Dia Mundial da Poesia - Homenagem a Júlio Pomar

No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Poesia (21 de março), o Teatro Nacional Dona Maria II homenageia o poeta e artista plástico Júlio Pomar, no dia 18 de março, às 19h, no Salão Nobre. Esta será ainda uma ocasião para rever o texto provocatório, com um fôlego futurista, Manucure de Mário de Sá-Carneiro, dito por João Grosso. 

cardapio.pt @ 12-3-2014 15:53:18

Júlio Pomar - Auto-retrato 1974

Júlio Pomar - Auto-retrato 1974

Uma personagem encontra-se no café, comovendo-se com a sua própria sensação de ternura, e progressivamente instala-se o caos e a loucura: a tensão entre o interior e o exterior, a modulação vocal inspirada no ondear aéreo e nas cacofonias dos transportes e da indústria, a sensualidade da ausência de suporte, o cadenciado da máquina que se transforma em Rap, uma chávena de café que se transforma em ser desfeito...

Em 1915, Sá Carneiro escreveu a Fernando Pessoa: "Para mim basta-me a beleza – mesmo errada, fundamentalmente errada. Mas beleza: beleza retumbante de destaque e brilho, infinita de espelhos, convulsa de mil cores – muito verniz e muito ouro: teatro de magia e apoteose...". João Grosso revisita Manucure, um dos emblemáticos poemas da literatura portuguesa.


INFORMAÇÕES

Local: Teatro Nacional Dona Maria II

Data: 18 de março de 2014

Horário: 19h00

Preço: Entrada livre

cardapio.pt @ 12-3-2014 15:53:18


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros