Novidades Livros (22 a 28 de setembro de 2022)

cardapio.pt @ 21-9-2022 18:05:38

"A Cor das Cerejas - Da nobreza de Sintra à ira revolucionária de Paris" de Jorge Paulino

Editor: Ideia-Fixa

Sinopse: Foram precisas chuvadas fortes alternando com sol radioso para que a vida até então descolorida de Louise, uma jovem aristocrática luso-francesa, ganhasse todas as tonalidades dum arco-íris.


Baseado em muitos factos e personagens reais, a acção de A Cor das Cerejas decorre em 1871, numa narrativa na primeira pessoa, que atravessa os pouco mais de dois meses de vida da Comuna de Paris, dos seus preliminares ao definitivo e sangrento colapso.

Do vermelho vivo, cor febril e de paixão, ao azul monótono, de depressão e frieza, a vida de Louise percorre todas as tonalidades e emoções, ficcionando o drama familiar da sua narradora, que a irá transportar da serra de Sintra à Paris em ebulição revolucionária no final do século XIX.

Este percurso, acelerado e efémero, conduzirá Louise da pacata juventude à tumultuosa idade adulta, vivendo paixões arrebatadoras tanto quanto desilusões amargas que marcarão a sua vida para sempre.

"Indomáveis 1 - Como Tomámos Conta do Mundo" de Yuval Noah Harari

Editor: Booksmile

Sinopse: «Nós, humanos, não somos fortes como os leões, não nadamos como os golfinhos e, definitivamente, não temos asas! Então como é que tomámos conta do mundo? A resposta está numa das histórias mais fascinantes que alguma vez te contaram. E é uma história verdadeira.»

Indomáveis é uma épica série do autor bestseller mundial Yuval Noah Harari, destinada ao público juvenil, com belas ilustrações de Ricard Zaplana Ruiz.

Sabias que tens um superpoder? Queres saber qual? Este livro conta-te tudo! Como é que o fogo influenciou a evolução dos nossos estômagos? Sim, leste bem. Estômagos! O que é que o futebol nos diz sobre ser humano? Porque é que o dinheiro é o conto de fadas mais bem-sucedido de sempre? E o que é que isso tudo tem que ver com o facto de sermos a espécie dominante na Terra?

Nesta fantástica aventura imersiva, o autor bestseller de Sapiens: Breve História da Humanidade, com o seu estilo característico, revela que os humanos têm um superpoder e que o usam para criar estranhas e maravilhosas coisas — desde fantasmas e espíritos, a governos e sociedades. Somos conquistadores e insaciáveis, criativos e destrutivos. Numa palavra, indomáveis!

Nesta primeira fantástica aventura da série Indomáveis, Yuval Noah Harari revela os segredos das origens da humanidade, como nunca antes contaram. Como tomámos conta do mundo? A resposta está numa das histórias mais fascinantes que alguma vez irás ler!

Quer tenhas 9 ou 99 anos, Indomáveis pode ser apreciado por qualquer pessoa que já se questionou: Quem somos? Como aqui chegámos?

"Histórias Bizarras" de Olga Tokarczuk

Editor: Cavalo de Ferro

Sinopse: Uma recolha inédita de contos, em que a celebrada autora de Viagens nos dá a conhecer os espaços infinitos que escapam à nossa razão, estabelecendo correspondências insólitas entre o real e o imaginário.


Um médico escocês do século XVII, ao serviço do rei da Polónia, descobre uma estranha raça de crianças verdes. Uma família de quatro mulheres idênticas, que se podem ligar e desligar, vê a sua rotina ser perturbada pelo aparecimento de dois vizinhos. Um mundo onde impera o uso do metal mantém a sua ordem graças ao sacrifício de um misterioso semideus com mais de trezentos anos. Uma mãe deixa uma estranha herança de vários frascos de conserva ao seu filho preguiçoso.

Eis algumas das histórias fascinantes que se encontram neste volume. Histórias capazes de desafiar expectativas e certezas, histórias que desenham os contornos de um presente alternativo e de um futuro apocalíptico; de confins geográficos que têm tanto de incompreensível quanto de familiar; de seres humanos alienados, solitários, perdidos. São histórias em que nada do que parece é e que encerram uma pergunta: a estranheza estará dentro de nós ou será ela uma característica do mundo?

Conjugando o grotesco, o fantástico, o humor negro e a beleza poética, Histórias Bizarras é mais um testemunho da singularidade literária e imaginativa de Olga Tokarczuk, que, unindo lugares e tempos, lança um olhar distópico e terno sobre a realidade e as profundezas da mente humana.

"A Filha do Regicida" de Camilo Castelo Branco

Editor: INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda

Sinopse: «A filha que ficou do primeiro volume da trilogia, O Regicida, mas que neste livro demora a chegar: sempre avesso às conveniências do romance arrumado, o livro dá prioridade à satisfação da vingança que derruba o traidor na própria estrebaria. A filha vem depois, alcançando a satisfação de compor a vida pelo casamento e de perdoar a própria mãe. Nada menos!»


Abel Barros Baptista

"Três Anéis - Uma história de exílio, narrativa e destino" de Daniel Mendelsohn

Editor: Elsinore

Sinopse:Como funciona a arte de contar histórias? O que faz uma boa história? Até onde pode ir a digressão numa narrativa? Foi num período de aguda crise criativa que Daniel Mendelsohn refletiu sobre essas questões, revisitando não só a história do errante Ulisses, mas também três escritores unidos pelo exílio e pela ancestral técnica literária da composição em anel.


São eles Erich Auerbach, o judeu filólogo que fugiu da Alemanha nazi para escrever o seu monumental estudo sobre a literatura ocidental, Mimesis, em Istambul; François Fénelon, o arcebispo francês do século XVII, cuja engenhosa sequela da Odisseia, As Aventuras de Telémaco, ditou o seu desterro; e o romancista alemão W.G. Sebald, autoexilado em Inglaterra, cujas narrativas distintamente sinuosas exploram temas de deslocamento, nostalgia e separação.

Conjugando memória pessoal, biografia e crítica literária, Daniel Mendelsohn explora, neste seu último e premiado ensaio, os misteriosos elos que ligam a aleatoriedade do nosso destino com a arte de o transformarmos em matéria ficcional, prestando uma homenagem aos mundos grego e judeu, e à capacidade infinita de metamorfose da Literatura.

"Diplomacia em Tempo de Troika de Luís" de Almeida Sampaio

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Diplomacia em Tempo de Troika é o testemunho pessoal e sensível escrito pela mão do Embaixador Luís de Almeida Sampaio, chefe da representação diplomática portuguesa em Berlim durante o governo de Pedro Passos Coelho.

Conta factos e episódios até agora desconhecidos e por si vividos directamente, e tece comentários e análises de grande alcance e pertinência acerca da acção diplomática então desenvolvida junto da sociedade e das autoridades alemãs.

Um depoimento que se reveste de «uma muito invulgar importância histórica» e que é «um contributo precioso para a História Diplomática de Portugal no século XXI», Diplomacia em Tempo de Troika conta ainda com um muito relevante.
prefácio de Pedro Passos Coelho.

"A Devoção do Suspeito X" de Keigo Higashino

Editor: Edições Asa

Sinopse: Em Tóquio, Yasuko vive uma vida tranquila. Após ter escapado a uma relação abusiva, finalmente acredita num futuro melhor para si e para a sua filha, Misato. Mas tudo muda quando o ex-marido aparece inesperadamente à sua porta. Naquele momento, o mundo confortável e seguro que Yasuko construiu é estilhaçado.

O reencontro rapidamente se torna violento e termina com um assassínio. Para complicar a situação, há uma testemunha, o excêntrico professor de Matemática que mora no apartamento ao lado e que tem um estranho plano para propor.

É ao detetive Kusanagi, da polícia da cidade, que cabe reconstituir os acontecimentos desse dia. Só que o agente depara-se com as circunstâncias mais enigmáticas e desconcertantes da sua carreira. Consegue sentir que algo está errado, mas não consegue perceber o quê. Desesperado, pede ajuda ao amigo Yukawa, um físico genial com uma inclinação especial para a resolução de crimes, o que lhe granjeou a alcunha de "Detetive Galileu". Avizinha-se uma luta entre mentes brilhantes, pois só um génio conseguirá compreender o outro génio que está por detrás deste crime…

"O Esplendor e a Infâmia" de Erik Larson

Editor: Dom Quixote

Sinopse: 10 de maio de 1940. O dia em que Churchill é nomeado primeiro-ministro, Adolf Hitler invade os Países Baixos e a Bélgica. Ao longo do ano seguinte, a Alemanha nazi bombardeia Inglaterra com uma intensidade inédita. Acossado, o «Velho Leão» tenta preservar, a todo o custo, o moral do seu povo… e convencer o presidente Roosevelt de que é do interesse dos Estados Unidos entrar na guerra.


Se durante este período a vida pública de Churchill é simplesmente  caótica, a sua vida privada não está melhor. Ele e Clementine, a sua mulher, confrontam-se com uma filha rebelde que não aceita a autoridade deles, e o filho, Randolph, debate-se com o adultério da mulher.

A partir de numerosos documentos inéditos - dos diários íntimos dos protagonistas a documentos confidenciais recentemente desclassificados - Erik Larson devolve à política a sua dignidade, fazendo-nos viver ao lado de Churchill num ano absolutamente excecional. Seja no 10 de Downing Street  ou na sua residência privada, este homem de recursos inesgotáveis, e sempre surpreendente, dará provas de liderança fora do comum, que lhe permitirá manter todo um país - e a sua uma família - unidos.

Inesquecível e de leitura compulsiva, O Esplendor e a Infâmia atingiu de imediato o primeiro lugar das listas de vendas nos Estados Unidos e em Inglaterra. Foi Livro do Ano do Washington Post e Barack Obama incluiu-o na lista dos seus livros preferidos.

"A Caixa" de Camilla Läckberg e Henrik Fexeus

Editor: Suma de Letras

Sinopse: Quando uma mulher é encontrada morta numa caixa de madeira, com o corpo perfurado por espadas, a polícia de Estocolmo fica perplexa: é difícil saber se é um truque de magia que acabou em tragédia ou um ritual macabro.


As investigações são confiadas a uma equipa especial: um grupo heterogéneo de agentes selecionados — e alérgicos a procedimentos institucionais —, entre os quais se destaca, pela sua competência como investigadora, Mina Dabiri. É a própria Mina que sugere envolver neste caso o famoso mentalista Vincent Walder, profundo conhecedor da linguagem corporal e do mundo do ilusionismo. Juntos, partem na caça ao assassino, mas a personalidade de ambos, marcada por pequenas e grandes obsessões e segredos indescritíveis, dificulta a investigação, também porque o seu próprio passado acaba por estar perturbadoramente ligado ao caso.

Com o aparecimento de mais um corpo, Mina e Vincent percebem que enfrentam um implacável assassino em série e dão início a uma emocionante corrida contra o tempo, para decifrarem os códigos numéricos e truques de ilusionismo de uma mente brilhante e perversa. Antes que a situação se agrave, a única arma de que dispõem para evitar que o assassino volte a matar é antecipar os seus movimentos: só compreendendo plenamente a sua loucura poderão acabar com ela.

Uma emocionante viagem à parte mais obscura da alma humana e que não deixará nenhum leitor indiferente.

"Apocalipse das Vacas Diários Zombie 1" de Guy Edmonds e Matt Zeremes

Editor: Edições Gailivro

Sinopse: Olá! Eu sou o JIMMY e estou a viver uma situação completamente estranha, um...

APOCALIPSE DE ZOMBIES

Vivo na cidade de Buttburgher, onde todos os adultos se transformaram em zombies, mas não os zombies carnívoros que se vê nos filmes. Estes zombies são VACAS! Literalmente!
Toda a gente está a mugir e a babar-se por todo o lado! E se a baba deles te atinge, estás torrado. E não me refiro a um belo pão torrado...
Felizmente, eu e os meus amigos temos um plano para encontrar uma cura…

"Porque morrem os seres vivos?"

Editor: Porto Editora

Sinopse: O que acontece quando alguém morre? Há problema em falar sobre a morte? E como podemos deixar de estar tristes?

Encontra as respostas neste livro de abas com bonitas ilustrações.
«Posso gritar, chorar ou esconder-me?
Sim! Quando alguém que tu conheces morre, é normal sentires-te ZANGADO ou TRISTE. Podes também sentir-te confuso e assustado.»

"O amor faz milagres" de Sveva Casati Modignani

Editor: Porto Editora

Sinopse: Uma das autoras mais amadas da narrativa feminina e com mais sucesso em Portugal.

Depois de Festa de Família, Gloria, Maria Sole, Andreina e Carlotta vivem novas aventuras num romance brilhante que reflete a realidade e os sentimentos das mulheres de hoje. E assim se percebe que o amor faz milagres.
No seu grupo de amigas, Glória sempre foi a mais equilibrada, de tal forma que ao longo de vinte anos nunca questionou a sua tranquila relação com Sérgio. Até ao dia em que se cruzou com Bruno Arconati, um encantador cirurgião cardíaco que salvou a vida do pai, vítima de um enfarte. Por mais que Gloria tente distanciar-se dele, o destino parece ter decidido o contrário e serve-lhe o belo cirurgião numa bandeja de prata, em plena conferência médica. Será Glória forte o suficiente para o manter afastado?
Enquanto isso, o mundo debate-se com um vírus que semeia dor e morte, um cenário a que nenhum dos nossos protagonistas escapa incólume. Felizmente, a vontade de viver prevalece acima de tudo. Andreina está em contagem decrescente para dar à luz, mas ainda não decidiu se quer o pai do bebé - um empresário americano que desconhece a gravidez - nas suas vidas.
Maria Sole, a mais jovem e inexperiente do grupo, encontra finalmente o verdadeiro amor após o naufrágio de seu casamento. E Carlotta, a brilhante advogada que viveu mil aventuras sem se levar muito a sério, surpreenderá as amigas com uma revelação sensacional.

"Como educar filhos para não serem idiotas - Estratégias para ajudar as crianças a serem adultos honestos e generosos" de Melinda Wenner Moyer

Editor: Ideias de Ler

Sinopse: Estratégias para ajudar as crianças a serem adultos honestos e generosos

NOTA IMPORTANTE: aqui ninguém acha que o seu filho ou a sua filha são uns idiotas. Pelo contrário, se pegou neste livro, sabemos que tem a genuína preocupação de os ajudar a serem adultos respeitadores e respeitados.
Acredita que tem tudo controlado? Bem... talvez não esteja a dar atenção aos maus exemplos a que as crianças são expostas diariamente.
Neste livro, baseado na mais recente investigação científica, Melinda Wenner Moyer apresenta inúmeras sugestões que ajudarão a educar crianças, da infância à adolescência, para que não se tornem egoístas, egocêntricas, intolerantes, mentirosas ou violentas e, em simultâneo, sejam resilientes, ambiciosas e honestas – ou seja, boas pessoas. Afinal, é isso que todos os pais desejam, acima de qualquer outra coisa.
Idiotas = Egoístas, mentirosos, intolerantes, malcriados, violentos – tudo o que os pais gostariam de evitar

"Como Não Ser Devorado" de Josette Reeves

Editor: Texto Editores

Sinopse: Recheado de belas fotografias e soberbas ilustrações, este livro promete levar-te numa espantosa viagem pelo mundo natural e dar-te a conhecer as surpreendentes estratégias que os animais e as plantas usam para não serem devorados pelos seus predadores!

Uns assustam-nos e outros confundem-nos, alguns dão luta e muitos dão espetáculo. É a natureza em todo o seu esplendor!

"Super Easy" de Khaby Lame

Editor: Nuvem de Tinta

Sinopse: Todos conhecem as origens dos super-heróis mais famosos, desde a picada da aranha radioativa, no caso do Homem-Aranha, à explosão do planeta Krypton do Super-Homem.


Já o Super Easy, o super-herói da simplicidade, foi levado por avião, ainda em criança, do Senegal para os bairros sociais de Chivasso, em Itália. Simples, não é? É justamente aí que começa a demonstrar os seus superpoderes, resolvendo os problemas das pessoas que vivem no seu bairro.

Mas todo o super-herói que se preze, mais cedo ou mais tarde, deve salvar o mundo. E, para isso, precisa de um supervilão que, neste caso, é o terrível Sr. Dominó, mestre das complicações inúteis. Conseguirá o Super Easy simplificar os caminhos sinuosos do mundo?

Neste divertidíssimo livro, o rei do Instagram e do TikTok dá a conhecer a sua história, a sua paixão por banda desenhada e a sua irresistível capacidade de nos levantar o ânimo.

Nasceu uma nova personagem de banda desenhada. Aprende com o Khaby, e tudo será mais simples.

"As 7 Vidas de José Saramago" de Miguel Real e Filomena Oliveira

Editor: Companhia das Letras

Sinopse: 

SOBRE O LIVROSINOPSE

Da infância na Azinhaga à consagração em Estocolmo, As 7 Vidas de José Saramago ensaia o retrato da vida de um homem profundamente comprometido com o ofício da escrita, dedicado a uma missão transcendente. Ancorados na Josephville que o escritor descreveu em 1968, Miguel Real e Filomena Oliveira contam, simultaneamente, a história de José Saramago e de um outro século XX português.

Menino pobre numa Lisboa hostil de que se sentia excluído em todos os aspetos, decide conquistar a cidade, derrubar as suas muralhas, fazê-la sua. Torna-se serralheiro e autodidata, será escritor, encontrará formas de ocupar o espaço social, cultural e político que lhe permitirá operar a revolução que idealizou e em que crê obstinadamente, o que o levará a criar obras-monumento como Memorial do ConventoO Evangelho Segundo Jesus Cristo e Ensaio Sobre a Cegueira. De 1922 para 1998, ano em que é distinguido com o Prémio Nobel da Literatura, Saramago vê a sua almejada Josephville transformar-se num mundo que o celebra e ao seu trabalho.

Ao longo dos sete capítulos que descrevem os diferentes momentos da vida do escritor, descobrimos um Saramago que se reinventa a cada revés, que desafia a imagem que o país tem de si mesmo e que enfrentou, sem medos, os seus piores fantasmas.

Escrita com total acesso aos arquivos da Fundação Saramago e contendo testemunhos inéditos, esta é a biografia íntima de um homem universal, que se forjou no idealismo de um mundo mais justo e se comprometeu a mudá-lo através da literatura.

"Pedro Luz - Um Homem, Quatro Vidas" de Rita Delgado

Editor: IN

Sinopse: Lisboa tem muito de Pedro Luz. Empreendedor é palavra que lhe assenta naturalmente. Primeiro foi a roupa (ainda desenha o que veste), depois as discotecas e os restaurantes - Lisboa deve-lhe o Alcântara-Café e o Alcântara-Mar. Ganhou dinheiro com a restauração - criou a primeira cadeia portuguesa de norte a sul, e não vive sem viajar. Em Paris no maio de 68, ou no nova-iorquino Studio 54, nos anos 70, esta é vida de um cosmopolita que não gosta de falar de si.


O criador da movida lisboeta visto pelos olhos de Rita Delgado, e de todos os amigos próximos e colaboradores. Relatos intimistas que nos dão a conhecer quem é na verdade Pedro Luz e como são as suas quatro vidas.

"Intimidades" de Katie Kitamura

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: Uma intérprete vai trabalhar para o Tribunal Internacional de Haia. É uma mulher de muitas línguas e identidades, e espera encontrar um lugar em que finalmente se possa sentir em casa. Assim que se instala, vê-se envolvida numa teia de dramas pessoais: descobre que o novo amante, Adriaan, embora separado da mulher, está ainda enredado nas malhas do casamento; que a sua única amiga, Jana, testemunhou um ato de violência, acontecimento que se transforma em obsessão; finalmente, é arrastada para uma situação política explosiva ao trabalhar no julgamento de um antigo presidente acusado de crimes de guerra, o que ameaça certezas adquiridas, bem como o seu posicionamento ético, pessoal e profissional.


Ao longo do livro é testada a maneira como vive as questões do poder, do amor e da violência, tanto na intimidade quanto nas suas funções no Tribunal - e a voragem de dúvida e dor, a par da busca pela verdade, acaba por levá-la a uma certa libertação e à descoberta do sentido que busca para a sua existência.

"A Inundação" de Mariajo Ilustrajo

Editor: Fábula

Sinopse: Uma cidade habitada por animais está lentamente a ser inundada. No início, eles não ligam e vão vivendo as suas vidas atarefados e indiferentes, apenas um pequeno animal se apercebe e chama a atenção dos outros.


Só quando a água atinge uma altura desmesurada, que eles não podem mais ignorar, é que começam a trabalhar juntos para salvar sua cidade. Só unidos é que conseguem resolver o problema que está a pôr em risco as suas vidas.

"A cidade dos prodígios" de Eduardo Mendoza

Editor: Porto Editora

Sinopse: «Para muitos [Eduardo Mendoza] é um dos herdeiros diretos de Cervantes.»

La Vanguardia

Em 1887, Onofre Bouvila, um rapaz pobre do campo, chega a Barcelona e obtém o seu primeiro trabalho como distribuidor de panfletos anarquistas entre os operários que trabalham na construção da Exposição Universal do ano seguinte. A partir daqui, o leitor assiste à espetacular ascensão social de Bouvila, que o vai converter, mediante métodos não muito ortodoxos, num dos homens mais ricos do país. Um extraordinário relato da construção da moderna Barcelona, um dos grandes romances espanhóis do século XX.

"Como Plantar um Unicórnio" de Rachel Morrisroe

Editor: Booksmile

Sinopse: Bem-vindo à loja do Sr. Apanha-Moscas. Uma misteriosa loja de plantas com as criaturas mais fascinantes... e onde tudo pode acontecer!


Junta-te à Sara enquanto ela descobre os segredos para plantar unicórnios (e cria uma grande confusão com eles!) nesta aventura divertida e encantada.

Uma história mágica e cheia de peripécias inesperadas, incluindo um monte de unicórnios trapalhões e uma avó muito fofinha.

Anda daí, entra já na loja do Sr. Apanha-Moscas e não te esqueças (NUNCA!) de seguir as instruções.

"As Novas Aventuras de Bruno Brazil - Terror boreal em Eskimo Point "de Aymond e Bollée

Editor: Gradiva

Sinopse: Um thriller por autores com provas dadas na BD de aventura. A ler por toda a família, para descobrir ou redescobrir!


Os agentes da Brigada Caimão, do WSIO, têm em mãos um caso sério de ameaça à segurança nacional.

Pelo meio, todas as componentes que criam um imperdível livro cheio de suspense: crimes sofisticados, acção, pesquisa avançada. Sem esquecer o excelente desenho, essencial numa BD de referência.


"Brandos Costumes" de Luís Reis Torgal

Editor: Temas e Debates

Sinopse: Nesta obra faz-se a análise de alguns processos da polícia política de figuras «exemplares» no panorama cultural português. Tendo como base as mais variadas fontes, mas sobretudo os seus processos na polícia política, apresenta os casos de Tomás da Fonseca, Aquilino Ribeiro, Ferreira de Castro, Miguel Torga, Soeiro Pereira Gomes, Fernando Namora, Jorge de Sena, Natália Correia, Luís de Sttau Monteiro, Sílvio Lima, Joaquim Ferreira Gomes, Amílcar Cabral e Agostinho Neto, entre outros.


O título, propositadamente irónico, de Brandos Costumes… revela como foi e é possível manejar uma expressão que foi assumida pelo regime e por alguns autores e simples cidadãos que ainda hoje interpretam assim o Estado de Salazar.

Tomás da Fonseca (Luís Filipe Torgal) • Aquilino Ribeiro (Renato Nunes) • Ferreira de Castro (Luís Reis Torgal) • Miguel Torga (Renato Nunes) • Soeiro Pereira Gomes (Renato Nunes) • Fernando Namora (Paulo Marques da Silva) • Jorge de Sena (Heloisa Paulo) • Natália Correia (Vítor Neto) • Teatro e opinião pública (Luís Reis Torgal) • O meio intelectual e académico. O caso do informador Inácio (Paulo Marques da Silva) • Universidade, Igreja católica e vigilância policial (Luís Reis Torgal) • Amílcar Cabral e Agostinho Neto (Julião Soares Sousa)

"A Torre dos Loucos Trlogia Hussita - Livro 1" de Andrzej Sapkowski

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Reinmar de Bielau, conhecido como Reynevan, é médico e, de acordo com alguns, charlatão. Enamorado pela bela e fogosa Adèle, vive com ela momentos de paixão, até ser surpreendido pelos irmãos do marido traído.


Obrigado a fugir de casa, rapidamente percebe que o perigo não está só à sua frente… esconde-se igualmente atrás de si. Perseguido pelos irmãos Stercza e pela Santa Inquisição, Reynevan dá por si em Narrenturm, a Torre dos Loucos. A Torre é um abrigo para os loucos, ou para aqueles que ousam pensar de forma diferente e desafiar a ordem estabelecida. Escapar da Torre, evitando o conflito à sua volta, e manter a própria sanidade pode revelar-se um desafio muito maior do que Reynevan alguma vez imaginou.

"Finlay Donovan Vai Arrasar" de Elle Cosimano

Editor: TopSeller

Sinopse: Poderá a vida de uma mãe comum tornar-se ainda mais complicada?


Mãe divorciada, escritora a enfrentar um bloqueio criativo e dona de casa com muitas faturas por pagar, Finlay Donovan não tem uma vida fácil. Como se não bastasse, o novo livro que prometeu entregar à sua agente literária ainda não está escrito, o ex-marido despediu a ama sem lhe dizer nada e a filha mais velha teve de ir para a escola com o cabelo colado com fita adesiva, depois de um pequeno incidente doméstico envolvendo uma tesoura.

Quando se encontra com a agente para lhe falar sobre o processo criativo para o novo livro, a sua conversa é ouvida por alguém numa outra mesa, que a confunde com uma assassina a soldo e a contacta para matar o seu marido. Intrigada e decidida a usar a situação como inspiração para a sua próxima história, Finlay não resiste à curiosidade acerca do que terá levado aquela mulher a fazer-lhe uma proposta tão inusitada e decide aprofundar o assunto.

No entanto, tudo se complica antes de ela conseguir esclarecer o mal-entendido. Quando dá por si, Finlay já se encontra envolvida numa rocambolesca trama, da qual terá dificuldades em sair. Pelo meio, terá também de lidar com a sua conturbada vida pessoal, enfrentando as agruras da maternidade, as quezílias com o ex-marido e as dificuldades de novos relacionamentos.

"Vida e Morte - Como o Budismo pode ajudar a entender a vida, a lidar com a morte e a superar as crises" de Monja Coen

Editor:  Farol

Sinopse: Como aceitar a morte? Os vivos e os mortos comunicam entre si? Qual é a melhor forma de viver o luto, entender a vida, e aceitar as aflições e as crises?


Da autoria da Monja Coen, este livro tenta responder a essas e a muitas outras questões. ao abordar o tema da morte, incide também, e por essa mesma razão, na vida: uma passagem que pode ser tranquila e agradável, uma caminhada, uma peregrinação sagrada.

Para que o caminho seja leve e suave, precisamos de atitudes, gestos e palavras que nos inspirem a continuar a jornada. Este livro abre essa porta, encorajando a viver com plenitude e a apreciar cada etapa da existência. Depois, que cada um de nós saiba inspirar os outros com o exemplo coerente das nossas vidas e atitudes, palavras e gestos, pensamentos e ações.

"Raposa e Coelho N.º 1 - Amizade ao quadrado" de Beth Ferry; Ilustração: Gergely Dudas

Editor:  Booksmile

Sinopse: A Raposa gosta de experimentar coisas novas e tem medo de alturas. O Coelho gosta de estar sempre preparado e tem medo de tudo e mais alguma coisa!


Embora sejam diferentes, a Raposa e o Coelho são grandes amigos e, juntos, adoram descobrir e explorar o mundo que os rodeia. Eles nunca sabem o que os espera, mas têm a certeza (ao quadrado!) de que a amizade é, sem dúvida, a melhor aventura de todas!

Raposa e Coelho é a novela gráfica que celebra a amizade.

"O caminho do Peregrino - Uma jornada sobre o sentido da vida e a busca pela salvação" de John Bunyan

Editor:  Albatroz

Sinopse: Uma jornada sobre o sentido da vida e a busca pela salvação

Atormentado por ter sabido que a sua cidade iria ser destruída, um homem resolve abandonar tudo o que tem e partir em busca da salvação. Carregando consigo um enorme fardo e o livro onde tomou conhecimento da desgraça antecipada, enceta, assim, uma peregrinação repleta de aventuras e desafios, na qual se cruza com inúmeros personagens marcantes que ora ajudam ora dificultam a sua viagem.
Publicado originalmente em 1678, O Caminho do Peregrino é uma metáfora sobre o sentido da vida e a busca por um bem maior. Ao longo da História tem-se revelado uma inspiração para todos os que procuram a paz espiritual, acreditam no poder da fé e admiram a resiliência de quem luta incansavelmente por aquilo em que acredita.
Talvez por isso esta seja considerada uma das obras mais lidas de sempre e a segunda mais importante do Cristianismo, logo após a Bíblia.
“É aqui que começa a minha felicidade? É aqui que o fardo que carrego se descarta?”

"Ao Ritmo do Harlem" de Colson Whitehead

Editor: Alfaguara Portugal

Sinopse: Ray Carney tem uma história semelhante à de várias outras do seu bairro. É vendedor de mobília, pai de família, homem pacato. Pouca gente sabe que ele descende de uma linhagem de rufiões e que, sob a aparência de normalidade, há várias pontas soltas no seu caminho.


Como o dinheiro nem sempre chega, Ray desenrasca-se com esquemas trapaceiros e biscates pouco recomendáveis, à boleia das atividades ilícitas do primo Freddie. Mas há um dia em que os planos dão para o torto e Ray cai numa teia de corrupção, crime e pornografia, a que não faltam polícias duvidosos e arruaceiros sem escrúpulos. Começa aqui a sua vida dupla e Ray vai percebendo melhor quem realmente puxa os cordelinhos por ali.

Um mistério policial entrelaçado com a história de uma família comum, encenado no fervilhante Harlem dos anos 60, sobre o pano de fundo do movimento dos direitos civis, numa época histórica irrepetível, que mudaria para sempre o mundo.

Colson Whitehead - mestre do romance, um dos mais premiados escritores da atualidade e voz literária fundamental na história da cultura negra - oferece-nos uma narrativa de crimes e castigos, episódios tragicómicos, pequenas vinganças e grandes disfarces. Um impressionante romance sobre raça e poder, os temas fulcrais da obra deste escritor.

"Abelhas cinzentas" de Andrei Kurkov

Editor: Porto Editora

Sinopse: Ucrânia, região do Donbass, 2017

Pequena Starhorodivka é uma aldeia de apenas três ruas em plena Zona Cinzenta ucraniana, a terra de ninguém entre as forças nacionalistas e separatistas. Devido à violência constante de uma guerra que se arrasta há anos, todos os habitantes abandonaram a aldeia, menos dois: Sergey Sergeyich e Pashka, dois animigos de infância. Juntos, encontram formas de sobreviver, no meio de constantes bombardeamentos que não se sabe bem de onde provêm ou quais os seus alvos. Naquela aldeia, o conflito perdera há muito qualquer tipo de sentido.
Sem eletricidade há meses, e com pouquíssima comida, Sergeyich tem um único prazer na vida: as suas abelhas. Com a chegada da primavera, o apicultor sabe que terá de as transportar para longe da Zona Cinzenta, onde elas poderão recolher o pólen em paz. Esta simples missão leva-o a conhecer combatentes e cidadãos dos dois lados da frente de batalha: nacionalistas, separatistas, ocupantes russos e tártaros da Crimeia. Para onde quer que vá, a inocência e simplicidade de Sergeyich, a par da sua moral irrepreensível, desarmam todos aqueles que encontra pelo caminho.
Em Abelhas cinzentas, Andrei Kurkov traça, fazendo uso do seu humor desconcertante, um assombroso retrato da terrível situação que o seu país atravessa, mostrando-nos que, mesmo nos contextos mais improváveis, e por vezes da forma mais absurda, a vida encontra forma de seguir o seu rumo.

«Vitória! Vitória!»
«E quem venceu?», perguntava Sergeyich, e depois ficava petrificado de medo ao ver outro morteiro a explodir, enquanto chuviscavam fagulhas em cima dele.
«Não sei», dizia Pashka. «Não importa. O que interessa é a vitória, acabou a guerra!»

"Maina Mendes" de Maria Velho da Costa

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: «Nenhum dos nossos livros contemporâneos redistribui com tanto sucesso as experiências mais criadoras da prosa portuguesa»

— Eduardo Lourenço

Maina Mendes é uma mulher silenciada num mundo de homens e dos homens, que cedo percebe na sua condição imposta uma forma de a metamorfosear a seu favor: do silêncio faz a sua resignada mudez. Publicado em 1969, este é o primeiro romance de Maria Velho da Costa, um livro que mudaria para sempre as letras portuguesas pela sua força inaugural, o seu modo de dizer novo e experimental, embora filho de um legado literário prístino (Maina Mendes bem poderia ser menina e moça levada de casa de seus pais para muito longe), um exemplo máximo desta grande escritora.

"Gula de uma Rapariga Esquelética de Amor" de Gabriela Relvas

Editor: Suma de Letras

Sinopse: Era uma vez uma rapariga esquelética de amor, um isco de ingenuidade gordo de antíteses. Era uma vez uma pintora que encostou os pincéis para escarafunchar uma trama de segredos que emergem da mente (ou da vida).


"Ninguém nos prepara para isto, nem o Júlio calado, nem as lágrimas da Cristina, nem a Odete nua no whisky, nem a sola de madeira no osso, as coisas que nos espantam pouco nos imunizam. É como se viver fosse uma prescrição para pessoas mal preparadas, as bem preparadas não as conheço, serão almas que já aqui andaram e que agora nos veem e troçam de nós de perna cruzada no sofá enquanto passamos o chão a esfregona, fantasmas que penetram a parede da sala para dar à cozinha, abrem a porta do frigorífico e riem da marmelada que não solidificou, cacarejam ao ver o cu de quem metemos na cama, que do nosso já não conseguem rir, e bocejam esta frase pronta a causar dano, Ao que tu chegaste. Aquela noite veio a revelar-se na minha mais incompreensível inaptidão.

Neste romance de estreia, Gabriela Relvas vira tudo do avesso numa linguagem frenética, desprovida de regras e carregada de inconformismo. Sara Branco Bizarro, personagem principal da história, pinta retratos rápidos de uma trama de segredos que emergem dos lugares mais recônditos da sua existência, numa narração insaciável. Gulosa, a rebentar, ainda que vazia; um isco de ingenuidade gordo de antíteses. Prestes a fazer 42 anos, circula no passado por necessidade, põe na mesa a criança que viu o que não devia ter visto.

Um livro vertiginoso e poderoso sobre o que, por vezes, custa ser mulher.

"Um Cavaleiro Sombrio" de Kinley MacGregor

Editor: TopSeller

Sinopse: Destemidos, são homens leais aos oprimidos e à sociedade secreta conhecida como a Irmandade da Espada. Mas nunca se deverão render aos anseios fervorosos dos seus nobres corações…


Uma Mulher Dedicada ao Amor
A bela e pacífica Rowena, donzela apaixonada pela música e pelas artes, conhece bem a fama de Stryder de Blackmoor enquanto guerreiro feroz e cavaleiro destemido; ou seja, tudo aquilo que ela quer evitar. Mas, ao cruzar-se com ele por força do destino, nota que existe um fogo no olhar deste cavaleiro indómito que ela nunca viu nos seus pares: ternura e necessidade de amar e ser amado. No entanto, seria uma loucura entrar no seu mundo — algo que violaria todos os princípios pelos quais sempre regeu a sua vida. É forçoso que resista, a todo o custo, ao desejo de cair nos seus braços.

Um Homem Dedicado à Guerra

Tendo jurado lutar pela justiça, Stryder nunca desejou os confortos de uma vida comum ou de um lar — isto, até contemplar o rosto delicado e a figura da incomparável Rowena. Stryder, todavia, que jurou nunca conhecer o amor, não ousa sucumbir aos seus encantos sensuais. Mas quando a traição e o perigo ameaçam a paz do reino, o nobre cavaleiro deve assumir-se como o paladino oculto da sua senhora — mesmo que os seus atos possam custar-lhe a honra, o juramento que fez a si mesmo… e o seu coração.

"Tu Atrais o que é Teu - O caminho da prosperidade e da paz" de James Allen

Editor: Nascente

Sinopse: Ocasionalmente, a alma sente que encontrou paz e uma felicidade convincente através de uma religião ou de uma filosofia. Mas o dia de uma grande dor, de uma doença ou de um infortúnio acaba por chegar e afetar mentes não fortalecidas. Como podemos, então, fugir ao sofrimento e à tristeza?


Segundo James Allen, um dos maiores autores de sempre na área da espiritualidade, existe um método a partir do qual podes assegurar uma prosperidade permanente, sem medo da adversidade.

Para teres uma vida plena e feliz, e um caminho que te conduza à paz, é necessário compreenderes a natureza do mal, mergulhando dentro de ti e direcionando os teus próprios pensamentos.

A mensagem deste livro torna-se particularmente relevante ao explorar o poder de uma mente consciente na transformação das condições de vida de cada um, e ao ensinar como tirar proveito do seu poder inato.

"Contra a Interpretação e Outros Ensaios" de Susan Sontag

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: «Contra a interpretação» é um dos mais célebres ensaios de Susan Sontag e o que dá título à sua primeira coletânea de ensaios e recensões, publicada em 1966. Sobre estes escritos, Sontag observou que escrevia «com fervorosa parcialidade, acerca de problemas que […] suscitavam certas obras de arte, maioritariamente contemporâneas, de géneros diferentes: queria revelar e clarificar os pressupostos teóricos subjacentes a determinados juízos de valor e gostos». Entre eles, encontram-se «A morte da tragédia», «Notas sobre o camp», «Marat/Sade/Artaud» e «Sobre o estilo» (publicados na Partisan Review); «Os Cadernos de Camus» e «Ionesco» (New York Review of Books); «O artista como sofredor exemplar» (The Second Coming); «Uma cultura e a nova sensibilidade» (Mademoiselle); e «A imaginação da catástrofe» (Commen-tary), para nomear apenas alguns.

"A Trilogia de Copenhaga Infância; Juventude; Relações Tóxicas" de Tove Ditlevsen

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Considerada «uma obra-prima» pelo The Guardian, A Trilogia de Copenhaga reúne num único volume Infância, Juventude e Relações Tóxicas, os três livros fundamentais de Tove Ditlevsen, aclamada como uma das vozes mais importantes e singulares da literatura dinamarquesa do século XX. Uma obra corajosa e honesta que representa um exercício pioneiro no campo da escrita confessional, explorando temas como a família, o sexo, a maternidade, a toxicodependência e as dificuldades da mulher para ser artista.


Durante a sua vida, Ditlevsen teve de lidar com a tensão entre a sua vocação de escritora e os seus papéis de filha, esposa e mãe, bem como a sua condição de viciada, o que a levou a escrever sobre a experiência e a identidade feminina de uma maneira muito à frente do seu tempo e ainda pertinente para as discussões atuais em torno do feminismo. Embora baseada nas experiências da autora, A Trilogia de Copenhaga lê-se como a ficção mais empolgante, sendo notável pela sua intensidade e descrição imersiva de um mundo de complexas amizades femininas, relações familiares e literatura - nesse sentido, é a resposta de Copenhaga aos romances napolitanos de Elena Ferrante. Por outro lado, Ditlevsen pode também ser vista como uma precursora espiritual de escritores confessionais como Karl Ove Knausgård, Annie Ernaux, Rachel Cusk e Deborah Levy.

"Isabel II - Rainha e Mulher A vida pública e o universo íntimo" de Alberto Miranda

Editor: Editora Guerra & Paz

Sinopse: Rainha à escala planetária, símbolo para toda a humanidade, conhecida nos quatro cantos do planeta, Isabel II é um verdadeiro ícone dos séculos XX e XXI.


A vida oficial da rainha é pública e amplamente mediatizada, mas a sua vida privada foi sempre um verdadeiro mistério. É o mergulho nesse mistério que este livro pretende e se propõe.

Como encarou o passar dos anos? Como preparou a sua sucessão? Qual o seu papel na união dos Windsor e nos elementos desestabilizadores da sua família?

Além das suas responsabilidades como soberana e chefe da Igreja Anglicana, quais os seus gostos, os seus hobbies, comidas, roupas e joias? Qual a relação com as suas casas privadas?

Estas e outras perguntas serão respondidas através da investigação cuidada de Alberto Miranda, suportada nos relatos de próximos e de especialistas que com ela privaram ou tiveram uma relação directa.

Neste livro, o primeiro escrito em português inteiramente dedicado à Rainha, os seus 96 anos de vida e 70 de reinado são analisados numa perspetiva temática, cuja narração, plena de detalhes e curiosidades, não obedece necessariamente à cronologia.

"Contos Arrepiantes da "História de Portugal - Revoluções Revoltantes" de Rui Correia e António F. Nabais; Ilustração: Hélio Falcão

Editor: Nuvem de Tinta

Sinopse: Qualquer pessoa que chegasse a Portugal no século XIX ia logo embora, tal a balbúrdia que encontrava. Um reino destruído e pilhado por tropas francesas. Uma família real enlouquecida a fugir de Napoleão. Batalhas por todo o país, com milhares de mortos e feridos, viúvas e órfãos. no meio disto, um Brasil que decidiu ser independente.


A liderar a revolução, D. Pedro, o rei português que abdicou da Coroa portuguesa e depois da Coroa brasileira, só para regressar a Portugal e derrotar o irmão que o tinha traído. Uma sangrenta guerra civil pôs o país a ferro e fogo. Quando chegou ao fim e tudo parecia terminado, os ingleses humilharam-nos em África e os ódios partidários iriam conduzir ao extraordinário assassinato do rei D. Carlos.

De resto, estava tudo bem.

"Vinte Anos de Poesia Ortónima - Volume I - 1915-1920" de Fernando Pessoa

Editor: INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda,

Sinopse: «A série Vinte Anos de Poesia Ortónima divulga os principais poemas escritos em português por Fernando Pessoa entre 1915 e 1935 que estão fora da produção heteronímica e das raras publicações em vida. São poemas formalmente completos, ou quase, que testemunham a escrita pessoana desde a revista Orpheu até ao último ano do nosso maior poeta do século XX. O texto baseia-se, com ligeiras adaptações, na Edição Crítica de Fernando Pessoa publicada pela Imprensa Nacional. Este volume, que reúne a poesia de 1915 a 1920, produz uma impressão de caleidoscópio experimental, tal a diversidade de estilos, temas, tonalidades e programas de escrita nela documentada. O espectro abrange tanto explorações de um certo simbolismo decadente como as experimentações do estilo coloquial controlado de que Pessoa se revela um poderoso manejador.

Aqui encontram-se ainda sinais do que virá a ser Mensagem, bem como um que outro poema de inclinação talvez heteronímica.»

"Vinte Anos de Poesia Ortónima I - 1915-1920" de Fernando Pessoa

Editor: INCM - Imprensa Nacional Casa da Moeda,

Sinopse: «A série Vinte Anos de Poesia Ortónima divulga os principais poemas escritos em português por Fernando Pessoa entre 1915 e 1935 que estão fora da produção heteronímica e das raras publicações em vida. São poemas formalmente completos, ou quase, que testemunham a escrita pessoana desde a revista Orpheu até ao último ano do nosso maior poeta do século XX. O texto baseia-se, com ligeiras adaptações, na Edição Crítica de Fernando Pessoa publicada pela Imprensa Nacional. Este volume, que reúne a poesia de 1915 a 1920, produz uma impressão de caleidoscópio experimental, tal a diversidade de estilos, temas, tonalidades e programas de escrita nela documentada. O espectro abrange tanto explorações de um certo simbolismo decadente como as experimentações do estilo coloquial controlado de que Pessoa se revela um poderoso manejador.

Aqui encontram-se ainda sinais do que virá a ser Mensagem, bem como um que outro poema de inclinação talvez heteronímica.»

"Mimi e Rogério - O Festival das Bruxas" de Valerie Thomas e Korky Paul

Editor: Gradiva

Sinopse: Depois de conhecerem bruxas de todo o mundo no Festival Internacional das Bruxas, a Mimi e o Rogério partem numa viagem mágica para visitar os seus novos amigos.


Quando regressam a casa, há demasiado silêncio. Eis senão quando alguém bate à porta… É uma aventura festiva da Mimi e do Rogério.





cardapio.pt @ 21-9-2022 18:05:38


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros