Novidades Livros (30 de junho a 6 de julho de 2022)

cardapio.pt @ 29-6-2022 18:01:46

Filhos de Duna de Frank Herbert

Editor: Relógio D'Água

Sinopse: Os Filhos de Duna são os irmãos gémeos Leto e Ghanima Atreides, cujo pai, o Imperador Paul Muad’Dib, desapareceu nos terrenos baldios do deserto de Arrakis há nove anos. Tal como o pai, os gémeos possuem habilidades excecionais, o que os torna valiosos para a sua tia Alia, uma mulher manipuladora que governa o Império em nome da Casa Atreides.


Enfrentando uma traição e rebeliões em duas frentes, o poder de Alia não é absoluto, e a excomungada Casa Corrino planeia uma forma de reconquistar o trono enquanto os Fremen são incitados à revolta pela enigmática figura conhecida apenas como O Pregador.

Alia acredita que só acedendo à visão profética dos gémeos poderá manter o controlo sobre a sua dinastia. Mas Leto e Ghanima têm os seus próprios planos, tanto para as suas visões, como para os seus destinos.

Muitos Corpos, Uma Só Alma A terapia através das vidas futuras de Brian Weiss

Editor: Pergaminho

Sinopse: O psiquiatra Brian Weiss ganhou renome a nível internacional com a sua investigação sobre o poder de cura da regressão a vidas passadas, relatada nos seus bestsellers cativantes. Agora, com este livro fascinante e inovador, o Dr. Weiss revela como o contacto com as vidas que viveremos no futuro pode transformar o nosso presente.


Todos nós já vivemos existências anteriores; todos viveremos outras no futuro. Aquilo que fazemos nesta vida terá influência sobre as nossas encarnações futuras, ao longo do caminho evolutivo até à imortalidade.

Recorrendo a exemplos de dezenas de casos clínicos, o autor apresenta os benefícios terapêuticos da progressão a vidas futuras, da mesma forma que já havia demonstrado que a regressão a vidas passadas pode curar as feridas físicas e emocionais que sofremos no presente.

Muitos Corpos, Uma Só Alma é uma obra revolucionária que aprofunda as descobertas feitas pelo Dr. Weiss e revela como uma visão holística das nossas vidas passadas e futuras pode transformar o nosso presente, enchendo-o de paz, harmonia e equilíbrio.

Deixo-te para Não te Perder Série Forever - Livro 1 de Taylor Jenkins Reid

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Um romance deslumbrante sobre casamento, laços familiares e uma mulher singular. O casamento de Lauren e Ryan atinge o ponto de rutura e ambos tomam a decisão pouco convencional de se afastarem durante um ano, na esperança de que isso lhes permita apaixonarem-se de novo. Durante esta separação, cada um é livre de viver como entender, à exceção de nenhum estabelecer qualquer contacto com o outro.


Lauren inicia uma viagem de autodescoberta e depressa se apercebe de que tanto os seus familiares como os seus amigos têm ideias muito próprias sobre o significado do matrimónio. a perceção desse facto e os desafios decorrentes da separação de Ryan mudam a visão de Lauren sobre monogamia e casamento. E ela passa a interrogar-se: quando estamos ligados a alguém sem um compromisso de fidelidade e quando vivemos uma relação sem casamento - ou seja, quando já não há laços entre o amor e o desejo - a que damos nós valor? Pelo que estamos nós dispostos a lutar?

Um romance surpreendente sobre o que acontece quando o amor se dissipa. E sobre continuarmos apaixonados, lutarmos pelo amor, renunciarmos a ele ou entregarmo-nos com toda a nossa alma. É, sobretudo, a história de um casal preso a um velho arquétipo, mas à procura de um novo caminho rumo à felicidade.

Um Diário Russo de Anna Politkovskaya

Editor: Temas e Debates

Sinopse: Um Diário Russo é o livro que Anna Politkovskaya acabara de escrever quando foi assassinada em Moscovo. Abrangendo o período entre as eleições parlamentares russas, em Dezembro de 2003, e o rescaldo trágico do cerco à escola de Beslan, no fim de 2005, Um Diário Russo é o relato implacável da luta de milhões de russos e do cinismo e da corrupção da presidência de Vladimir Putin.


A jornalista Anna Politkovskaya entrevista pessoas cujas vidas foram destruídas pelas políticas de Putin, incluindo as mães de crianças que morreram no cerco de Beslan, as de soldados russos mutilados na Chechénia e as de jovens «desaparecidos». 

Politkovskaya apresenta-nos um relato arrepiante do desmantelamento das reformas democráticas feitas nos anos 1990. A televisão, a rádio e a imprensa independentes foram suprimidas, os partidos da oposição ilegalmente marginalizados e a lei eleitoral alterada para facilitar a manipulação dos resultados.

Um Diário Russo é um relato devastador da Rússia contemporânea feito por uma grande e corajosa escritora.

Queria Tanto que Estivesses Aqui de Jodi Picoult

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Diana tem tudo perfeitamente planeado. Vai casar aos 30, ter filhos aos 35 e mudar-se para os subúrbios de Nova Iorque. E tudo enquanto sobe na carreira supercompetitiva dos leilões de arte. Ainda não está noiva, é certo, mas sabe que o namorado, Finn, um médico-cirurgião interno, vai pedi-la em casamento na escapadinha romântica que vão fazer às ilhas Galápagos. Vai ser poucos dias antes de Diana fazer 30 anos. Mesmo a tempo.


Mas, de repente, algo acontece na cidade e Finn é chamado pelo hospital na véspera da partida. Diana fica dececionada, porém, o namorado insiste que vá na mesma, e ela lá parte rumo às ilhas paradisíacas, ainda que com muita pena de ir sozinha.

A viagem de sonho cedo se transforma num novelo de complicações. A bagagem de Diana desaparece, o wi-fi quase não funciona, o hotel onde ia ficar é fechado e toda a ilha fica isolada devido a uma doença ainda sem explicação. É neste cenário que, completamente só e sem conhecer ninguém, ela se vê obrigada a sair da sua zona de conforto e…

É assim que Diana começa a criar uma relação com uma adolescente, que encontra nela a confidente perfeita. E é assim que Diana, uma mulher que tinha toda a vida planeada na sua cabeça, se vê confrontada consigo própria, ali, naquele paraíso de onde, durante bastante tempo, não poderá partir.

Quanto da nossa vida é realmente o que queremos? Estaremos, como Diana, no momento de parar, calar o ruído do mundo e pôr em perspetiva o nosso caminho?

Um romance que nos faz voltar ao lugar mais próximo e mais longínquo, o lugar onde é mais difícil chegar - dentro de nós, onde a verdadeira voz se ouve e o coração bate bem alto, sem nada que o faça calar.

Punk 57 de Penelope Douglas

Editor: Quinta Essência

Sinopse: Durante anos, Misha Lare e Ryen Trevarrow escreveram cartas um ao outro. Tudo graças a um engano dos seus professores da escola primária, que pensaram que eram do mesmo sexo e os designaram como amigos por correspondência.


Não pararam de escrever desde então. Só têm três regras: nada de redes sociais, números de telefone, ou fotografias.
Mas Misha não escreve há três meses. Algo está errado. Será que ele morreu? Foi detido? Conhecendo Misha, nenhuma das duas hipóteses é de descartar.

Sem ele por perto, Ryen está a enlouquecer.
Ele pode ter desaparecido para sempre.
Ou pode estar à sua frente, e ela nem sequer saberia.
Tinham uma coisa boa. Porquê arruiná-la?

O Poder de Caminhar A caminhada como aliada para desacelerar, ser mais saudável e viver o agora de Quirino Tomás

Editor: Manuscrito Editora

Sinopse: Desde os primórdios da Humanidade que caminhar é tão natural quanto respirar: andar a pé permitiu-nos sobreviver enquanto espécie, alargar horizontes e evoluir.

Com o progresso da tecnologia, porém, a caminhada tornou-se uma atividade cada vez mais esporádica e fomos ficando cada vez mais distantes da natureza.

Quirino Tomás, guia de caminhadas na natureza, não tem a menor dúvida de que a resposta para uma vida mais plena e feliz está no regresso às origens.
A caminhada, sobretudo a caminhada no meio da natureza, tem inúmeros benefícios físicos, mentais e até espirituais.

Neste guia prático, o autor revela-nos quais são e explica como podemos começar a caminhar, seja no parque da cidade ou desbravando um trilho na montanha. o que interessa é pôr um pé à frente do outro… e ir.

Com a caminhada, vai conseguir:

- Diminuir o cansaço e a falta de energia;
- Combater o stresse, a ansiedade e a depressão;
- Melhorar a memória e os problemas de concentração;
- Emagrecer de forma saudável.

A minha cura é a tua cura de Rute Caldeira, Inês Gaya e Lisa Joanes

Editor: Albatroz

Sinopse: Somos sombra e luz, raiva e compreensão, revolta e amor.

É urgente que possamos acolher e respeitar tudo o que somos, sem a exclusão de qualquer uma das nossas partes.
Cada um de nós guarda em si uma história de dor, uma ferida a precisar de cicatrizar, um padrão a precisar de ser libertado. Quando olhas para os desafios como oportunidades, aprendes a ver as feridas como a semente da cura e a escuridão como o portal da luz.
Ao abraçares as feridas da tua alma, abraças as feridas da Humanidade, contribuindo para um planeta mais justo, amoroso e equilibrado.
Lê este livro mais do que uma vez, porque cada nova leitura vai trazer-te diferentes mensagens. Sempre que precisares de te lembrar de quem és, e do poder que tens em mãos, regressa a estas páginas.

Neste livro encontrarás poderosas ferramentas de cura:
- Orações, rituais e outros exercícios de integração
- 10 mandalas terapêuticas de Cíntia Borges
- Histórias reais e inspiradoras
App com práticas de meditação

Honra as feridas da tua alma e ativa o infinito poder de cura e de transformação que tens em mãos

Procura-se Namorado de Alexis Hall

Editor: Desrotina

Sinopse: PROCURA-SE:

Um namorado (falso)
Que seja praticamente perfeito

Luc O’Donnell, infelizmente, é famoso. Bom... mais ou menos. Filho de duas estrelas de rock, Luc não aprecia a atenção que as revistas lhe dão. Com o pai outra vez na ribalta, ele está sob os holofotes e, ao ser publicada uma fotografia sua comprometedora nos jornais britânicos, a sua reputação, já prejudicada, ameaça arruinar-lhe a carreira em ascensão.

Por isso, formula um plano: para limpar a imagem, só precisa de um namorado normal e bonzinho, e Oliver Blackwood é o mais normal e bonzinho que existe: é advogado, vegetariano e basicamente alérgico a qualquer tipo de escândalo. Noutras palavras, é o namorado perfeito. O problema é que, além de serem ambos gays, solteiros e precisarem de um acompanhante para um evento, Luc e Oliver nada têm em comum.

A solução é fingirem que namoram, até que a poeira dos media assente. Mas o problema com os namoros a fingir é que podem parecer-se muito com os namoros a sério.

De Lado Nenhum de Julia Navarro

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Um romance que funde as suas raízes na natureza humana e nos seus claros-escuros. Não é possível mudar o passado, muito menos fugir dele.


Abir Nasr é um adolescente que presencia, impotente, o assassínio da sua família durante uma missão do exército israelita no sul do Líbano. Junto aos corpos da mãe e da irmã, Abir jura que perseguirá os responsáveis até ao fim dos seus dias.
Noite após noite, a ameaça de Abir invade os sonhos de Jacob Baudin, um dos soldados que participou na ofensiva israelita enquanto cumpria o serviço militar obrigatório e que se debate com o dilema de combater um inimigo que não escolheu. Jacob, filho de pais franceses, não deixa de se sentir um estranho em Israel e tenta reconciliar-se na identidade judia que permanece um mistério para si.

Após a tragédia, Abir é acolhido por familiares em Paris, encurralado entre dois mundos inconciliáveis: o núcleo familiar tradicional e asfixiante e a sociedade francesa aberta e plena de possibilidades. Noura, que se rebela contra as imposições do integrismo religioso do seu pai, e Marion, uma adolescente bela e irreverente, por quem Abir se apaixona obsessivamente, são as jovens que corporizam esta França no romance.

Contudo, tal como Jacob foi um joguete perante uma vontade que não a sua, também Abir será incapaz de prevalecer perante uma identidade imposta, que o consumirá. Os dois voltarão a cruzar-se anos mais tarde, sob o fumo e os escombros das bombas com as quais o Círculo, uma organização terrorista islâmica, semeia o terror no coração da Europa e da Liberdade.

Depois de Stephen King

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Por vezes, crescer não é mais do que enfrentar os próprios demónios


Filho de uma mãe solteira que se debate com dificuldades, a única coisa que Jamie Conklin deseja é uma infância banal. Contudo, Jamie é tudo menos uma criança banal. Nascido com uma habilidade sobrenatural, que a sua mãe deseja a todo o custo manter secreta, Jamie pode ver aquilo que mais ninguém vê… e saber aquilo que mais ninguém sabe. Quando uma inspetora do Departamento de Polícia de Nova Iorque o arrasta para uma investigação, cujo propósito é evitar o último ataque de um assassino - mesmo depois de morto! -, Jamie não tardará a descobrir que o preço que tem a pagar pelo seu poder é, talvez, demasiado alto.

Depois é Stephen King em estado puro, «a história de um rapaz que vê coisas para lá do nosso mundo, combinada com elementos sólidos de crime e de suspense», nas palavras do autor, uma narrativa inquietante e emotiva acerca da inocência que, a dada altura, todos perdemos, e as provas que temos de superar para distinguir entre o bem e o mal. Com ecos do seu grande clássico It - A Coisa, este romance é poderoso e aterrorizante quanto baste, uma inesquecível exploração daquilo que é preciso para fincar o pé e fazer frente à maldade. Seja qual for o rosto de que ela se serve.

A Porta da Europa Uma História da Ucrânia de Serhii Plokhy

Editor: Ideias de Ler

Sinopse: UMA HISTÓRIA DA UCRÂNIA

Situada entre a Europa Central, a Rússia e o Médio Oriente, a Ucrânia tem sido moldada por diversos impérios ao longo da História – dos Romanos e Otomanos até ao Terceiro Reich e à União Soviética –, que exploraram a nação como uma porta de passagem entre o Ocidente e o Oriente. Talvez por isso, para os ucranianos não será de estranhar a ambição da Rússia contra a integridade territorial do seu país. Para eles, é mais uma página numa longa história de busca pela liberdade.
Neste livro, o conceituado historiador Serhii Plokhy narra os momentos-chave da História da Ucrânia, ligando o passado longínquo à atualidade, no retrato de um país continuamente em luta pela própria soberania.

“Um estudo seguro e credível que se estende desde o período da Grécia antiga até à atualidade.” – Financial Times

A Águia Aterrou de Jack Higgins

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: Em novembro de 1943, dezasseis paraquedistas alemães desembarcaram em Inglaterra.

Em apenas três dias, quase venceram a guerra.

Em 1943, uma pequena força de paraquedistas alemães infiltrou-se em solo britânico para raptar Winston Churchill e neutralizar o esforço de guerra aliado.
Em três dias, quase mudaram o rumo da guerra.
Este livro recria os acontecimentos que rodearam esta façanha inacreditável.
Nas primeiras horas da manhã de sábado, 6 de novembro de 1943, Heinrich Himmler, Reichsführer das SS e chefe da Polícia do Estado, recebeu uma mensagem simples: «A Águia aterrou.»

A guerra estava a dar a volta para o lado dos Aliados. Numa Alemanha em apuros e numa tentativa desesperada de virar o jogo a seu favor, Hitler ousa fazer um movimento arriscado de tudo ou nada.
Um grupo de paraquedistas alemães é enviado para Inglaterra com a missão de raptar o destemido primeiro-ministro britânico Winston Churchill da casa de campo, junto ao mar, em Norfolk, onde iria passar um fim de semana tranquilo.

A força de elite nazi é liderada por um ex-herói de guerra caído em desgraça e aventura-se sem demora e sem temor para cumprir a sua missão. Ou morrer a tentar.
Apenas os habitantes da pacata povoação à beira-mar podem gorar o plano. É então que, na noite mais negra e encoberta, um grupo de cidadãos comuns fará de tudo a fim de evitar um destino trágico para a Europa e para o mundo.

Dicionário da Erosão de John Freeman

Editor: Tinta da China

Sinopse: Num tempo em que as palavras se ouvem por todo o lado mas parecem não chegar, e em que a acção colectiva também não nos tem protegido de constantes ataques aos direitos humanos e aos valores centrais da nossa cultura, John Freeman — ensaísta, editor, poeta, crítico literário — parte em defesa da linguagem e do seu sentido mais profundo enquanto exercício de cidadania.


De A a Z, de «Decência» a «Raiva», de «Ambiente» a «Optimismo», de «Eu» a «Tu», este dicionário-manifesto reúne as palavras que o autor considera essenciais para a nossa capacidade de descrever, imaginar e construir um mundo melhor. Não para que nos escondamos atrás delas, mas sim para que as usemos de verdade, como agentes da esfera pública.

Temas de Ética Reflexões e desafios de António Bagão Félix, Victor Gil, Pedro Afonso e Paulo Otero

Editor: Principia

Sinopse: «Passado o tempo das revoluções, em que a brutalidade do sangue derramado era o próprio sustento das mudanças […] estamos a viver uma verdadeira revolução cultural, que é insidiosa, mas persistente e com não menor profundidade. Muitas decisões, com fortíssimas implicações sociais, pessoais e até civilizacionais, são tomadas sem uma reflexão consistente que mobilize a inteligência e a cultura nos limites do possível. Vivemos uma inundação de um relativismo frequentemente imediatista, aceite tantas vezes por inércia ou incapacidade de produzir pensamento. Surgem novas ideologias que rapidamente se tornam moda como que preenchendo um vácuo em tantos que, na correria barulhenta, deixam atrás de si e dentro de si um rasto de quase nada. […] A ética, mais ainda que o direito que ela própria devia inspirar, tem de continuar a ser o alicerce fundador da cidade. a ética, tantas vezes arredada das decisões, tem de ser convocada sempre. Precisamos de parar. Precisamos de silêncio que permita ouvir a voz do pensamento.

Este livro é um apelo e um apego à lucidez. […]»

Mobilidade no Futuro de Luís Amaral

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Milhares de milhões de pessoas têm acesso a ferramentas digitais através dos smartphones, e uma quantidade inacreditável de informação é produzida diariamente. Esta característica sente-se também na área da mobilidade.


Este livro pretende identificar as várias forças do contexto socioeconómico que podem direcionar o paradigma da mobilidade, e discutir as diversas possibilidades de evolução.

Contra a Guerra A coragem de construir a paz de Papa Francisco

Editor: Dom Quixote

Sinopse: A paz é muito mais do que a ausência de guerra. A palavra bíblica shalom indica uma condição de plenitude de vida que a violência destrói e aniquila pela raiz. Igualmente radical é a reflexão que o Papa Francisco nos oferece nestas páginas, nas quais defende a necessidade da fraternidade e denuncia o absurdo da guerra.


Páginas imbuídas da dor das vítimas na Ucrânia, dos rostos daqueles que sofreram no conflito no Iraque, dos eventos históricos de Hiroxima, e até da herança, infelizmente inédita, dos dois conflitos mundiais do século XX.

Francisco não poupa ninguém e menciona a ganância dos poderes nas relações internacionais dominadas pela força militar, na ostentação dos arsenais bélicos as motivações profundas daqueles que estão por trás dos conflitos que tingem o planeta de sangue.

Confrontos que semeiam a morte, a destruição e o rancor, que por sua vez provocam mais morte e mais destruição, numa espiral que apenas a conversão dos corações pode pôr fim.

A Morte da Mãe de Charlot | La Muerte de La Madre de Charlot de Frederico García Lorca

Editor: EL GALLO DE ORO EDICIONES

Sinopse: A Morte da Mãe de Charlot é sobretudo um exercício estético, uma obra de experimentação. Estamos perante um texto incompleto mas de grande beleza.


Em A Morte da Mãe de Charlot, Lorca faz a tentativa de se distanciar da falsa imagem que lhe tinha sido atribuída. Foi escrito poucos dias depois da morte da mãe de Charles Chaplin. Destaca-se o acentuado contraste entre a mãe morta e o filho, há uma oposição entre as antigas e as novas estéticas, onde a mãe representa o teatro e o filho representa o cinema.

Cheio de humor negro, comentários disparatados e imagens surrealistas, detrás de tudo isto encontra-se uma crítica à sociedade capitalista americana, descrita como desumanizada e cruel.

Puto Detetive: As aventuras de Rory Branagan - O grande golpe do diamante Livro 7 de Andrew Clover; Ilustração: Ralph Lazar

Editor: Porto Editora

Sinopse: Olá. O meu nome é Rory Branagan e sou um detetive, acredites ou não (é bom que acredites). O diamante Dama Norton, o mais caro diamante alguma vez roubado, está DESAPARECIDO há sete anos – e imagina quem mais está desaparecido há sete anos? O meu pai. Os mauzões querem encontrá-lo. A polícia quer encontrá-lo. Mas tenho de ser eu o primeiro e NADA me vai travar: nem os maus da fita, nem o oceano, com as suas profundezas e perigos – nem sequer o maior CHOQUE da minha vida...

Vídeos que Vendem Mais Tenha resultados brutais desvendando os segredos do videomarketing de Camilo Coutinho

Editor: DVS Editora

Sinopse: Você não sabe o que é videomarketing?


«Que bom que você tirou o meu livro da prateleira e está aqui lendo essa orelha. Agora que estou com a sua atenção presa aqui, eu quero seu voto de confiança - ou melhor um olho de confiança - no conteúdo que eu coloquei dentro dessas páginas sobre o videomarketing. Na outra orelha eu me apresento, mas depois você lê ela, o que você precisa saber que desde 2006 eu trabalho com vídeos focados em varejo e vendas, e toda essa expertise resultou no conteúdo desse livro, com pontos reais que eu uso no dia-a-dia da minha empresa com clientes e alunos.

As estratégias e táticas aqui colocadas vão desde o início, ou seja, para você que está entrando nesse mundo, até o mais avançado disponível no momento que finalizei esse livro (ou seja, compra esse livro para a editora se animar e me permitir escrever uma segunda edição...).

Dentro do livro você encontra dicas práticas para você aplicar em seus vídeos, como por exemplo, o uso dos meus métodos para a criação de roteiros, ou mesmo o meu famoso roteiro chicote onde com apenas 6 perguntas você vai poder criar roteiros para qualquer tipo de assunto que exista no mundo. É claro que essa é só uma citação pois nesse calhamaço de páginas (que eu espero que você rabisque e anote muito) tem muito conteúdo valioso sobre videomarketing, e a minha real felicidade é te dar boas-vindas ao VideoMarketing.»

O Baú dos Papelinhos de Dona Inácia, Prazeira de Manica de José Mora Ramos

Editor: Partenon

Sinopse: O Baú dos Papelinhos de Dona Inácia, Prazeira de Manica é uma revisitação ficcionada da fase final do colonialismo português em Moçambique, através da construção da vida de Inácia, mulher determinada, independente, corajosa, leitora obsessiva de tudo o que podia, assim minimizando o isolamento do mundo em que a colónia vivia.


Inácia, mulher muito à frente do seu tempo, nunca poderia ter existido naquele Moçambique, naquele tempo, mas se o pudesse teria sido como a neta, Carolina, a imaginou, ao narrar a sua vida a partir do acervo dos escritos em papelinhos soltos, deitados pela avó, ao longo de cinquenta anos, para dentro do baú de chanfuta.

Chegada a Lourenço Marques em 1926, para casar por fotografia, assim procurando fugir à miséria e à vida sem horizontes a que em Portugal estava destinada, Inácia vive os primeiros anos na capital, depois no Xai-Xai, mais tarde em Manica, onde se torna dona de uma farme e ganha o título de Prazeira de Manica, regressando ao país onde nascera, mas que deixara de ser o seu, em 1975.

A Escrava Açoriana de Pedro Almeida Maia

Editor: Cultura Editora

Sinopse: No ano da Graça de 1873, o mundo pertence aos homens que cospem para o chão. Açorada por partir, Rosário oculta-se num enorme capote e capucho negro, tal como a maioria das mulheres. É uma adolescente irreverente, do contra, e desafia todas as convenções masculinas: rouba, corre descalça, luta com os punhos e até beija em público. No final do dia, lê Camilo e reza o terço com a mãe.


As Ilhas Adjacentes são um misto de encanto e de escassez, afasta- das do Reino e das promessas da Coroa. Os engajadores brasileiros aliciam os açorianos a viajar para o Império, com promessas de riqueza. A família de Rosário entrega tudo o que possui e embarca na escuridão.

Mas a viagem no navio é calamitosa, uma nuvem de pessoas atoladas na própria imundície, e a chegada ao Rio de Janeiro oferece desafios inesperados. Rosário vive como uma escrava e vê o futuro esfumar-se. Perde o rumo, a virgindade e a esperança. Precisa de reagir, mas isso implica tornar-se uma pessoa totalmente diferente.

Perfeitos Mentirosos #1 - Mentiras e segredos de Alex Mírez

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Este é o primeiro volume da série fenómeno que está a apaixonar milhões de leitores.


Jude acabou de entrar numa das universidades mais elitistas do mundo, mas a verdade é que rapidamente percebe que, ali, tudo gira em torno das festas, dos boatos, das intrigas e dos encontros entre alunos. O que une tudo isto? Os irmãos Cash, claro, um trio irresistível. Superatraentes, demasiado poderosos, tão divertidos e… perigosos.

Os manos Cash dominam a universidade por completo: o campus é o cenário para os jogos que gostam de fazer com todos os alunos e alunas, é o lugar onde gostam de brincar aos meninos ricos que podem manipular todos e todas. Mas…

Jude tem um plano e prepara-se para revelar segredos tão obscuros quanto perversos sobre os irmãos Cash. Quem poderá dominar e ganhar?


Um Passo em Falso de António Lopes

Editor: Parsifal PT

Sinopse: Joana dos Santos é uma jovem com uma vida tranquila, prestes a terminar os seus estudos. Um dia, essa tranquilidade é quebrada quando o pai, Joaquim dos Santos, ex-militar da Guerra Colonial agora especialista em logística, é contratado por uma organização internacional que está envolvida num estranho negócio à escala global.


Qual o papel de João Rodrigues, uma figura enigmática, que teve o poder de recrutar o ex-capitão do Exército para tão problemático empreendimento?

E o de Ana Ferreira, jornalista de investigação à procura de mais um furo que confira protagonismo à estação de televisão em que trabalha? Quem terá, afinal, os meios necessários para enfrentar um poderoso grupo internacional, num negócio discreto, mas que envolve muito, muito dinheiro?

Num ritmo narrativo intenso, António Lopes envolve-nos numa aventura que tem todas as condições para acabar mal.
Ou não…

Mar da Tranquilidade de Emily St. John Mandel

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Aclamado pela crítica e pelos leitores, este é o regresso de Emily St. John Mandel. Um romance sobre arte, tempo e amor, que produz um quadro vivo sobre a humanidade através do espaço e dos séculos.


Edwin St. Andrew­tem 18 anos quando faz a travessia do Atlântico de barco. ao entrar na floresta, em pleno coração selvagem do Canadá, Edwin está deslumbrado, e eis que, de súbito, ouve o som de um violino ecoando num terminal de dirigíveis - uma experiência que o abala profundamente.

Dois séculos depois, Olive Llewellyn, uma autora famosa, faz a promoção do seu livro. Olive viaja por toda a Terra, mas a sua casa fica na segunda colónia lunar, um lugar de pedra branca, torres piramidais e beleza artificial. na história do seu romance bestseller, há uma estranha passagem: um homem toca violino e o som ecoa num corredor de um terminal de dirigíveis, enquanto as árvores da floresta rasgam o céu à sua volta.

Quando Gaspery-Jacques Roberts, um detetive da Cidade da Noite, é contratado para investigar uma anomalia, descobre uma série de vidas em suspenso: o filho exilado de um conde que enlouqueceu, uma escritora retida longe de casa devido à pandemia que assola a Terra e um amigo de infância, também da Cidade da Noite, que, como Gaspery, vislumbrou a oportunidade de fazer algo extraordinário que causará uma disrupção na linha de tempo do Universo.

Esta é uma história que se move entre o mais profundamente humano e terno e a mecânica do puzzle e do mistério - para nos levar numa viagem virtuosíssima, com o equilíbrio e a beleza a que Emily St. John Mandel já nos habituou.

O Mundo de Quatuorian – Volume II O regresso do imperador de Cristina Pezel

Editor: Edições Trebaruna

Sinopse: Toda a Quatuorian entra em decadência, num regime totalitário e de abuso de poder após a tomada de posse do Império pelo autoritário Vorten.


A situação em Quatuorian torna-se ainda mais difícil com ataques de criaturas sombrias evocadas pelo poder maligno que se faz sentir. O novo imperador tem um plano maior, um plano de destruição e caos, e os três jovens escolhidos, Julenis, Teriva, Vinich terão de fazer de tudo para realizarem a profecia do regresso do Imperador lendário, que o deterá e salvará o mundo.

Reviravoltas e surpresas aguardam o leitor no desfecho desta aventura repleta de ação e magia: um universo rico e profundo que convida a mergulhar e viver no fantástico Mundo de Quatuorian.

Puto Detetive: As aventuras de Rory Branagan - O covil do perigo Livro 6 de Andrew Clover

Editor: Porto Editora

Sinopse: Olá. Chamo-me Rory Branagan e sou um detetive, caso não saibas. O meu pai desapareceu há sete anos. Estou MESMO, MESMO À BEIRINHA de o encontrar, maseu e a Gata somos apanhados no MAIS MORTAL dos PERIGOS MORTAIS. Há mauzões, uma divisão secreta e criaturas mortíferas com dentes aguçados e venenosos! Para encontrar o meu pai, temos de desvendar o MAIOR CASO que até hoje nos apareceu à frente. Vem daí: vou contar-te a história toda...

"Bullet Train" de Kotaro Isaka

Editor: Edições Asa

Sinopse: Cinco assassinos viajam a bordo do mesmo comboio. Sem saída possível e alta velocidade vão descobrindo que tudo pode estar ligado e a vingança é o menor dos seus problemas.


Satoshi aparenta ser um estudante inocente, mas, na verdade, trata-se de um psicopata astuto e cruel. Graças a ele, o filho de Kimura está em coma, e Kimura seguiu-o até ao comboio-bala que faz o percurso de Tóquio para Morioka. Viagem em que se irá vingar. Mas numa surpreendente reviravolta de acontecimentos, Kimura rapidamente descobre que eles não são os únicos passageiros perigosos a bordo.

Ao descobrirem que estão todos a bordo do mesmo comboio e com o mesmo destino, os cinco assassinos, percebem que as suas missões talvez não são assim tão desconexas quanto parecem à primeira vista. Nanao, o autoproclamado «assassino mais azarento do mundo», e a dupla mortífera de Tangerine e Lemon também estão a viajar com o mesmo destino. Uma mala cheia de dinheiro obriga outros a revelarem-se.

Porque é que estão todos no mesmo comboio, e quem é que sairá vivo na última estação?

O Último Verão em Roma de Gianfranco Calligarich

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Descoberto pela escritora Natalia Ginzburg, este romance é um clássico da literatura italiana. A obra-prima de Calligarich tem sido comparada aos grandes livros de Truman Capote, Ernest Hemingway, J. D. Sallinger e Jonathan Franzen.


Leo Gazzarra passa os dias e as noites a deambular por Roma com Arianna ou em tumultuosas incursões alcoólicas com o seu amigo Graziano. Tudo o que desesperadamente procura fazer é baralhar de novo o jogo de cartas inúteis que a vida lhe concedeu.

A verdadeira distinção deste romance é a forma como ilumina, com uma clareza desesperada, a relação entre um homem e uma cidade, ou seja, entre solidão e multidão.

Intenso, breve, sagaz e devastador, este livro é um clássico da literatura italiana e evoca obras inesquecíveis como O Grande GatsbyÀ Espera no Centeio e Fiesta - O Sol Nasce Sempre.

Escalas do Levante de Amin Maalouf

Editor: Marcador

Sinopse: Escalas do Levante era o nome que se atribuía antigamente ao rosário de cidades mercantis através das quais os viajantes da Europa chegavam ao Oriente.


De Constantinopla a Alexandria, passando por Esmirna, Adana ou Beirute, essas cidades foram, durante muito tempo, lugares de mistura onde conviviam línguas, costumes e crenças. Universos frágeis a que a História lentamente deu forma antes de os derrubar, quebrando, de passagem, inúmeras vidas.

A personagem central deste romance, Ossyane, é um desses homens de destino desviado. da agonia do Império Otomano às duas guerras mundiais e às tragédias que, ainda hoje, dilaceram o Médio Oriente, a sua vida não pesará mais do que uma palha na tempestade.

Pacientemente, recorda a sua infância principesca, a avó demente, o pai revoltado, o irmão desonrado, a sua estada na França ocupada e o encontro com a sua amada fugitiva, Clara, os seus momentos de fervor, de heroísmo e de sonho. E, depois, a descida aos infernos.

Despojado do seu futuro e da sua dignidade, privado das alegrias mais simples, que lhe resta? Um amor à espera. Um amor tranquilo, mas poderoso. Talvez, no fim de contas, mais poderoso do que a própria História.

D. Afonso IV - O Bravo de Maria Antonieta Costa

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Severo, exaltado e corajoso, conseguirá o monarca resistir às ameaças à sua governação?


No seu leito de morte, D. Dinis, o rei-poeta, deixa ao filho uma enigmática mensagem. Qual o significado das últimas palavras do monarca?

A longa ligação do antigo rei aos cavaleiros Templários não se extingue com o seu fim terreno. D. Afonso IV é agora o legítimo guardião de um segredo que vai decidir o destino da nação.

Bravo, exaltado, corajoso e espontâneo, D. Afonso IV concebeu o reino como se de uma propriedade sua se tratasse. Desenvolveu uma política de coligações, rodeou-se de legistas, submeteu nobreza e povo à justiça régia, dando passos decisivos para a consolidação do Estado moderno em Portugal. Contudo, há uma mancha na sua governação, um crime de morte. O assassinato de Inês de Castro selou o destino do filho, D. Pedro, e o reino nunca mais esqueceu.

Um romance histórico revelador sobre o reinado de D. Afonso IV, que ficou para a história como um homem de carácter severo e justiceiro.

Correspondência Geral Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima de Luiza Andaluz

Editor: Lucerna

Sinopse: Este volume reúne a correspondência de âmbito familiar, eclesial e institucional que Luiza Andaluz, a fundadora da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima, endereçou a diversas pessoas e instituições.


São assim publicadas 281 cartas inéditas, escritas entre 1905 e 1971, que revelam Luiza Andaluz no seu quotidiano, na sua forma de se relacionar com diferentes pessoas dos mais variados quadrantes, em diferentes línguas e sobre um abrangente leque de assuntos.

As Sibilas Diálogos em Sfumato de Mónica Baldaque

Editor: Relógio D'Água

Sinopse: Em As Sibilas, Mónica Baldaque partilha algumas das memórias doces que cultiva da mãe, Agustina Bessa-Luís. Na senda de Sapatos de Corda, Baldaque partilha, através de esboços biográficos e diarísticos intercalados com ilustrações suas, um testemunho íntimo do universo e dos processos de Agustina enquanto pensadora e escritora.


Entre os laços de família revisitados, surge a tia Amélia, figura por detrás da célebre Sibila e cuja morte Agustina vaticinou com incrível precisão no seu mais conhecido romance. 

As Sibilas é uma das obras que assinala a celebração do centenário de Agustina Bessa-Luís.


"A Princesa Espia" de Larry Loftis


"Cartas do Pai Cartas dos pais reclusos no Gulag aos filhos"





cardapio.pt @ 29-6-2022 18:01:46


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros