Novidades Livros (20 a 26 de outubro de 2022)

cardapio.pt @ 19-10-2022 16:30:31

"A Imperatriz" de Gigi Griffis

Editor: Porto Editora

Sinopse: Baseado na série da Netflix, este é um romance histórico sobre Sissi, a lendária imperatriz que continua a inspirar paixões.

Corre o ano de 1853. A princesa Elisabeth “Sissi” da Baviera está muito certa do que quer para o futuro: vai esperar por um amor digno de conto de fadas, daqueles de que falam os poetas, ou ficará sozinha. O facto de a irmã mais velha, Helene, estar a cumprir à risca o desejo da mãe, preparando-se para casar com o imperador Franz da Áustria, não significa que Sissi também se sujeite a uma existência tão obediente e submissa. Sissi sabe que há mais na vida do que almoços e espartilhos.
Enquanto isso, na Áustria, o imperador está a recuperar de uma tentativa de assassinato. Num esforço para manter a paz, Franz compromete-se novamente com os seus deveres imperiais – e promete cortejar a influenciável Helene da Baviera durante a sua próxima festa de aniversário. Haverá melhor forma de unir o império do que com o anúncio de uma nova imperatriz? Mas quando Sissi e Franz se encontram inesperadamente nos jardins do palácio, longe dos olhares indiscretos e da crítica implacável da corte, a ligação que sentem é imediata. E à medida que as suas conversas ilícitas se transformam em algo mais, começam a perceber que é urgente escolher entre as expectativas das famílias e aquilo em que os dois verdadeiramente acreditam.
Uma história cativante e intemporal sobre apaixonarmo-nos e encontrarmos a nossa própria voz.

"A Coroa sem Estrelas" de James Rollins

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Milénios atrás, perdidos na meada do tempo, o planeta Urth cessou misteriosamente de rodar sobre si - um dos seus lados para sempre debaixo do Sol, o outro encerrado na perpétua obscuridade. Aqueles que sobreviveram refugiaram-se na única região habitável do planeta: uma faixa em forma de anel, terras de eterno crepúsculo encurraladas entre a luz flamejante e a escuridão gélida. Pouco sobrou do mundo antigo. Continentes ganharam nova forma, oceanos secaram. A própria vida adaptou-se, guiada por mutações resultantes da radiação cósmica: criaturas perigosas e aterradoras assombram regiões inóspitas do planeta. Urth é um novo mundo, alterado por cambiantes estranhos e espantosos e povoado por tribos que se debatem com tecnologia a um nível medieval. Assistimos à ascensão e queda de diversos reinos e nada do mundo anterior é recordado, exceto em mitos.


Até que um dia, uma jovem tem uma visão de um novo apocalipse. Vê a Lua, livre da força centrípeta de um corpo celeste que deixou de rodar sobre si, colidir com o planeta, aniquilando tudo o que existe. Quem acreditará nela, quando o único caminho para a salvação se assemelha a uma missão impossível?

Um épico de fantasia sem par, A Coroa Sem Estrelas leva-nos a uma nova realidade, encurralada entre as chamas e o gelo, fundindo o fascínio de James Rollins pelo mundo natural, a sua paixão pela aventura e o seu conhecimento das maravilhas que se descobrem na fronteira da investigação e da exploração científica.

"Poesia Completa" de Jorge Luis Borges

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: É um equívoco pensar em Jorge Luis Borges sobretudo como narrador, ensaísta e prosador; ao longo de toda a sua vida, desde o primeiro livro, foi um grande e insistente poeta.


Construída com sabedoria, clareza, elegância clássica e rigor formal, a sua poesia é um monumento da literatura, uma espécie de música que passa do fascínio pela tradição e pela filosofia para a cifra de uma ordem obscura do mundo e - finalmente - para o nó decisivo da sua obra. É nessa poesia que assentam os pilares do seu legado: os livros, a memória dos labirintos, os espelhos, o amor, a cegueira, as cosmogonias dispersas, o mar, as cidades e a eternidade dos grandes textos lidos como elementos de salvação.

De Fervor de Buenos Aires (1923), sua primeira recolha de poemas, até Os Conjurados (1985), passando por O Fazedor (1960), Elogio da Sombra (1969) ou A Rosa Profunda (1975), a obra poética de Jorge Luis Borges é um extraordinário legado de beleza que este volume reúne na sua totalidade.

"Quem Matou Bambi?" de Monika Fagerholm

Editor: Casa das Letras

Sinopse: Emmy e Saga-Lill conhecem-se desde a infância mas as suas vidas seguiram rumos muito diferentes. Emmy é uma jovem mãe, casada com Mats, um consultor de investimentos mais velho. Saga-Lill é uma antiga estudante de teologia que se sente sem rumo. Gusten Grippe, amigo das duas, cresceu num subúrbio rico onde decorre grande parte da história e onde, há anos, aconteceu um terrível crime.


Mas, sob a superfície deste bairro elegante, esconde-se uma ferida antiga: uma brutal violação em grupo que teve lugar numa casa à beira do lago Kallsjön. Outrora o lar da abastada família Häggert, agora abriga apenas o único herdeiro, Nathan. Os quatro agressores eram filhos da comunidade, e o subúrbio pensa ter deixado o violento ataque para trás.
Mas agora, Cosmo Brant, um dos quatro, voltou e quer fazer um filme sobre o crime: Quem matou Bambi?.

"Beowulf" de Anónimo

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: O LIVRO QUE INSPIROU O SENHOR DOS ANÉIS


Beowulf é considerado o mais longo poema heróico composto em Inglaterra e o mais antigo das línguas modernas da Europa. Narra as façanhas do grande herói Beowulf, desde a sua juventude até se tornar rei em idade adulta, detendo-se nas lutas que trava contra três criaturas monstruosas: Grendel e sua mãe, que habitam zonas ermas e pantanosas, e um dragão cuspidor de fogo que põe em risco a existência do seu povo. Subvalorizado pela crítica muitos anos após ser descoberto no século XVIII, foi J. R. R. Tolkien quem elevou o texto a obra-prima da literatura ocidental, usando-o como inspiração para a sua famosa trilogia O Senhor dos Anéis. Publica-se assim esta fantástica saga, pela primeira vez em português europeu numa tradução a partir do inglês antigo, língua original em que foi escrita.

"Poesia Completa" de José Saramago

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: A POESIA DE JOSÉ SARAMAGO NUM ÚNICO VOLUME


Reunindo os três únicos livros de poemas de José Saramago (Os Poemas PossíveisProvavelmente Alegria e O Ano de 1993), e contando ainda com um inédito, este livro recupera uma faceta esquecida do Prémio Nobel de Literatura português. Como nos esclarece Fernando J.B. Martinho no posfácio à obra: «Da sua poesia se pode dizer o que Sena disse da de Gedeão, outro nome de revelação poética tardia, quando nela assinalou a confluência de muitas das "conquistas expressivas do modernismo".»

"Estrada de Santiago" de Aquilino Ribeiro

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Este livro é composto por um conjunto de novelas da juventude de Aquilino Ribeiro, todas pautadas por grande fulgor criativo e profundamente marcadas pelas suas geografias primordiais. Na 1ª edição, datada de 1922, salientamos uma nova versão do Valeroso Milagre e a estreia do picaresco e embrionário Malhadinhas. Posteriormente, o almocreve autonomiza-se, cedendo o seu lugar na obra, desde 1956, à novela Domingo de Lázaro. A edição segue a configuração final da obra que foi, desde então, adotada pelo autor, após Explicação Necessária.

"Palavras de Caramelo" de Gonzalo Moure

Editor: Kalandraka

Sinopse: Kori é um menino surdo cujo melhor amigo é um pequeno camelo a quem chama Caramelo. Para além de comunicar através de gestos e do movimento dos lábios, aprende, com muito esforço, a ler e a escrever. A partir de então, irá plasmando poeticamente no seu caderno o que ele crê que o ruminante diz, quando mexe a sua boca. Mas Caramelo cresce e Kori revolta-se contra o destino fatal que o aguarda…


Convertida num clássico imprescindível da atual literatura infantojuvenil, trata-se de uma comovente história de amizade e emoções narrada com delicadeza e autenticidade, sem ocultar um contexto marcado pelas difíceis condições de vida dos refugiados no pior, mas também mais belo, deserto do mundo.

"Bábi Iar" de Anatóli Kuznetsov

Editor: Livros do Brasil

Sinopse: Pela primeira vez em Portugal, a versão integral não censurada. Com introdução de Irene Flunser Pimentel.


Em setembro de 1941, as tropas nazis conquistaram Kiev. Fascinadas pela elegância dos soldados alemães ou esperançosas na reconquista do exército soviético, as populações dividiram-se. Anatóli Kuznetsov tinha doze anos e assistiu à discordância no seio da própria família. Mas à medida que os dias corriam, tornava-se claro que aquele território estava a ser palco de um crime terrível: os disparos não cessavam, as valas comuns eram abertas, o fumo tomava conta dos céus, e os judeus, os ciganos e quaisquer opositores às regras alemãs desapareciam das ruas. Não existem números consensuais, mas estima-se que mais de 100 000 pessoas terão sido mortas em Bábi Iar, às portas da capital ucraniana, e, durante décadas, quer alemães quer russos tentaram escondê-lo. Em 1961, Kuznetsov submeteu o seu testemunho deste período às autoridades soviéticas e, em 1966, saiu por fim em livro, numa versão fortemente truncada. Apenas após a fuga do autor para Inglaterra, em 1969, seria revelado o texto completo – e é esse que agora, pela primeira vez, se dá a ler em Portugal. Um perturbador retrato da brutalidade da guerra vista pelos olhos de uma criança e uma lição sobre o poder da censura.

"O Super-Camões - Biografia de Fernando Pessoa" de João Pedro George

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Fernando Pessoa expôs-se heroicamente em tudo o que escreveu. Abriu o seu coração e mostrou mágoas e carências, angústias e frustrações, transitando entre o humor, o lirismo e o olhar racional. Apaixonou-se, sentiu a vertigem do sexo e interessou-se pelas perversões do erotismo e as manifestações do onanismo, da homossexualidade e da androginia.


Incapaz de se levar a sério e de falar demasiado de si próprio na presença dos amigos, andava sempre impecavelmente vestido e era amável e prestável, educado e atrevido, tímido e inteligente, atormentado e divertido (mais do que muitos supõem), autodestrutivo (regado a álcool e a tabaco) e de trato afável.

Contrariamente ao que se poderia crer, não era um escritor de gabinete, isolado na sua torre de marfim, um desses artistas que se recolhem na sombra, rudes, rabugentos e taciturnos.
Homem comprometido com a sua época, com plena confiança na sua criatividade e genialidade, participou na vida cultural e política de Portugal, provocando polémicas e envolvendo-se em escândalos, revelando coragem e convicção nas opiniões pessoais.

Viveu muitas vidas ao mesmo tempo e reinventou-se numa multidão de personagens fictícias, antecipando alguns dos principais motivos da vida moderna: todos escondemos outras pessoas dentro de nós, todos somos fragmentários e vacilantes, marcados por tensões e ambivalências, oscilações e contradições, e a nossa coerência não cessa de se fazer e de se desfazer.

Apesar de ter morrido novo — com 47 anos —, escreveu e trabalhou incansavelmente. Resistiu ao desejo obsessivo de reconhecimento, de publicar só por publicar, e deixou grande parte da sua obra escondida dentro de uma arca, o seu cofre de pirata na ilha do tesouro.

Esta é a primeira biografia de Fernando Pessoa escrita por um português em mais de setenta anos, desde Vida e Obra de Fernando Pessoa — História duma Geração, de João Gaspar Simões, publicada em 1950. Conciliando o rigor intelectual com a clareza de expressão, sem recorrer ao jargão dos estudos literários nem a uma linguagem especializada, O Super-Camões estabelece uma relação de simpatia com a vida de Fernando Pessoa e aproxima a sua obra de todos os leitores e leitoras.

Um livro onde o prazer da escrita e o prazer da leitura encontram o seu denominador comum e ganham uma verdadeira cumplicidade.

"Como Viver. A Vida de Montaigne" de Sarah Bakewell

Editor: Quetzal Editores

Sinopse: Michel de Montaigne (1533-1592) foi o primeiro ensaísta no verdadeiro sentido da palavra. Toda a sua obra pretendia responder a uma pergunta: como viver?

As perguntas são simples: como viver com os outros, como encontrar um sentido para a vida, como enfrentar o envelhecimento, a perda, o amor ou a desilusão? Como manter um bom relacionamento com as pessoas, como lidar com a violência, como se adaptar à perda de um amigo querido?

Estas questões fazem parte da vida da maioria das pessoas. A extensa obra de Montaigne tenta responder a essas inquietações não como um guia, uma lição ou uma soma de conselhos — mas dando conta da experiência de viver, do gosto pelo vinho e pela amizade, das memórias de infância e de juventude, dos passeios pelo campo na companhia do cão, das suas meditações sobre os aromas, o divertimento, a existência de canibais, a amizade, a crueldade ou a perda de alguém. E todas elas derivam de outra ainda maior: como viver? Ou, de outra forma: que significa uma vida honrada, plena, simples e possível?

Sarah Bakewell escolhe vinte possíveis respostas, percorrendo o caminho do próprio Montaigne, ou seja, escrevendo a sua biografia e mostrando como, ao longo dos últimos séculos, a sua grande obra (uma das mais influentes da cultura universal) dialogou incessantemente com o passado e o futuro, falando-nos de nós mesmos e ajudando-nos a encontrar um caminho, e não o caminho.

"Ramsay em 10 minutos" de Gordon Ramsay

Editor: Porto Editora

Sinopse: 100 novas deliciosas receitas inspiradas em Ramsay in 10, a série de sucesso no YouTube, vista por milhões de pessoas em todo o mundo.

Com Ramsay em 10 minutos, aprenderá a cozinhar pratos incríveis num instante. Quer seja Souvlaki de Frango, para impressionar toda a família, Caril de peixe à goesa, para fazer crescer água na boca, ou uma sobremesa super-rápida, como o Pudim caramelizado no micro-ondas, todas são receitas repletas de sabor que se tornarão clássicas em pouco tempo. Além disso, cada vez que cozinhar, fá-lo-á mais rapidamente graças às dicas para acelerar a confeção, reduzir o tempo de preparação e tirar o máximo proveito de ingredientes simples e frescos.
«Para mim, o importante não é se demora 10, 12 ou 15 minutos a cozinhar estas receitas, mas sim partilhar os meus 25 anos de conhecimento e de experiência, para que todos se sintam cozinheiros mais confiantes.» GORDON RAMSAY

"A alegria de um sorriso de Papa Francisco

Editor: Albatroz

Sinopse: O sorriso é uma carícia,uma dádiva de grande valor

O tema da alegria é uma referência central em todo o magistério do Papa Francisco e tão necessário nestes tempos.
A verdadeira alegria não é um sentimento efémero de euforia nem um antídoto ilusório para aqueles que repudiam o sofrimento: nasce da nossa esperança, de uma fé concreta, que nada nem ninguém nos pode tirar.
É a alegria que tem a última palavra, sempre. E o desejo da partilha do sorriso é o primeiro pequeno grande passo para experimentá-la, para renová-la, para a fazer renascer.
É esta a mensagem do Papa Francisco: ofereçamos um sorriso humilde e simples aos outros. Que eles possam sentir o carinho do nosso sorriso. Sorrir é acariciar com o coração e com a alma.
Esta edição inclui orações e a entrevista com Sua Santidade: O sorriso na tempestade.

"Frio Suficiente para Nevar" de Jessica Au

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Uma jovem mulher organiza umas férias com a mãe no Japão, onde percorrem Tóquio, Osaka e Quioto: caminham pelos canais nas tardes de outono, esquivam-se de chuvas e vendavais, partilham refeições em pequenos cafés e restaurantes e visitam galerias para verem alguma da mais radical arte moderna. Enquanto isso, conversam: sobre tempo, horóscopos, roupas, objetos, família, distância e memória. Mas as incertezas abundam. Quem estará realmente a falar - apenas a filha? A mãe raramente fala, aparenta ser uma presença fantasmagórica que não parece estar de facto ali. E qual será a verdadeira razão desta viagem elíptica, ou mesmo espectral?


Ao mesmo tempo reflexão e elegia, Frio Suficiente para Nevar questiona o facto de todos falarmos sequer uma língua comum, quais as dimensões que podem conter o amor e até que ponto poderemos afirmar conhecer deveras o mundo interior de outrem.

Escolhido entre 1500 candidatos, este romance venceu o Novel Prize, um novo prémio, bienal, patrocinado pelas editoras Fitzcarraldo Editions, New Directions (EUA) e Giramondo (Austrália) e destinado a distinguir um romance escrito em língua inglesa que explore e expanda as possibilidades do género.

Grandes Mulheres na História Mulheres extraordinárias cujo legado perdurou até aos nossos dias

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: São muitas as mulheres que se destacaram ao longo da História da Humanidade. Seres grandiosos que triunfaram num mundo que lhes era hostil e desfavorável e que marcaram, com a sua força e perseverança, a nossa sociedade ao longo dos séculos.

Este livro trata de personalidades importantes e valorosas, sejam rainhas, santas, guerreiras, escritoras, entre outras. Muitas são, felizmente, ainda hoje reconhecidas e lembradas. Outras já caíram, lamentavelmente, no esquecimento geral.

É por isso tão importante que se editem obras deste estilo, em que se enaltece o caráter feminino e se apresentam exemplos de mulheres que souberam fazer a diferença no mundo, apresentando-as de maneira única, e traçando breves resumos das suas vidas e dos seus feitos mais importantes.

As biografias aqui apresentadas resultam da visão e da investigação de grandes autores, historiadores, escritores e filósofos que pretenderam assim dar a sua perspetiva única da vida destas mulheres. Desde Plutarco a David Hume, passando por Edward Gibbon, Thomas De Quincey, Walter Scott, Thomas Carlyle, entre outros.

"O Príncipe" de Nicolau Maquiavel

Editor: Ideias de Ler

Sinopse: “Para conhecer bem a natureza dos povos é preciso ser-se príncipe, e para conhecer bem a dos príncipes é preciso ser-se do povo.”

O Príncipe é uma das mais influentes e importantes obras iniciais da filosofia moderna e da teoria política. Controversa desde a publicação – deu origem ao adjetivo “maquiavélico” –, ao longo dos séculos inspirou diversos governantes e líderes
e mantém-se extremamente atual. Hoje, revela-se uma leitura essencial para quem quer entender a natureza e os limites do poder e conhecer os fundamentos do pensamento estratégico em cargos de liderança.

"Mãe, Doce Mar" de João Pinto Coelho

Editor: Dom Quixote

Sinopse: Depois de passar a infância num orfanato, Noah conhece finalmente Patience, a mãe, aos doze anos. Mas, apesar de ela fazer tudo para o compensar, nunca se refere ao motivo do abandono; e, por isso, seja na casa de praia de Cape Cod, onde passam temporadas, seja no teatro do Connecticut onde acabam a trabalhar juntos, há um caminho de brasas que teima em separá-los mas que nenhum ousa atravessar.


Quando Noah encontra Frank O’Leary - um jesuíta excêntrico que guia um Rolls-Royce às cores -, descobre nele o amparo que procurava. Mesmo assim, há coisas que o padre prefere guardar para si: os anos de estudante; o bar irlandês de Boston onde ele e os amigos se encharcavam de cerveja e recitavam poemas; e ainda Catherine, a jovem ambiciosa que não temeu desviá-lo da sua vocação.

É, curiosamente, a terrível experiência de solidão num colégio religioso o primeiro segredo que Patience partilhará com Noah; contudo, quando essa confissão se encaixar no relato do padre Frank, ficará no ar o cheiro da tragédia e a revelação que se lhe segue só pode ser mentira

A Minha Casa Hygge de Meik Wiking

Editor: IN

Sinopse: Do autor dos bestsellers internacionais O livro do HyggeO livro do Lykke e A Arte de Criar Memórias Felizes, chega agora A Minha Casa Hygge.


É possível a casa fazer as pessoas mais felizes? Poderá o design proporcionar bem-estar? Será possível criar casas melhores onde não se vive apenas mas também se prospera?

Neste livro, estão as respostas a estas perguntas e a tantas outras que explicam o que é o hygge e de que forma o conceito está relacionado com a casa. A Minha Casa Hygge explica como fazer da casa um lugar feliz.

Joga e Cria com a Mortina de Barbara Cantini

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Entra no mundo da Mortina e aprende a vestir-te e a maquilhar-te como ela, a contar piadas assustadoras e a ser um anfitrião zombie perfeito. Esculpe uma abóbora, decora o teu quarto e convida os teus amigos todos. E quando a campainha tocar… A TUA FESTA DE TERROR PODE COMEÇAR!


Atividades como:
• DESENHAR A MORTINA
• FAZER UMA BONECA MORTINA
• VESTIR E MAQUILHAR DE MORTINA

Inclui ainda:
• RECEITAS
• ENIGMAS
• PIADAS
• UM CONTO NO FIM DO LIVRO

"Acabou a Guerra" de David Almond

Editor: Editorial Presença

Sinopse: Do autor bestseller internacional de O Rapaz que Nadava com as Piranhas, vencedor da Carnegie Medal, esta é uma história cheia de vida, comovente e maravilhosamente ilustrada.


- Sou só uma criança. Como é que posso estar em guerra?
Corre o ano de 1918 e a guerra está por todo o lado. O pai de John luta nas trincheiras longínquas de França. A mãe trabalha na fábrica de munições, junto ao rio. O professor diz que John também está em guerra com as crianças alemãs inimigas.

Um dia, nos bosques que rodeiam a cidade, John vive um momento improvável: encontra-se com um rapaz alemão chamado Jan. E é então que John vislumbra um mundo melhor, um mundo possível: aquele onde crianças como ele e Jan podem juntar-se e espalhar as sementes da paz.

"Os Mauzões - Episódio 7 Achas que ele nos topou?" de Aaron Blabey

Editor: Porto Editora

Sinopse: ADAPTADO AO CINEMA PELA DREAMWORKS

O início dos tempos!
Nada na Terra se compara ao assustador poder dos dinossauros. Exceto talvez aquele Lobo ali... sim, aquele ao lado da Víbora e do Tubarão e daquela coisa que parece uma sardinha.
AH?! Isto está tudo errado. Isto está tudo mal. Isto é tudo espetacular.
É tempo de voltar ao Jurássico, malta.
É hora de Os Mauzões - Episódio 7!

"O Poder da Consciência" de Neville Goddard

Editor: Albatroz

Sinopse: Uma das obras mais influentes do século XX sobre os poderes de manifestação da mente

O Poder da Consciência é uma das obras mais poderosas sobre a força criativa da mente alguma vez publicadas. Defendendo que o mundo é diretamente impactado pela perspetiva e consciência do próprio observador, Neville Goddard, um dos pioneiros da teoria da Lei da Atração, relembra o poder que cada um de nós tem para alterar a sua realidade, ao mudar os seus pensamentos e sentimentos.Originalmente publicado em 1952, muito antes de as experiências em física quântica se terem popularizado, este livro combina o conhecimento das leis da energia com reinterpretações do simbolismo cristão. Através de argumentos lógicos e exercícios, convida-nos a assumir a responsabilidade e a aumentar o nível de consciência sobre a vida e sobre nós próprios.
Quando despertamos para o poder infinito de manifestação da mente, atraímos mais facilmente o que queremos para a nossa vida.
«Neville pode muito bem ser reconhecido como um dos grandes místicos do mundo.» Joseph Murphy, autor de O Poder do Subconsciente


7 Histórias de dança

Editor: Porto Editora

Sinopse: Aventura-te a descobrir o mundo mágico da dança com estas sete histórias maravilhosas, uma para cada noite da semana.


Histórias incluídas:

  • O Fantasma da Ópera
  • Eu quero pontas!
  • O presente da avó
  • O aluno novo
  • Três bailarinas para um filme
  • Pânico nos bastidores
  • A adorável ratinha Marta

Lucky Luke - A Arca de Rantanplan de Achdé e Jul

Editor: Edições Asa

Sinopse: Um novo álbum de Lucky Luke, o quarto assinado pela dupla Achdé/Jul. Imagina um faroeste onde os caçadores já não vendem peles, os índios já não caçam bisontes e os cowboys já não comem carne. Sê bem-vindo a Veggie Town!

A partir da história verídica da criação da Sociedade Protetora dos Animais na América, A Arca de Rantanplan projeta o nosso Lucky Luke num Texas convertido ao respeito pelos animais… para o bem e para o mal!

Um amigo dos animais que contrata um bando de bandidos vegetarianos, um Rantanplan transformado em mascote contra a sua vontade e um Lucky Luke justiceiro com a tarefa de reconciliar todas as partes… Com um tema mais atual do que nunca, este novo álbum mergulha-nos numa frenética aventura repleta de pelos, penas e alcatrão!

"Só" de António Nobre

Editor: 11 x 17

Sinopse: Só é uma coletânea inicialmente publicada em Paris, em 1892, e que desde logo estabeleceu António Nobre como um marco inovador na linguagem poética do seu tempo quer pelos temas selecionados, que podiam conter as cambiantes mais sombrias da vida, quer pela forma como os tratou, tornando-os permeáveis à coloquialidade e ao uso de vocabulário popular.

As Formas e Padrões na Natureza de Jana Sedlackova e Štepánka Sekaninová; Ilustração: Magdalena Konecná

Editor: Texto Editores

Sinopse: Descobre que maravilhosas formas e padrões podes encontrar à tua volta. Demora um pouco a observar o que te rodeia. Poderás ver uma pequena joaninha pintalgada abrir as suas asas e voar de uma folha de dente-de-leão para um jardim próximo onde espreitam morangos em forma de coração. Oh, o que é aquilo? Um caracol a rastejar sobre um pico de um ouriço-cacheiro, arrastando a sua concha em espiral para mais perto dos morangos… Estas são apenas algumas das muitas formas que a Natureza dá a cada planta, animal ou mineral.


O solo, o subsolo, e até mesmo os mares profundos e escuros estão repletos de ondas, pontos, listras, manchas divertidas, espirais encaracoladas, ou padrões complicados. Mesmo os mais pequenos têm um lugar na natureza e uma razão para lá estarem. Os padrões de camuflagem ajudam os animais a misturar-se com o seu ambiente, enquanto usam outros mais vistosos durante a corte ou para assustar um intruso.

"O Muro"

Editor: Porto Editora

Sinopse: Nesta história, um Rei decide expulsar do seu Reino todos aqueles que são diferentes dele e construir um muro para os manter afastados. No entanto, este Rei rapidamente se apercebe de que, sem pessoas com diferentes talentos e conhecimentos, o seu Reino não poderá continuar a prosperar.

Este livro, com texto e ilustrações simples e simbólicos, está repleto de significado e mensagens positivas sobre o valor da diversidade, aceitação das diferenças e integração.
«Construímos muitos muros e não pontes suficientes.», Joseph Fort Newton

José Saramago. O Pássaro que Pia Pousado no Rinoceronte de Fernando Gómez Aguilera

Editor: Porto Editora

Sinopse: «Muitas vezes os seres humanos são ilhas, fazem parte de um arquipélago comum – a humanidade – porém, não levantam as pontes necessárias para a comunicação e assim vão deixando passar o tempo, de solidão em solidão.

José Saramago não teve esse problema: chegou a Lanzarote e encontrou Fernando Gómez Aguilera, ou seja, encontrou a possibilidade de conversar e nunca se sentiu só. Fernando Gómez Aguilera foi, durante dezasseis anos, o seu interlocutor, a pessoa em quem o escritor português ia depositando firmemente a sua confiança, com satisfação, sempre em amizade.

Este livro é a prova de que José Saramago e Fernando Gómez Aguilera nunca foram ilhas e também de que a ilha de Lanzarote, pela intervenção construtiva de ambos, é um continente povoado na experiência de leitura de muitos homens e mulheres pelo mundo.»

Do Prólogo de Pilar del Río

Em O Pássaro que Pia Pousado no Rinoceronte, Fernando Gómez Aguilera apresenta não apenas as leituras que fez dos livros escritos por José Saramago em Lanzarote, mas também dos inúmeros textos inéditos que evidenciam o longo e produtivo percurso literário do Prémio Nobel de Literatura português.

"Os Poemas" de Paul Celan

Editor: Assírio & Alvim

Sinopse: «Escrevo para permanecer humano.»

— Paul Celan

Neste volume reúnem-se, pela primeira vez em Portugal, todos os livros publicados em vida, o conjunto de mais de uma centena de poemas não incluídos e dispersos do seu espólio e, ainda, um ciclo fragmentário que o poeta não teve a oportunidade de terminar. Fruto de pesquisas e sucessivas traduções ao longo de 50 anos, Maria Teresa Dias Furtado dá-nos finalmente a oportunidade de ler Paul Celan na íntegra.

Vendido
por todos,
como cada um de nós
escrevendo
a verdade.

"Cavalos em Fuga O Mar da Fertilidade II" de Yukio Mishima

Editor: Livros do Brasil

Sinopse: Isao é um jovem japonês patriótico e admirador fanático dos ensinamentos dos antigos samurais. Convicto de que um grupo de novos políticos e industriais está a macular a honra do país e a usurpar os legítimos poderes do imperador, põe em marcha um plano terrorista, com o objetivo de violentamente repor a ordem devida. Juiz em Osaka, Shigekuni Honda vê-se profundamente impressionado pelo vigor puro e apaixonado de Isao, e acredita ser ele a reencarnação de Kiyoaki Matsugae, seu amigo desaparecido de forma trágica há vinte anos. Terá agora uma nova oportunidade para o salvar? Segundo romance da tetralogia Mar da Fertilidade, Cavalos em Fuga é uma reflexão sobre a existência e a crónica de uma conspiração que traz à superfície as raízes das transformações que serviram de rastilho à entrada do Japão na Segunda Guerra Mundial.


«Com certeza não estaria certo deixar toda a gente trocar a sua vida por um verso escrito numa poça de sangue. Mas a maioria dos homens, carecendo de coragem, passa a vida sem nunca sentir um pingo desse desejo.»

Presa Branca de Jack London e Caterina Mognato; Ilustração: Walter Venturi

Editor: Levoir

Sinopse: Publicado nos Estados Unidos sob o título White Fang, em 1906, Presa-Branca relata as aventuras de um cão-lobo do mesmo nome, nascido selvagem no Grande Norte americano e que vai confrontar-se com o mundo cruel dos homens.


Este romance, onde Jack London recorre às suas memórias de garimpeiro no Alasca, é um contraponto de O Apelo Selvagem onde a intriga é invertida e põe em cena um cão de trenó que regressa à vida selvagem.

Sul - A Expedição Mais Perigosa do Mundo A determinação inabalável de um pequeno grupo de homens, isolado durante quase dois anos nos bastiões do gelo polar de Ernest Shackleton

Editor: Alma dos Livros

Sinopse: A determinação inabalável, a lealdade e a resistência deste pequeno grupo de homens, isolado durante quase dois anos nos bastiões do gelo polar, esforçando-se por levar a cabo a sua missão, são uma narrativa única na história da exploração da Antártida.


Ano de 1914, enquanto a sombra da guerra cai sobre a Europa, um grupo liderado pelo experiente explorador Ernest Shackleton propõe-se atravessar pela primeira vez o continente antártico. A distância de aproximadamente 2900 quilómetros será em grande parte sobre terreno desconhecido.

Espera-os uma grande aventura de relatos inesquecíveis, dias extenuantes, noites de solidão e experiências únicas. O otimismo inicial é de curta duração e, à medida que uma vasta extensão de gelo envolve o navio no qual viajam apertando-o até quebrar, a tripulação de 28 homens é abandonada à sobrevivência na imensidão do gelo polar.

Numa luta épica contra os elementos, Shackleton lidera a sua equipa numa busca angustiante pela sobrevivência nalguns dos terrenos mais inóspitos do mundo. Mares gelados e tempestuosos cheios de ondas gigantes, icebergues colossais, um frio atroz que não lhes dá tréguas e a fome sempre iminente são os inimigos mortais destes homens que lutam a todo o custo para permanecer vivos.
A sua viagem será para sempre recordada como prova da força de vontade e do poder da resistência humana.

ESTA É A SUA HISTÓRIA, CONTADA PELO HOMEM QUE OS LIDEROU.






cardapio.pt @ 19-10-2022 16:30:31


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros