Conheça as tendências de restaurantes para este verão

O verão e os dias de calor estão de volta e a vida dos portugueses está gradualmente a voltar ao normal, tal como a de milhares de restaurantes por todo o país. Desta forma, muitos restaurantes da zona do Algarve, Almada e do Funchal viram as suas reservas aumentarem face ao mesmo período pré-pandemia (junho de 2019). O TheFork analisou as preferências dos portugueses nesta regresso às áreas de restauração e apresenta agora as principais tendências deste verão.

cardapio.pt @ 4-8-2021 11:11:00

Al Garage - Lisboa

Al Garage - Lisboa

Segundo os dados internos do TheFork, o top 3 de cozinha mais procurada pelos portugueses este verão, tanto no website como na app da plataforma, tem sido a cozinha japonesa (sushi), seguida de peixe e marisco e, em terceiro lugar, os hambúrgueres.

Contudo, é interessante verificar que, aquando da altura de escolher o tipo de gastronomia, desde a reabertura do comércio e restaurantes nacionais (a 5 de abril de 2021) que a cozinha portuguesa tem vindo a liderar a preferência dos consumidores nacionais, com 28% do total das reservas, mostrando que os portugueses se têm mantido fiéis às suas origens. À cozinha nacional segue-se a mediterrânica, com 14% do total das reservas, seguida da japonesa e italiana, ambas com 8% e, com 6%, a cozinha europeia.


Il Vivaldi - Funchal

Il Vivaldi - Funchal

Face ao aumento da digitalização no setor da restauração, devido à antecipação nas reservas, várias cidades sentiram uma grande evolução no mês de junho comparativamente a 2019 (mesmo período pré-pandemia). Através do website e app, o TheFork registou um maior crescimento de reservas em Almada e em várias cidades do Algarve e no Funchal, sendo que estas duas últimas zonas têm sido escolhidas como destino de férias por um grande número de portugueses.

Mais especificamente no Carvoeiro, as reservas online através da plataforma TheFork quadruplicaram face a junho 2019, aumento que também se verificou em Monte Gordo e Almada, onde os valores duplicaram. O número de reservas teve igualmente um aumento muito expressivo em Setúbal (158%), no Funchal (142%), em Olhão (139%) e em Sines (129%), ultrapassando por larga margem os valores correspondentes a junho pré-pandemia.

Em Faro (65%) e nas Caldas da Rainha (62%), as reservas online também cresceram mais de metade, face a 2019. Esta evolução também é visível noutras regiões do Algarve, tal como em Tavira (49%) e Albufeira (34%), revelando um marcado crescimento, de mais de 30%.

Nas grandes cidades – Porto (24%) e Lisboa (10%) – notou-se igualmente um incremento nas reservas online, apesar de menor expressão, sendo locais onde os consumidores portugueses recorrem ao TheFork com mais frequência, e onde existe um elevado número de restaurantes aderentes, há já vários anos.

cardapio.pt @ 4-8-2021 11:11:00


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Restaurantes