Novidades Livros (13 a 19 de agosto de 2020)

cardapio.pt @ 12-8-2020 10:20:00

"Regresso a Casa" de José Luís Peixoto

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: 
Intimidade, confissões, família, memória e pacificação: assim é o novo livro de poemas de José Luís Peixoto.

O novo livro de José Luís Peixoto fala-nos das quatro paredes de uma casa - e de todas as suas recordações em tempo de pandemia. Evoca a solidão, o isolamento, as portas fechadas, mas também a solidariedade das recordações: a mãe, o pai, os aromas, a família, a aldeia, o amor. Há espaço para a recordação da infância como para a peregrinação pelo mundo inteiro, como um Ulisses em viagem perpétua, rodeado de objetos próximos e voltado para dentro, para o lugar onde se regressa sempre: a casa.

«As estantes são ruas. Os livros são casas onde podemos entrar ou que podemos imaginar a partir de fora. Há livros que visitámos e há livros onde vivemos durante certas idades, conhecemos cada uma das suas divisões, trancámo-nos por dentro.
Fomos jovens durante tantos capítulos mas, de repente, um dia, apercebemo-nos de que restavam cada vez menos páginas entre o polegar e o indicador.»

"Pedro Álvares Cabral e a Primeira Viagem aos Quatro Cantos do Mundo" de José Manuel Garcia

Editor: Temas e Debates

Sinopse: «Pedro Álvares Cabral ocupa um lugar proeminente na História Universal pelo que é particularmente importante evocar a sua memória quando se celebram os quinhentos anos da sua morte. O facto de ter sido o descobridor do Brasil assegura-lhe o justo protagonismo que tem, mas o significado da sua figura é muito mais importante na medida em que foi o primeiro homem a ter ido aos quatro cantos do mundo.


Com efeito, entre 1500 e 1501 ele conseguiu unir por via marítima os quatro continentes ao ter saído da Europa e aí regressado, após ter passado por África, América e Ásia. Ao realizar estas conexões, Pedro Álvares Cabral tornou-se, juntamente com Fernão de Magalhães, um dos maiores símbolos do início da mundialização, a qual está na origem remota da atual globalização.

Pedro Álvares Cabral, ao identificar um novo mundo, foi o último dos grandes descobridores portugueses do século xv, tendo ainda o sentido muito especial de ter iniciado a criação do Brasil e a profunda e multissecular ligação entre este país e Portugal.»

- Biografia de Pedro Álvares Cabral
- Antecedentes do descobrimento do Brasil: o significado do Tratado de Tordesilhas e a primeira viagem de Colombo à América do Sul
- A viagem da frota de Pedro Álvares Cabral entre Lisboa e a Terra da Vera Cruz: a relação da viagem e a carta de Pero Vaz de Caminha
- A viagem realizada desde a Terra da Vera Cruz até Cananor: escalas em África, travessia do Índico até à Índia, venturas e desventuras em Calecut
- O regresso: de Cananor ao cabo da Boa Esperança, a chegada a Lisboa e as mercadorias trazidas para Portugal
- A difusão feita por italianos das informações sobre a viagem de Pedro Álvares Cabral
- A memória da viagem de Pedro Álvares Cabral nos cronistas
- A viagem vista do Oriente

"Ficções" de Jorge Luis Borges

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: Ficções é uma obra fundamental de Borges; é lá que se encontram os grandes mitos e elementos centrais da sua criação. A arte da narrativa mudou completamente depois deste livro publicado em 1944.


Ficções é talvez o livro mais reconhecido de Jorge Luis Borges, e que inclui contos fundamentais para entender o seu universo, como «O Jardim dos Caminhos que se Bifurcam», «As Ruínas Circulares» ou «A Biblioteca de Babel». Há narrativas de natureza policial, como «A Morte e a Bússola», a história de um detetive que investiga o assassinato de um rabino; outras, que recriam livros imaginários como «Tlön, Uqbar, Orbis Tertius», reflexão extraordinária sobre a literatura e sua influência no mundo físico; e outras que podem ser consideradas fundadoras do moderno género fantástico, como «O Sul», que, nas palavras do mesmo autor, é talvez a sua melhor história.

"Fortaleza de Lanças" de Anthony Riches

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Os romanos derrotaram a aliança rebelde, deixando Calgus, senhor das tribos do Norte, prisioneiro dos líderes tribais que antes liderara. Mas o novo líder romano não lhes dará descanso. Ele concebe um plano audacioso para capturar Dinpaladyr, a fortaleza de lanças, e entregá-la nas mãos de um aliado.


Marcus Aquila - movido pelo desejo de vingar a morte de um dos seus melhores amigos - faz parte de um grupo de infantaria especialmente escolhido para tomar a fortaleza antes que o exército rebelde a alcance. O jovem acredita que o seu disfarce como Centurião Corvus da Segunda Coorte dos Tungros permanece intacto.

Mas nada detém a engrenagem do Império. De Roma foram enviados dois agentes para matar o centurião, assassinos impiedosos que sabem quem ele é e quem são os seus amigos.

"Chegada a - Hora Livro de bolso" de Jeffrey Archer

Editor: 11 X 17

Sinopse: Chegada a Hora é o penúltimo livro das Crónicas dos Clifton, e, à semelhança dos anteriores, todos eles n.º 1 do top britânico, mostra o extraordinário talento de Jeffrey Archer como contador de histórias.


O bilhete de suicídio com que abre este livro tem consequências arrasadoras para Harry e Emma Clifton, assim como para Giles Barrington e Lady Virginia.
Giles tem de decidir se vai desistir da política para tentar salvar Karin, a mulher que ama, do outro lado da Cortina de Ferro. Mas será que Karin o ama de facto ou será uma espia?
Lady Virginia está arruinada e só encontra uma solução para os seus problemas financeiros quando conhece Cyrus T. Grant III, um americano que está em Inglaterra para ver o seu cavalo correr no Royal Ascot.

Sebastian Clifton é agora CEO do Farthings Bank, uma posição que absorve todo o seu tempo e energia. Até conhecer Priya, uma bela jovem indiana que já tem noivo escolhido pelos pais.
Harry Clifton continua decidido a tirar Anatoly Babakov de um gulag na Sibéria, mas eis que acontece algo inesperado, que nenhum dos dois poderia ter previsto.

"A Promessa de Gabriel" de Sylvain Reynard

Editor: Edições Chá das Cinco

Sinopse: Sylvain Reynard está de regresso com mais um capítulo da história de Julia e Gabriel.


Quando Gabriel e Julia Emerson veem pela primeira vez a filha recém-nascida, Clare, percebem que a sua vida nunca mais será a mesma. A prioridade de Gabriel é a família, especialmente a filha, mas um convite súbito e inesperado para dar uma série de conferências no estrangeiro - uma oportunidade única para a sua carreira - coloca-o perante um dilema. Hesitante em aceitar, uma vez que isso significa deixar a mulher e a filha em Boston, Gabriel oculta esta oportunidade de Julia, ignorando que a sua mulher também esconde um segredo.

Quando surge uma situação assustadora que ameaça os Emerson, ambos terão de fazer sacrifícios. Com a família em perigo, a questão iminente permanece: será que Gabriel vai partir para o estrangeiro, deixando Julia e Clare vulneráveis em Boston, ou deixará passar uma oportunidade única de forma a garantir a segurança da sua família?

"Desvio Polar" de Clive Cussler e Paul Kemprecos

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Desvio Polar é o nome dado à inversão magnética dos polos da Terra. Já ocorreu várias vezes nos últimos milhões de anos. A próxima pode acontecer a qualquer momento… e será catastrófica para a Humanidade.


No final da Segunda Guerra Mundial, o genial cientista húngaro Kovac descobriu uma forma artificial de desencadear o desvio polar, mas o seu trabalho desapareceu. Atualmente, Jordan Gant, líder de uma organização antiglobalização, planeia recuperar esse trabalho para ameaçar as nações mais industrializadas do mundo. E esta é uma ameaça que ninguém pode ignorar. O desvio polar provocará alterações climáticas devastadoras: vulcões, terramotos, furacões e tsunamis por todo o mundo. Será que a Humanidade se vai extinguir às mãos de um fanático?

Apenas um homem pode impedir esta tragédia: Kurt Austin. Acidentalmente envolvido neste enredo maquiavélico, Austin entra numa corrida contra o tempo que o vai levar dos EUA ao Rio de Janeiro, e do Atlântico à Sibéria. Com a ajuda de Karla, a neta do cientista húngaro, Austin enfrenta o seu maior desafio de sempre. E, se falhar… é o fim de todos nós.

"Tudo Por Amor" de Jodi Picoult

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: 
No seu dia a dia, Nina Frost, delegada do Ministério Público, acusa pedófilos e trabalha com determinação para garantir que o sistema legal, apesar de muitas lacunas, mantém esses criminosos atrás das grades. Quando Nina e o marido descobrem que o seu filho de cinco anos foi abusado sexualmente, ficam despedaçados e sentem-se desamparados face a um sistema de justiça que Nina julgava conhecer muito bem.

De um momento para o outro, as suas convicções desabam, o desejo de justiça pelas próprias mãos vem à superfície e as consequências são imprevisíveis.

"Neuromitos - Ou o que REALMENTE sabemos sobre como funciona o nosso cérebro" de Alexandre Castro Caldas e Joana Rato

Editor: Contraponto Editores

Sinopse:
 Numa era em que proliferam notícias falsas e fontes de informação pouco credíveis, é natural que seja preciso algum esforço para não sucumbirmos a mitos e mentiras. E, embora até possa ser próprio da natureza humana seguir os instintos e agarrar as crenças, não é a ignorar a ciência que o mundo avança.
Neste livro, o senso comum e a intuição estão em confronto com a realidade científica.

Será que, como se diz, usamos apenas 10% do nosso cérebro? Ou que os cérebros das mulheres e dos homens são projetados para diferentes tipos de competências? Ou que a emoção e a lógica estão separadas?

Vários mitos persistiram ao longo de séculos e noções erradas ainda vigoram na nem sempre certeira sabedoria popular. A essas ideias, o neurocirurgião britânico Alan Crockard chamou, de forma feliz, neuromitos.
Será que pessoas mais intuitivas utilizam mais o hemisfério direito do cérebro e pessoas mais analíticas o esquerdo? E será que as crianças ficam hiperativas por consumirem lanches mais açucarados? Ou que existem múltiplas inteligências?

Nestas páginas, o neurologista Alexandre Castro Caldas e a neuropsicóloga Joana Rato desconstroem alguns dos neuromitos mais frequentes, para que não fiquemos embrenhados no meio da confusão das suposições, das crenças e das superstições, e esclarecem o leitor quanto ao que realmente sabemos sobre o funcionamento do nosso cérebro.

«Recomenda-se este livro a todos os detentores de cérebros, não só pela apresentação resumida e clara do exemplo da teoria das inteligências múltiplas de Gardner, mas também por outras relativas a muitos outros exemplos (como "jogos violentos não têm efeito sobre o comportamento", "as pessoas podem aprender enquanto dormem", ou "os tumores cerebrais são consequência do uso excessivo do telemóvel"). Recomendo, em particular, este livro a professores e, mais em geral, a educadores, que são todos os pais e encarregados de educação. E, já agora, embora sejam menos, a políticos, a ver se aprendem alguma coisa, passando a acreditar mais na ciência do que em mitos. É um livro de cultura científica - o único antídoto contra a ignorância e a mitologia - para todos.»
Do prefácio de Carlos Fiolhais

«Este livro deve ser encarado com grande seriedade. Os autores dissecam mitos largamente propalados e largamente perniciosos. E fazem-no com a autoridade de especialistas consagrados. Um, figura sénior e respeitadíssima nos meios nacionais e internacionais, justamente estimado por uma vida dedicada ao estudo, à descoberta e ao esclarecimento do público. Outra, figura jovem mas já com credenciais estabelecidas, conhecida dos professores, pais e público por inúmeras intervenções e trabalhos de popularização e que alia o conhecimento científico à preocupação de clareza e à vontade de servir o esclarecimento do público. É por isso que os autores conseguem um livro tão atual, tão interessante e tão rico. Conhecem o que se discute e estão a par da investigação recente. São investigadores ativos e empenhados, sabem o suficiente para o conseguirem explicar com autoridade e clareza.»
Do posfácio de Nuno Crato

"Antologia Dialogante de Poesia Portuguesa" Organizador: Rosa Maria Martelo

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: 
Podemos pensar a história da poesia como um extenso diálogo? Podemos entender a experiência de leitura como um vínculo intersubjectivo, uma forma mediada de amizade? E poderemos entender a escrita como uma prática emergente desse tipo de leitura? Esta antologia reúne poemas que mantêm entre si vários tipos de diálogos, e pretende seguir os fios que ligam certos poemas a outros que os precederam e que neles são retomados, celebrados, interrogados ou mesmo "emendados". Trata-se menos de estabelecer diálogos entre textos do que de pôr em evidência vínculos já existentes, porquanto os textos mais actuais não teriam existido, pelo menos da mesma forma, sem aqueles que os precederam e com os quais se relacionam. O que se pretende organizar é um livro de diálogos entre diferentes autores, e acima de tudo entre diferentes poemas, umas vezes escritos à distância de poucos meses, outras vezes separados por séculos.

"Vida de Lazarinho de Tormes e de suas venturas e desventuras" de Anónimo

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: 
Lazarillo de Tormes, de autor anónimo, é considerada a obra precursora do romance picaresco. Escrito na primeira pessoa e em estilo epistolar (como uma única e longa carta), cuja edição conhecida mais antiga data de 1554, relata de um modo autobiográfico a vida de Lázaro de Tormes, desde o seu nascimento, passando pela sua miserável infância, até à idade adulta. Na nota de José Bento podemos ler: «O Lazarillo de Tormes é o primeiro grande romance escrito e publicado em Espanha. O espírito anticlerical, a crítica aguda dos grandes senhores (seculares e eclesiásticos) são já traves de construções anteriores. Mas isto não é suficiente para que esta não seja assinalável: há nele um conjunto de qualidades que ultrapassa em muito essa medida, e aí reside a sua grandeza e um encanto muitas vezes comovedor.»

"Toda Vestida de Branco - Livro de bolso" de Mary Higgins Clark e Alafair Burke

Editor: 11 X 17

Sinopse: 
Há cinco anos, Amanda ia casar-se com o seu namorado do liceu. Depois, desapareceu. Laurie Moran escolhe o caso para o seu programa e faz uma reconstituição dessa noite, com a presença dos familiares e amigos. Uma irmã ciumenta, um padrinho playboy, o noivo de Amanda agora casado com uma das damas de honor e diversos boatos sobre a «adorada» noiva levam Laurie a perceber que toda a gente tem uma teoria acerca do desaparecimento sem rasto de Amanda. Mas onde estará a verdade?

"O Poder dos Sonhos - Um guia para elevar a sua consciência e transformar a sua vida" de Tree Carr

Editor: Pergaminho

Sinopse:
 Os sonhos ocupam um espaço misterioso entre a vigília e a inconsciência. Na verdade, são um estado alterado de consciência que nos transporta para uma outra realidade - a do interior de nós mesmos. A experiência onírica pode ser usada para enriquecer a vida consciente - desde os sonhos lúcidos aos prescientes, o poder deste estado é de uma riqueza impressionante. Descubra, ao longo destas páginas, que práticas quotidianas (começando pela higiene do sono e pela mindfullness) pode encetar para fazer dos sonhos uma ferramenta de transformação pessoal.

"Errático" de Rosa Oliveira

Editor: Tinta da China

Sinopse: 
Cinza (2013) Prémio Pen Clube Primeira Obra
Tardio (2017) Prémio Literário Fundação Inês de Castro

Vestiário as mais novas olham as mais velhas corpos cansados torcidos as roupas ásperas ladram eis o que serei eis o horror as mais velhas olham as mais novas carnes frescas firmes um bolo orgulhoso acabado de sair da forma quase crianças sem tempo nos seus movimentos sólidos as mais velhas pensam eis o pesadelo do vivido ninguém ali tem olhos

"Desenhar Animais é Fácil - Mais de 100 animais para desenhar traço a traço" de Robert Lambry

Editor: Arte Plural Edições

Sinopse: Nas décadas de 1920 e 30, o artista francês Robert Lambry criou uma série de encantadoras lições para desenhar animais passo a passo. Destinavam-se a crianças e foram publicadas originalmente num jornal infantil, mas quando foram coligidas e editadas em forma de livro, descobriu-se que crianças de todas as idades se entretinham a desenhar animais seguindo os métodos simples e acessíveis de Lambry.

Este clássico do desenho é agora reeditado e apresentado a novas gerações. Passo a passo, traço a traço, qualquer pessoa será capaz de desenhar até o mais complicado dos animais.

Um passatempo irresistível com um estilo encantador.

"Enganada Uma Vez" de Catherine Bybee

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: 
Lori Cumberland, advogada de divórcios, teve um casamento fracassado e não pensa em repetir o erro, concentrando-se antes nas ligações temporárias dos seus clientes ricos e famosos. Mas tem uma surpresa quando decide embarcar num cruzeiro com outras divorciadas em busca de diversão, sol e novas amizades …

Reed Barlow é um detetive privado que sabe exatamente o que quer, e isso não passa por um envolvimento emocional… até conhecer Lori.
Mas será que este encontro foi casual? Reed põe em risco a vida de ambos, e só terá uma oportunidade para conquistar Lori.

"O que É Amar um País. O Poder da Esperança." de José Tolentino Mendonça

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: 
José Tolentino Mendonça, poeta e sacerdote, explica que o tempo atual representa também uma oportunidade para nos reencontrarmos. Confinados a um isolamento, compreendemos talvez melhor o que significa ser - e ser de forma radical - uma comunidade.

Neste pequeno volume reúnem-se três temas essenciais para a atualidade portuguesa: 1) o que é amar um país; 2) qual o sentido da palavra «esperança» em tempos de pandemia; e 3) de que forma a beleza, a graça e a fé podem combater a solidão e a calamidade do nosso tempo. O primeiro tema é abordado no discurso de José Tolentino Mendonça (que mereceu vários elogios públicos) nas cerimónias do Dia de Portugal a 10 de junho de 2020, aqui publicado na íntegra.

O segundo tema está na origem de um texto intitulado «O Poder da Esperança», publicado originalmente no início da pandemia, e onde se viaja pelo meio dos clássicos, da filosofia, da teologia e da poesia - como experiências da catástrofe e da terapia de resposta.

Finalmente, o livro encerra com onze textos dispersos que prolongam a leitura dos livros anteriores de José Tolentino Mendonça em torno da necessidade da beleza e contemplação em tempos de solidão, imprevisibilidade e dor extrema. Trata-se de um livro de grande urgência - que diz respeito a todos, crentes e não crentes. Sobretudo, a todos os portugueses.

«E bem precisávamos de um homem do humanismo e, portanto, da cultura, de um pensador, de um escritor, de um poeta para nos falar da importância dos outros e da sua redescoberta, a começar nas famílias, nas vizinhanças, nas amizades, da atenção aos mais pobres, vulneráveis e dependentes, do pacto entre gerações, tentando ultrapassar o abismo já cavado entre os mais e os menos jovens.»
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, sobre o discurso do Cardeal Tolentino Mendonça.

"Balada para Sophie" de Filipe Melo e Juan Cavia

Editor: Tinta da China

Sinopse: Cressy la Valoise, 1933
Dois célebres pianistas virtuosos, nascidos ambos na mesma vila francesa, cruzam se pela primeira vez no Concurso Nacional de Jovens Talentos. Julien Dubois, o herdeiro privilegiado de uma família rica, e François Samson, o invisível filho do responsável pela limpeza do teatro. Nessa noite, um deles venceu.

Cressy la Valoise, 1997
Uma enorme mansão vazia é abalada pela inesperada visita de uma jovem jornalista. Julien, agora lesionado e sob o peso do pseudónimo Eric Bonjour, deixa se levar irresistivelmente por uma nuvem de cigarros e memórias, flutuando entre a realidade e a fantasia. Vai compondo, como numa partitura, uma história sobre o preço do sucesso, redenção, pianos voadores… e sempre, sempre a sombra de Samson.
Afinal, algum deles alguma vez terá vencido? E haverá ainda alguma música por tocar?

Balada para Sophie é a mais ambiciosa, íntima e comovente novela gráfica da multipremiada dupla Filipe Melo e Juan Cavia - leva os leitores para territórios cada vez mais profundos e complexos, sem nunca perder de vista o poder narrativo e simbólico que os tornou um verdadeiro fenómeno entre público e crítica.













cardapio.pt @ 12-8-2020 10:20:00


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros