Novas confirmações do 20º Super Bock Super Rock: Massive Attack, Metronomy e The Cat Empire

17, 18, 19 de Julho, Herdade do Cabeço da Flauta Junto à Praia do Meco, Sesimbra

A aposta na qualidade dos artistas sempre foi um dos epítetos emblemáticos do Super Bock Super Rock. Desde a primeira edição, os nomes que constituíram os diferentes cartazes foram sempre de excepção, representando de forma irrepreensível o melhor do rock, mas igualmente géneros que fundem a electrónica aos sons que se convencionaram categorizar de independentes. Na 20ª edição, a programação do festival seguirá a sua linha histórica, procurando dar nota dos mais interessantes novos artistas da actualidade, e destacar os nomes mais consagrados e a sua capacidade de criação e reinvenção, trazendo consigo as mais recentes novidades:

Música no Coração @ 11-2-2014 11:13:14

Massive Attack apresentarão o seu novo disco em 4 anos com uma nova produção ao vivo,Metronomy trazem o seu tão esperado novo álbum “Love Letters” e The Cat Empire com estreia marcada em Portugal para os palcos do Meco.


Em 2014 o Super Bock Super Rock contará com a presença de uma das bandas mais marcantes das últimas 2 décadas: Massive Attack. Com 25 anos de carreira, nunca perderam o fôlego. Pais do trip-hop, souberam sempre elevar a música electrónica para territórios onde só os raros têm lugar cativo. A banda de "3D" (Robert Del Naja) e "Daddy G" (Grant Marshall) assumiu perenemente uma competência de relojoeiro, editando ao ritmo da vontade e da qualidade dos distintos. O concerto no Meco vai ser, no entanto, especial. Surgirá por ocasião de um novo disco – 4 anos depois! -, apresentado num espectáculo com um desenho cénico também ele novo – a estrear um mês antes no Sonar de Barcelona – para vestir na perfeição os temas recentes e tão esperados. O Super Bock Super Rock terá o privilégio de ser um dos primeiros palcos onde os Massive Atack desfilarão as novas composições, num formato visual exclusivo para o mais recente trabalho, e que se adivinha imperdível.

Da mesma geografia, confirma-se a presença dos Metronomy. Invenção de Joseph Mount, o quarteto britanico vem ao Super Bock Super Rock com disco novo na bagagem. Chama-se "Love Letters” e o single "I´m Aquarius", apresentado em Novembro de 2013, tem recebido uma lava de elogios, epítetos merecidos para um som que, pela sua particularidade, se apresenta à margem de muitos dos projectos que o mercado da electrónica/indie oferece. São incomuns os projectos que, sobre bases pop, compõem canções tão bem e electronicamente estruturadas, ricas de melodia e elegância dançável. Depois do extraordinário “The English Riviera” (2011), os Metronomy confirmarão os seus créditos singulares, trazendo o novo tesouro discográfico ao 20º Super Bock Super Rock.
 

Conhecida como uma das melhores bandas a actuar em festivais pelo mundo fora, fundem vários estilos que vão do Jazz ao Rock, passando pelo Reggae e o Funk. Depois de iniciarem o seu percurso com o álbum homónimo em 2003, os The Cat Empire foram desafiando a sua mutabilidade sonora até ao mais recente “Steal the Light” onde apesar de explorarem como sempre os limites da sua identidade, mantêm o registo que fez deles uma banda querida pela sua musicalidade, humor e energia. Entretenimento puro é o que prometem os australianos para o dia 17 no Super Bock Super Rock deixando um rasto de alegria no ar, em que a dança e os sorrisos serão certamente o ingrediente principal.


Mais novidades a anunciar brevemente.


Já confirmados:
Dia 17 – Massive Attack, Disclosure, Metronomy, Jake Bugg, The Cat Empire
Dia 19 – Foals, Albert Hammond Jr.


Massive Attack Nos seus quase 25 anos de carreira,  não precisaram de lançar mais do que 5 álbuns. Neles, corre um oceano de géneros, pautados por uma electrónica inebriante,  hipnótica, a que alguém, um dia, nos tempos dos primeiros discos, resolveu chamar de trip hop. Da escura cidade de Bristol, "3D" (Robert Del Naja) e "Daddy G" (Grant Marshall), carregam a paternidade de um estilo que abraça elementos do jazz, soul e hip-hop, e onde a melodia serpenteia num jeito contagiante. Entre 91 e 94 editaram os históricos “Blue Lines”, “Protection” e “Mezzanine”, discos com colaborações de peso como Tracey Thorn  - da dupla Everything But The Girl – ou Elizabeth Fraser, dos Cocteau Twins. Em 2003 saiu “100th Window” e só em 7 anos depois o último, “Heligoland”. Para 2014 está novo trabalho prometido, para conferir no 20º Super Bock Super Rock.


Metronomy I'm Aquarius é o primeiro avanço do 4º disco de originais dos Metronomy. O novo lp chama-se “Love Letters” e tem edição marcada para o primeiro trimestre de 2014. O tema é revelador da marca da banda de Joseph Mount, cantor/compositor principal e inventor dos Metronomy. Existem desde 1999, mas só depois do lançamento do álbum de estreia, “Pip Paine (Pay the £5000 You Owe)” (2006), é que as surpreendentes canções pop cheias de electrónica de Mount começaram ecoar no grande público. Depois da estreia, seguiram-se “Nights Out” (2008)e o aclamado “The English Riviera”, 2011.

The Cat Empire Os The Cat Empire andam nisto da música há mais de uma década. Inquietos – como as suas canções -, vão, de disco em disco, explorando latitudes sonoras, ritmos e novas histórias para contar. Banda australiana constituída por 8 músicos, causam frenesim e muita agitação com a luz e felicidade que transportam na forma como interpretam e executam as suas composições. No ano passado editaram “Steal The Light”, mais um registo onde cabem géneros como o jazz, rock, hip hop e sons próximos dos explorados pela música cigana, tudo a ressoar festivo e convidativo.

Música no Coração @ 11-2-2014 11:13:14

Galeria de videos


Clique aqui para ver mais sobre: Música