vida ao fugir para as aldeias vizinhas para tentar obter comida.


No caminho de regresso, assiste à deportação dos seus entes mais queridos. Para sobreviver, Mala afasta-se de tudo aquilo que ama e vai viver sozinha na floresta, escondendo-se dos nazis e dos aldeões hostis. Mala é seguida pela sua gata, que a acompanha e parece vir em seu socorro - milagrosamente - uma e outra vez. Malach, a gata, torna-se a sua família e o seu único refúgio na solidão, um guia e uma luz para manter a esperança, mesmo perante a mais insondável escuridão.

"O Livro de Areia" de Jorge Luis Borges

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: Publicado em 1975, esta é a derradeira coletânea de contos de Borges. A primeira das histórias aqui reunidas retoma o tema do duplo: os protagonistas de «O outro» são diferentes o suficiente para serem dois e semelhantes o suficiente para serem um. «Ulrica» é a história de um amor fugaz. «O Congresso» descreve uma empresa tão vasta que se confunde com o cosmos e com a soma dos dias. «Undr» e «O espelho e a máscara» são histórias sobre literaturas seculares que consistem numa única palavra, enquanto outras peças imaginam objetos inconcebíveis como um livro com páginas infinitas — um volume imprevisível e ao mesmo tempo monstruoso: o livro de areia, que tomará o tempo e a memória do leitor para sempre.

"A Arte de Vencer uma Discussão Sem Precisar de ter Razão" de Arthur Schopenhauer

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: 
Acontece com frequência uma pessoa estar objetivamente certa e, no entanto, aos olhos dos outros e, às vezes, aos seus próprios, sair-se pior numa discussão, sendo confundida ou refutada por argumentos meramente superficiais. Por exemplo, apresenta uma prova de alguma afirmação, mas o seu adversário refuta-a e, assim, parece ter refutado a afirmação para a qual, no entanto, pode haver outras provas. Neste caso, é claro, o adversário e a pessoa trocam de lugar - ele sai-se melhor, embora, na verdade, esteja errado.

Assim, a vitória numa disputa deve-se muitas vezes não tanto à correção de um julgamento ao declarar uma afirmação, mas sim à astúcia e à argumentação com que ela foi defendida.
Se o leitor perguntar como é que isto acontece, respondemos que é simplesmente a vileza natural da natureza humana. Se a natureza humana fosse inteiramente honrada, não deveríamos, em nenhum debate, ter outro objetivo que não a descoberta da verdade.

Para vencer uma discussão não é fundamental ter razão, é apenas necessária a arte e o engenho de refutar as afirmações do adversário e conduzir a audiência a tomar o seu partido.
A Arte de Vencer uma Discussão Sem Precisar de Ter Razão é a arte de disputar uma conversa de modo a ganhar a contenda mantendo o seu ponto de vista, independentemente de estar certo ou errado.
Arthur Schopenhauer propõe explicar de que maneira podemos fazer com que as nossas ideias tenham sucesso apesar da sua falsidade ou da sua inconsistência.

O filósofo precursor do pessimismo aponta que a verdade objetiva de uma afirmação e a sua aprovação por aqueles que a discutem não são a mesma coisa. Devido à perversidade natural do ser humano, nas disputas quotidianas, de facto, o objetivo não é a descoberta da verdade, mas sim o desejo fútil de ter razão.

"A Creche Judaica" de Elle van Rijn

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Amesterdão, anos 1942 e 1943. A Creche Judaica foi transformada pelos alemães num espaço para onde as crianças judias são encaminhadas - e lá aguardam o transporte para os campos. Betty Oudkerk, uma jovem de 17 anos, e as amigas - todas trabalhadoras na Creche Judaica - recusam-se a aceitar o destino que os nazis querem dar àqueles meninos e meninas. Enquanto nas ruas da cidade o dia a dia dos judeus se torna cada vez mais assustador, estas mulheres põem em ação um plano para salvar mais de seiscentas crianças da deportação anunciada. Contra tudo e contra todos, sob as indicações de Henriette Pimentel, diretora da Creche, escolhem pôr em risco as suas próprias vidas para salvar centenas de inocentes.


Esta é uma extraordinária história de resistência, protagonizada por mulheres destemidas que lutaram dia e noite para a maior dádiva de todas: a vida das crianças - a possibilidade de futuro.

"Tudo o que Pensar, Pense o Contrário" de Paul Arden

Editor: Clube do Autor

Sinopse: O segredo para triunfar reside em pensar o contrário daquilo que primeiro nos vem à cabeça e ser capaz de nadar contra a corrente.


Tudo o que pensar, pense ao contrário é um livro inspirador e revolucionário, capaz de provocar uma rutura na sua forma habitual de pensar. E dar-lhe-á a confiança necessária para assumir riscos maiores e desfrutar do seu trabalho mais do que imagina.
Tudo o que pensar, pense ao contrário é uma audaciosa abordagem ao modo como habitualmente encaramos o trabalho e o nosso mundo. Paul Arden apresenta neste livro observações espirituosas, aforismos e paradoxos ousados, deixando de lado qualquer conselho enfadonho — tudo isto com o objetivo de questionar o que se considera o «senso comum».

"Mrs. Dalloway" de Virginia Woolf

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Romance sobre o tempo e a desconexão da existência humana, Mrs. Dalloway faz coexistir, não só na mente das personagens que integram a obra mas também nas suas páginas, o passado, o presente e o futuro, lembrando o leitor que o tempo atual é influenciado pelo que o antecedeu e pelo que lhe sobrevirá.

Centrado em Clarissa Dalloway e ambientado no período pós Primeira Guerra Mundial, o livro eleito por Teresa Patrício Gouveia para a Coleção Os Livros da Minha Vida reflete, na verdade, a história da crise de um indivíduo, de uma classe, de uma sociedade e do próprio romance.

"Ready Player Two - A sequela de Ready Player One" de Ernest Cline

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Dias depois do fim do concurso lançado pelo fundador do OASIS, Wade Watts faz uma descoberta bombástica no cofre de James Halliday: há uma tecnologia capaz de alterar a natureza da existência humana para sempre ? e vai piorar ainda mais as coisas, provavelmente.


A Interface Neural OASIS, ou ONI, é um dispositivo que permite ao utilizador usar os cinco sentidos no ambiente virtual e controlar o seu avatar apenas com o pensamento. Além disso, pode gravar as suas experiências no mundo real e permitir que outras pessoas as revivam. Sim, a ONI é revolucionária, mas o OASIS está agora mais viciante e perigoso do que nunca.

É assim que começa uma nova missão, a caça ao último ovo de Páscoa deixado por Halliday. Na luta pelo misterioso prémio, Wade e os companheiros vão enfrentar um inimigo inesperado e extremamente poderoso ? disposto a matar milhões para conseguir o que quer - e muitos outros desafios e obstáculos. A vida de Wade e o futuro do OASIS estão de novo em risco, mas a humanidade pode ser a maior vítima desta guerra cada vez mais real.

Criativo, eletrizante e cheio de referências da cultura pop dos anos 1980 e do universo nerd, Ready Player Two vai surpreender os leitores com uma nova e futurista aventura, que chegará também ao grande ecrã.

"O Sem Pavor" de António da Costa Neves

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Em 1146, o jovem Geraldo, aprendiz dos copistas do convento de Santa Cruz, deita fogo ao Scriptorium num ato de rebeldia, sendo obrigado a fugir à ira do recentemente coroado D. Afonso Henriques. Errando pelo al-Andaluz, assimila a cultura muçulmana enquanto veste o papel de agente duplo, mantendo-se leal ao rei português e à Reconquista Cristã na esperança de receber o perdão pelos seus atos e deixar um legado de honra ao seu filho.


Exímio cavaleiro e homem letrado, Geraldo Sem Pavor torna-se num herói invejado e capaz de liderar vastos exércitos. Ao longo dos anos seguintes, «o cão do Giraldo», como era tratado pelos muçulmanos, conquista territórios, desafiando sempre o poder dos almóadas com os seus homens que, de um simples bando de ladrões, se viriam a transformar num verdadeiro exército organizado de cavaleiros-vilãos.

Repleta de estratégia militar, intriga política e batalhas sangrentas, esta é a história do perspicaz e astuto Geraldo Geraldes, o Sem Pavor, um simples moçárabe de Santarém feito cavaleiro na época da Reconquista Cristã, e da sua ascensão a lenda. Prémio Literário Cidade de Almada - 2020

"O Livro do Oráculo" de Georgia Routsis Savas

Editor: Albatroz

Sinopse: “O que devo fazer?”, “Isto irá acontecer?”, são perguntas que a qualquer momento o podem inquietar. O Livro do Oráculo orienta-o a chegar às respostas que já se encontram dentro de si.

Tudo o que precisa é de alguns minutos e manter a mente aberta. Segure no livro com as duas mãos e faça algumas respirações profundas e purificadoras. Concentre-se numa pergunta em que a resposta seja sim ou não. Quando a pergunta estiver bem definida na sua mente, diga-a uma vez (em silêncio ou em voz alta). Deslize o polegar pelas páginas e, quando sentir que está no lugar certo, abra o livro. Aí encontrará a resposta.
Às vezes, a mensagem faz sentido de imediato. Outras vezes, o conselho irá parecer vago. Preste atenção à forma como faz a pergunta. Uma questão imprecisa (ou uma mente insegura) resulta sempre numa resposta pouco clara. Quanto mais usar esta ferramenta, mais aperfeiçoará a sua intuição.
Deixe-se guiar por este oráculo misterioso que reúne várias artes divinatórias, tanto antigas como modernas, com previsões oriundas da astrologia, das cartas do Tarot, das folhas de chá, da cartomancia, dos dados, da cristalomancia, da quiromancia e dos poderes psíquicos.

"Ocorrências na Irrealidade Imediata" de Max Blecher;

Editor: E-primatur

Sinopse: Uma novela de culto sobre como a juventude pode absorver o mundo sem filtros.

Max Blecher foi um meteorito na cena literária internacional. Depois de uma vida que o manteve preso a uma cama e praticamente imobilizado, faleceu com 28 anos.

O clássico de culto que se traduz a partir do original romeno e pela primeira vez se publica em Portugal é uma novela de juventude na qual um narrador absorve o mundo sem o filtro das convenções sociais. De uma forma bruta e por vezes visceral, o jovem narrador parece desprovido de uma camada protectora (como o autor, sujeito pela doença ao impacto que qualquer experiência) e recebe o mundo como experiência pura ao mesmo tempo que essa experiência dá origem a sonhos do que poderá ser a sua vida futura.

Uma obra única que se tornou um clássico de culto traduzido em dezenas de línguas e apreciado por alguns dos maiores escritores do século XX.

Este livro recebeu em 2013 o prémio francês Nocturna que tem por finalidade destacar obras literárias de todos os quadrantes que tenham caído no esquecimento e mereçam a ribalta literária.

"Otimismo e Saúde" de Luis Rojas Marcos

Editor: Pergaminho

Sinopse: Otimismo não é «ver o copo meio cheio»; é acreditar que temos as capacidades para encher o copo até cima - e as forças para desenvolver essas capacidades.

No seu mais recente livro, o psiquiatra e autor de bestsellers Luis Rojas Marcos demonstra como sentir e pensar positivo é um investimento sumamente rentável para desenvolver ao máximo a nossa capacidade de sermos felizes e saudáveis. Para além de elencar os ingredientes que distinguem o otimismo do pessimismo e de explorar as forças que moldam o nosso comportamento, o autor oferece estratégias eficazes para fomentar o otimismo ao mesmo tempo que examina a sua influência nos relacionamentos, no desempenho e, sobretudo, na saúde.

"Elementar, Meu Caro Stilton!" de Geronimo Stilton

Editor: Editorial Presença

Sinopse: A jovem Ginger desapareceu e os seus pais estão muito preocupados. Felizmente, temos Sherlocco e Geronimo para investigar... porque, apesar de não faltarem suspeitos, a solução não é nada fácil de encontrar!

Na misteriosa cidade de Ratington, onde a chuva cai sem parar, há uma estranha agência de detetives, na Rua das Intrigas, nº 13. Lá, o grande e extravagante Sherlocco escolhe os casos mais interessantes para investigar, acompanhado pelo seu fiel Assistente Investigador, Geronimo Stilton.

Entre pistas, provas e hipotéticos culpados, é impossível que não se desvende o mistério… porque Sherlocco não é nenhum pataroco! Vem daí com eles!

"A Maldição dos Dain" de Dashiell Hammett

Editor: Livros do Brasil

Sinopse: Tudo indicava, desde o começo, que o roubo do diamante dos Leggett tinha sido arquitetado no seio da própria família: as descrições atabalhoadas do evento, os testemunhos contraditórios, pistas claras para deixarem o enigmático detetive Continental Op desconfiado. Quando Gabrielle Dain Leggett, a bela e rica herdeira, desaparece sem aviso prévio, todas as atenções da investigação se voltam naturalmente para ela. A cada passo dado, um fio negro de manipulações e mentiras começa a desenlaçar-se, enquanto à volta da jovem parece existir uma maldição que assassina com violência os que a cercam. Trata-se de um esconjuro familiar ou de facto de algo muito mais humano e perigoso? Publicado originalmente em 1929, A Maldição dos Dain é um dos mais emocionantes policiais escritos pelo mestre Dashiell Hammett.

"O Adolescente" de Fiódor Dostoiévski

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Escrito na primeira pessoa, O Adolescente (1874-1875) narra a história de um filho ilegítimo que cresceu entre estranhos, atormentado por uma existência parental dupla - o pai biológico e o marido da sua mãe, que lhe deu o nome, vindos de estratos sociais muito diferentes.


Símbolo do herói humilhado e ofendido, Arkádi, de dezanove anos, é o protagonista desta espécie de educação sentimental, uma complexa teia de contradições que o dividem e trazem até nós os grandes temas de Dostoiévski: a luta entre o bem e o mal, a luz e as trevas, a degradação moral inerente à condição humana e a possibilidade de redenção. Romance menos conhecido dos longos cinco escritos pelo autor entre 1866 e 1880, o seu período de plena maturidade literária, O Adolescente espelha os sinais terríveis daquelas dicotomias na sociedade russa de meados do século XIX.

"Conferências e Discursos" de Albert Camus

Editor: Livros do Brasil

Sinopse: Este volume reúne os trinta e quatro textos de que há registo proferidos publicamente por Albert Camus. Com exceção da reflexão sobre «a nova cultura mediterrânica», de 1937, todas estas comunicações foram realizadas no pós-guerra, resultado de solicitações que se foram multiplicando à medida que crescia a notoriedade do escritor e a vontade de ouvir o seu ponto de vista sobre as mudanças mundiais em marcha. Convicto da necessidade de «transformar o ódio em desejo de justiça», Camus depõe nos seus discursos um apelo para combater a infelicidade do mundo através de uma união fraterna entre os povos, sendo que a cada indivíduo caberá a sua parte, inclusive ao escritor. Como sublinhou: «Prefiro os homens empenhados às literaturas empenhadas. Coragem na vida e talento nas obras, já não é assim tão mau.» Este poderoso conjunto das suas palavras públicas é agora, pela primeira vez, publicado em Portugal.

"Uma Abelha na Chuva" de Carlos de Oliveira

Editor: Assírio e Alvim

Sinopse: Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.


Álvaro Rodrigues Silvestre vive um casamento falhado e estéril, gerado pela conveniência de antigos interesses familiares, na pequena aldeia de Montouro, espaço provinciano onde todas as biografias se cruzam e coscuvilham vidas alheias. Enquanto uns esperam a benevolência dos dias para revelar segredos do passado, outros entrevêem a oportunidade certeira para silenciá-los de uma vez por todas. Assim, levada pela chuva e lama de um Outono implacável, a vida dos protagonistas da terra afunda-se num ciclo trágico de mentiras, vingança e amores frustrados, que põe a nu a estrutura social do Portugal pobre e desamparado do século xx. Uma Abelha na Chuva viria a dar origem ao filme homónimo do realizador Fernando Lopes e está recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para leitura autónoma no Ensino Secundário.

"Morte no Estádio" de Francisco José Viegas

Editor: Porto Editora

Sinopse: Um famoso futebolista do FC Porto é assassinado num bar irlandês em plena Foz. Para Jaime Ramos, inspetor da Polícia Judiciária do Porto, e Filipe Castanheira, que interrompe um exílio autoimposto nos Açores, há vários implicados no crime: Alexandra, a mulher da vítima, Susana, casada com outro futebolista e amante do morto, Serafim, o amante da amante, e outras figuras mais ou menos sombrias que evocam as relações obscuras do mundo do futebol. Enquanto as investigações decorrem, vão emergindo as muitas paixões que envolvem todas as personagens — a de Jaime Ramos e de Filipe Castanheira pela comida; a de Jorge Alonso, o dono do bar irlandês, pela Irlanda, e de quase todos pelo futebol – suposto móbil do livro. São essas paixões que acabam por dar sentido à falta de sentido da vida.

Este é o romance onde, em 1991, aparecia pela primeira vez o inspetor Jaime Ramos — que, ao longo de trinta anos, tem sido personagem de livros como Longe de Manaus, A Luz de Pequim ou O Mar em Casablanca, ou A Poeira que Cai Sobre a Terra Outras Histórias de Jaime Ramos, entre outros.

"Renascer - Diários e apontamentos 1947-1963" de Susan Sontag

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: Esta seleção dos diários e apontamentos de Susan Sontag inicia-se com entradas dos anos da adolescência, em 1947, atravessa os anos da faculdade, as primeiras experiências na escrita, a sua formação sexual e emocional, e acaba em 1963, quando Sontag era já plena participante e observadora da vida intelectual e artística da cidade de Nova Iorque.


Renascer é um autorretrato caleidoscópico de uma das maiores escritoras e pensadoras norte-americanas do século xx, dona de uma curiosidade voraz e de uma enorme apetência pela vida. Através deste livro testemunhamos a complexidade da sua jovem consciência, partilhamos os encontros com autores (escritores, realizadores, pensadores) que ajudaram a formar o seu pensamento, e somos arrebatados para o profundo desafio que constitui a escrita em si.

Um relato profundamente honesto de como nasce a artista e a crítica — e do supremo ato de vontade que a torna uma das mais influentes intelectuais do nosso tempo.

"Uma História de Extremos - Do colapso da Idade do Bronze aos quase acidentes nucleares" de Dan Carlin

Editor: Temas e Debates

Sinopse: Será que os tempos duros tornam as pessoas mais duras? Conseguirá a humanidade lidar com o poder das suas armas sem se autodestruir? Será que as capacidades humanas, o conhecimento e a tecnologia podem regredir? Correremos o risco de o nosso mundo se transformar numa ruína que os arqueólogos do futuro irão desenterrar e estudar? Ninguém conhece as respostas a estas perguntas, mas também ninguém as formula de maneira mais interessante do que Dan Carlin.


O famoso podcaster Dan Carlin faz uso do seu talento de narrador para empreender uma digressão pela história, do colapso da Idade do Bronze aos desafios da era nuclear, mostrando-nos que a questão central da sobrevivência, qual espada de Dâmocles, tem pairado sobre a humanidade ao longo de toda a sua existência.

"Caminhos do Amor - Livro um da trilogia Primos O’Dwyer - Livro de bolso" de Nora Roberts

Editor: 11 x 17

Sinopse: Iona Sheehan sempre ansiou pela devoção e aceitação dos pais, mas só na terra da avó recebeu os dois: Irlanda, país de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias, onde o sangue e a magia dos antepassados fluem há gerações.

Iona chega à Irlanda apenas com as indicações da avó, uma atitude otimista perante a vida e um talento inato com cavalos. Perto do castelo luxuoso onde está hospedada, encontra os seus primos, Branna e Connor O’Dwyer. E como família é família, eles convidam-na para a sua casa e para as suas vidas. Quando arranja emprego nos estábulos locais e conhece o dono, Boyle McGrath, todas as fantasias de Iona se reúnem num só homem. Será que com ele vai conseguir viver a vida com que sempre sonhou? Infelizmente, nada é o que parece. Um mal antigo espalhou-se na sua família e tem de ser combatido. E quando família e amigos lutam entre si, será possível encontrar os caminhos do amor?

"E Quando te Conheci" de Estelle Maskame

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Mila: 16 anos, uma miúda de LA, em tudo normal. Quer dizer, à exceção do pai, que é um dos atores mais procurados pela indústria do cinema. E agora, com o novo filme quase a estrear, as asneiras que Mila tem feito e que inundam os media não podem continuar.


Adeus, Mila. Os pais mandam-na para uma pequena cidade no Tennessee. É verão, está no meio do nada - o que pode acontecer? Blake, o filho do presidente da câmara - acontece.
Blake percebe logo como pode mexer com Mila. E percebe o que ela sente, o que se passa por causa dos pais… Talvez estes dois tenham mais em comum do que qualquer um deles quer admitir.
E Quando Te Conheci é uma história de amizade, dramas familiares e amor. Durante um longo e quente verão, entramos na vida de Mila e Blake e mal podemos esperar pela continuação desta trilogia.

"Ás de Espadas" de Faridah Àbíké-Íyímídé

Editor: Desrotina

Sinopse: Quando dois alunos da elitista escola privada Niveus, Devon Richards e Chiamaka Adebayo, são selecionados para fazer parte dos delegados de turma, parece que o seu ano está a começar da melhor maneira. Afinal, não só fica ótimo no currículo para a faculdade, como os coloca oficialmente na corrida para orador de final de ano.

Porém, logo após o anúncio ser feito, alguém intitulado Ases começa a enviar mensagens de texto anónimas para revelar segredos sobre os dois que viram as suas vidas de cabeça para baixo e ameaçam os seus futuros cuidadosamente planeados.
O Ases não dá sinais de querer parar, e o que parecia uma brincadeira doentia, rapidamente se transforma num jogo perigoso, com todas as cartas contra eles. Serão Devon e Chiamaka capazes de pará-lo antes que as coisas se tornem incrivelmente mortais?

O primeiro livro de Faridah Àbíké-Íyímídé é da mais pura atualidade: está repleto de camadas, de sexualidade, de homofobia, de racismo institucionalizado, de ódio, de supremacias, porém também de coragem, de amor pelas pessoas, pelas causas. Ás de Espadas é um trunfo no jogo das nossas mentalidades.


"Arsène Lupin: O Triângulo de Ouro" de Maurice Leblanc

Editor: Cultura Editora

Sinopse: Um mutilado de guerra, Patrice Belval, e Coralie, uma jovem enfermeira casada com um riquíssimo banqueiro, veem-se envolvidos, em plena Primeira Guerra Mundial, nas pontas soltas de uma conspiração que envolve reservas de ouro da França e um intrincado mistério relativamente ao paradeiro dessa fortuna.

O caso, entre episódios de extrema violência e crime, parece impossível de resolver. Será? Talvez para muitos, sim, mas não para Arsène Lupin.
Mas onde andará ele, se dizem até que morreu ao saltar de um penhasco? Ou, até, quem será ele, se na verdade consegue disfarçar-se como ninguém? No início deste conto, Lupin é quase só uma memória...

Dentro do seu muito próprio código de honra, o cavalheiro-ladrão, o anti-herói de todos os truques e suprema inteligência, aparecerá - descansem... - para resolver o problema. Não, porém, sem um interesse particular pelo meio.

"A Senhora da Magia As Brumas de Avalon - Livro 1" de Marion Zimmer Bradley

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Morgaine é ainda uma criança quando testemunha a ascensão de Uther Pendragon ao trono de Camelot. Uther deseja Igraine, a mãe de Morgaine, presa a um casamento infeliz com Gorlois.

Através da sua sacerdotisa Viviane, Avalon conspira para unir Uther e Igraine e, dessa aliança, nascerá Arthur, a criança destinada a salvar as Ilhas. Morgaine, dotada com a Visão, é levada por Viviane para Avalon, para receber treino como sacerdotisa da Grande Deusa. É então que assiste ao despertar das tensões entre o velho mundo pagão e a nova religião cristã.
O que Morgaine desconhece é que o destino irá armar-lhe uma cilada e pô-la, de novo, no caminho do meio-irmão Arthur da forma que menos espera…

"Conversas com Deus - Livro 1" de Neale Donald Walsch

Editor: Albatroz

Sinopse: Deus foi ao seu encontro de muitas formas na sua vida, e esta é mais uma.

Quantas vezes ouviu o velho ditado «Quando o aluno estiver pronto, o professor aparece»?
Este livro é o nosso professor.
– NEALE DONALD WALSCH

Imagine que tinha uma longa e honesta conversa com Deus. E que, nessa conversa, abordava os temas que mais o inquietam, animam, alegram e entristecem. E imagine que Deus respondia claramente às suas perguntas…
Em Conversas com Deus, o mestre em espiritualidade Neale Donald Walsch partilha o diálogo, ao mesmo tempo profundo e descontraído, que manteve com Deus, ao longo de anos, sobre os maiores problemas que afligem a humanidade, e revela como essa conversa foi – e é – possível.
Este livro, um clássico que mudou a vida de milhões de pessoas, é uma dádiva para aqueles que gostam de fazer perguntas e que realmente querem saber as respostas, que procuram a verdade com o coração sincero, a alma ansiosa e a mente aberta.

"Milhões a Voar - As mentiras que nos contaram sobre a TAP" de Carlos Guimarães Pinto e André Pinção Lucas

Editor: Alêtheia Editores

Sinopse: Este livro, o primeiro da coleção +Liberdade, que a Alêtheia inicia numa parceria com o Instituto Mais Liberdade, desconstrói, um por um, todos os argumentos que têm sido usados pelos responsáveis políticos para justificar a injeção de dinheiro na TAP. Serão injetados, no mínimo, cerca de 400 euros por português ou 800 euros por cada português trabalhador. A justificação que tem sido dada para uma das maiores injeções de sempre do Estado em empresas foca-se no caráter imprescindível da companhia aérea para a economia, para o emprego, para o turismo e até para a soberania nacional. Mas será mesmo assim? Seria mesmo um desastre para o país não injetar dinheiro dos contribuintes na TAP? Ou será que o desastre é avançar com a injeção? O que aconteceu noutros países que deixaram cair a sua companhia aérea de bandeira quando estava em circunstâncias semelhantes às da TAP?


Neste livro, os autores fazem as contas em detalhe para perceber se os argumentos utilizados pelos governantes têm correspondência com a realidade. Sem grande surpresa, os autores descobrem que toda a narrativa é desmentida pelos números, pelos factos.

"Faz as Pazes com a Comida - Aprende a comer sem culpa, ansiedade ou descontrolo" de Joana Amaral

Editor: Manuscrito Editora

Sinopse: Se procuras uma nova dieta… então este livro não é para ti.

E se fosse possível comer o que adoras sem ansiedade, culpa ou exagero? E se tivesses a capacidade de te alimentares de forma a sentires-te bem física e emocionalmente, sem qualquer dieta ou restrição? E se neste processo atingisses o teu peso naturalmente saudável e o exercício físico até começasse a soar interessante? E se conseguisses escapar da prisão em que vives com a comida e ser feliz?

Parece utopia, mas não é - Joana Amaral sabe disso na primeira pessoa. Depois de anos a viver obcecada com a comida e com o ginásio, a odiar a sua forma física e a comer de forma tão descontrolada quanto restritiva, descobriu a Alimentação Intuitiva. A autora integrou este método na sua prática profissional, quer na vertente da alimentação quer no exercício, e hoje ajuda os seus clientes a fazerem as pazes com o corpo e a comida.

· Desfruta da comida sem exageros, ansiedade ou culpa.
· Lida com situações difíceis sem recorrer à comida.
· Sai com os amigos sem ter medo do que vai ser o jantar.
· Percebe porque as dietas não funcionam a longo prazo (é a ciência que o diz!)
· Vive num corpo naturalmente saudável.

"Odes Didácticas — Poemas Escolhidos" de João Pedro Grabato Dias

Editor: Tinta da China

Sinopse: A Primeira Antologia Poética de João Pedro Grabato Dia

Na Colecção de Poesia, dirigida por Pedro Mexia.

«Voz singular, ulcerada e mitológica, ensimesmada, onírica, ironicamente realista, brutal, descabelada.» Assim definiu Eugénio Lisboa o tom do livro de estreia de João Pedro Grabato Dias, publicado em Lourenço Marques em 1970. Mas se 40 e Tal Sonetos de Amor e Circunstância e Uma Canção Desesperada deu a conhecer uma poesia verbalmente maximalista, inventiva e cáustica, os títulos seguintes (três deles surgidos logo em 1971) oferecem-nos uma imagem mais diversa e versátil: a gravidade atónita de O Morto, o fôlego cosmogónico de A Arca, a crónica dos trópicos de Laurentinas, o presságio do estertor imperial em Pressaga.

Depois veio a independência de Moçambique, um veemente «acabou-se, adeus, xau, já lá vai» e uma afirmação analítico-pedagógica, brechtiana, a que se seguiram as inevitáveis decepções com o «estrabismo convergente da fraternidade divergente». E mesmo quando, de volta a Portugal, o poeta assumiu uma faceta mais lírica, mergulhando na infância e na identidade, regressavam sempre os «áfricos remorsos», a terra que amou, a condição de ter duas pátrias ou nenhuma, a incerta mas necessária crença nos factos contra os fados.
Odes Didácticas é a primeira antologia desse discurso e desse colosso. —P.M.

"Confissões de uma Quarentona na M*rda - #ondeéqueeuerrei" de Alexandra Potter

Editor: Edições Chá das Cinco

Sinopse: Nell chegou aos quarenta e nada na vida lhe correu como planeado: o seu café-livraria faliu e o noivo trocou-a por uma mulher mais nova. É então que regressa a Londres determinada a esquecer a vida na Califórnia e a recomeçar de novo. Mas tudo mudou nos últimos dez anos: as rendas aumentaram, os amigos casaram e têm filhos, e Cricket, a sua nova melhor amiga, é uma viúva octogenária. Num mundo de vidas perfeitas partilhadas no Instagram, Nell sente-se mesmo uma quarentona na m*rda. Mas Nell é uma mulher determinada e não se deixa abater. Com a ajuda de Cricket, ela acredita que consegue dar uma volta radical à sua vida e que as coisas serão diferentes no ano seguinte. Mas, primeiro, ela tem uma confissão a fazer…









cardapio.pt @ 12-1-2022 15:48:06


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros