Novidades Livros (27 de outubro a 2 de novembro de 2022)

cardapio.pt @ 26-10-2022 17:31:00

"A Guerra ao Ocidente" de Douglas Murray

Editor: Desassossego

Sinopse: Se a história da Humanidade é um relato construído sobre a escravatura, o genocídio e a exploração, por que razão são apenas as nações ocidentais a assumir a sua quota de responsabilidade?


Atualmente, celebrar os contributos de outras culturas é perfeitamente aceitável, mas mencionar os seus defeitos e crimes é considerado discurso de ódio. Pelo contrário, referir as atrocidades presentes e passadas do Ocidente é um ato de expiação, mas falar da sua época de glória é reacionário e colonialista.

Em A Guerra ao Ocidente, Murray descreve como nos deixamos enganar por uma retórica antiocidental hipócrita e incoerente. Se os atos de xenofobia e discriminação são condenados na Europa e nos Estados Unidos, porque não denunciar o racismo genocida no Médio Oriente e na Ásia? Não são apenas os académicos desonestos que beneficiam com esta fraude intelectual, mas igualmente os tiranos, já que os olhos do mundo estão afastados dos seus atos.

Depois do êxito de A Insanidade das Massas, Douglas Murray centra agora a sua atenção na guerra cultural e defende uma ideia demasiado óbvia, mas que alguns parecem ignorar: para que os ideais e valores do Ocidente sobrevivam, têm primeiro de ser defendidos.

"XI - Uma História de Poder" de Kerry Brown

Editor: Casa das Letras

Sinopse: Apesar de ter chegado ao poder há uma década, Xi Jinping permanece uma figura enigmática no Ocidente. A sua prioridade sempre foi manter a sociedade chinesa o mais estável possível, navegando um percurso de espantoso crescimento económico, enquanto assegura que nada ameaça o status quo político.


Mas com agitação crescente em Hong Kong, relatos de violação de direitos humanos na região de Xinjiang, e, devastadoramente, o surto de um vírus que alteraria o mundo, compreender a China de Xi nunca foi tão importante. Neste livro, Kerry Brown examina as complexidades por detrás do homem, explicando o impacto que o seu comando já está a ter no Ocidente. Mas quem é realmente Xi, e qual é a sua visão para o futuro da China? E, crucialmente, o que significa isso para o resto do mundo?

Uma obra política oportuna pela mão do aclamado autor e académico, Professor Kerry Brown.

"Fab, o Monstro Amarelo" de Carme Solé Vendrell

Editor: Kalandraka

Sinopse: Fab, o monstro amarelo, levantou-se uma manhã com uma terrível dor de cabeça, uma dor que não passava nem cantando ou fazendo exercício ou cócegas a si próprio… e nem sequer com o velho remédio da avó.


Uma história simples e divertida, ao longo da qual o protagonista consegue esquecer as suas preocupações para ajudar os outros nas suas adversidades.

Um álbum em que Carme Solé presta homenagem a um grande autor recentemente falecido, David McKee, e também a algumas das suas personagens mais queridas.

"Para uma História Política da Raça" de Jean-Frédéric Schaub

Editor: Tinta da China

Sinopse: A questão do racismo voltou ao centro da arena política quer nas sociedades europeias, quer nos Estados Unidos da América. É por isso fundamental compreender o conceito de raça e o fenómeno do racismo. Mas será que de facto os compreendemos?


Numa abordagem simultaneamente provocadora e original, o consagrado historiador Jean-Frédéric Schaub demonstra que não, e que precisamos de reequacionar o pressuposto de que o racismo é essencialmente uma forma moderna de discriminação baseada na cor da pele e noutras diferenças visíveis.

Pelo contrário, defende Schaub, no Ocidente, o ponto de viragem na história política da raça ocorreu não com o tráfico transatlântico de escravos e com a escravatura no continente americano, mas sim muito antes, na Península Ibérica do século XV, com a racialização dos cristãos de origem judaica e muçulmana.

Para compreendermos o racismo, segundo Schaub, temos de analisar os episódios históricos de discriminação colectiva em que não existia nenhuma diferença visível entre as pessoas, o que põe em causa a nossa maneira de entender a história do pensamento racista.

Construída em torno da ideia de identidade e de alteridade, a raça é acima de tudo uma ferramenta política que deve ser compreendida no contexto das suas origens históricas. Apesar de entre os académicos haver consenso quanto ao facto de as raças não existirem senão como construções ideológicas, as opiniões divergem no que toca a explicar o nascimento dessas ideologias.

A investigação que Schaub apresenta neste livro encontra essas origens na discriminação dos cristãos de origem judaica e muçulmana com base na ideia, inédita até então, de que estes tinham traços sociais e morais negativos, transmissíveis de geração em geração através do sangue, do sémen ou do leite — uma ideia prevalecente na era imperial e colonial e que persistiu até hoje.

Ao desafiar as definições hegemónicas de raça e ao apresentar uma nova cronologia do pensamento racial, Schaub demonstra que o racismo tem sempre de ser compreendido no contexto da sua história política.

"A Representação" de Romana Petri

Editor: Saída de Emergência

Sinopse: Depois da exposição em que Albertini retratou a família do marido, o casal é forçado a mudar-se para Roma. Os rabiscos irritaram a família, mas Albertini não fica preocupada, uma vez que odiava os silenciosos almoços de domingo.


Quando um galerista de Milão a convida para uma exibição, o sucesso é imediato. Agora uma artista rica e famosa, Albertini poderia, finalmente, viver uma vida boa com o marido. Contudo, a exposição de Lisboa deixou as suas marcas, e o relacionamento conjugal torna-se complicado, desencadeando um conflito que é tanto um desafio obscuro quanto uma redenção brilhante. O amor é apenas uma «representação?

Num vaivém contínuo e dramático entre Roma e Lisboa, Romana Petri move-se com insinuante agilidade entre a monotonia dos rituais familiares, o suave e mórbido teatro da beleza lisboeta, e o gesto revelador e mágico da arte, num romance que explora e ultrapassa os limites da paixão e das relações familiares.

"Lendários" de Tracy Deonn

Editor: Desrotina

Sinopse: «Quando as sombras se erguerem, a luz ascenderá. Quando o sangue for derramado, ao Chamamento do sangue responderei. Pela Távola do Rei, pelo poder da Ordem, pelos nossos Juramentos eternos. A Linhagem é Lei.»


Depois de perder a mãe, tudo o que Bree Matthews quer é fugir das lembranças da família e da infância. Decide então entrar num programa da Universidade da Carolina do Norte para estudantes de excelência. Um novo começo, distante da pessoa que era antes de a sua vida desmoronar.

Tudo parece perfeito até que, na primeira noite na residência académica, Bree testemunha o ataque de um demónio que se alimenta de energias humanas, um susto que a conduzirá diretamente aos Lendários: uma sociedade secreta composta por estudantes que se dedicam a caçar estas criaturas e a proteger a humanidade.

Aos poucos, entre memórias enevoadas e a sensação de um ancestral despertar mágico em si, percebe que há mais a descobrir sobre a morte da mãe; e que a resposta pode estar no grupo secreto em que terá de se infiltrar...

Para a ajudar, recruta Nick, um Lendário autoexilado com o seu próprio rancor contra o grupo. Juntos, avançam até aos segredos mais profundos da sociedade... e aos braços um do outro.

Quando os Lendários revelam ser os descendentes dos cavaleiros do rei Artur e uma guerra mágica parece iminente, Bree tem de decidir até onde irá pela verdade. Deve utilizar a sua magia para os destruir, ou juntar-se a eles na luta?

Todas as lendas têm um fim.

"Numerologia e Vidas Passadas Uma Ciência Antiga para Uma Nova Era" de Clara de Almeida

Editor: Pergaminho

Sinopse: «A Numerologia é uma linguagem simbólica que usa os Números como representantes de energias e não como simples medidas do mundo da matéria, sendo deste modo utilizados para descrever e não para contar. Podemos, portanto, aplicá-la a todos os domínios da nossa vida e usá-la num contexto pessoal, descrevendo a natureza individual, identificando os trânsitos a cada momento da vida, clarificando fraquezas e forças da personalidade. Deste modo, com a Numerologia é possível criar orientações para desenhar caminhos mais adequados, abrir perspetivas para desenvolvimentos pessoais e encontrar formas de direcionar ações para alcançar objetivos.»


Em A Numerologia da Nova Era, Clara de Almeida ensinava como obter informação a partir do nome e da data de nascimento para otimizar diversos aspetos das nossas vidas. Neste novo livro, que é uma espécie de volume complementar do anterior, concentra-se nos aspetos kármicos da Numerologia, ou seja, na sua relação com o estudo de vidas passadas.

7 Estratégias para Enriquecer e Ser Feliz de Jim Rohn

Editor: Lua de Papel

Sinopse: Ideias inspiradoras do grande pensador da vida empresarial.

Demasiado impaciente e ambicioso para estudar, Jim Rohn desistiu da universidade para procurar a riqueza. Mas aos 25 anos, já casado e com filhos, estava na miséria. Por sorte, conheceu um empresário que, além de lhe ter dado emprego, lhe deu também importantes lições de vida. Em pouco tempo, Jim tornou-se milionário. Mais tarde, ao dar uma conferência num Rotary Club, percebeu que tinha encontrado uma vocação. As suas míticas palestras fizeram dele um dos mais conhecidos e influentes pensadores norte-americanos na área do empreendedorismo e criação de riqueza. E entre os seus confessos admiradores contam-se gurus como Anthony Robbins, T. Harv Ecker (autor de Os Segredos da Mente Milionária) ou Mark R. Hughes (criador da Herbalife).

Na essência, são 7 Estratégias Para Enriquecer e Ser Feliz que podem ser resumidas assim: liberte o poder dos objetivos; adquira conhecimentos; aprenda a mudar; controle as finanças; controle o tempo; rodeie-se de vencedores; aprenda a arte de bem viver. As estratégias são muito simples e juntas oferecem uma poderosa maneira de (re)pensar a vida e fazem-nos perceber que riqueza e felicidade, afinal, nascem exatamente na mesma fonte.

"Sabias que…? O Corpo Humano"

Editor: Texto Editores

Sinopse: RESPOSTAS BRILHANTES A PERGUNTAS DESCONCERTANTES! SABIAS QUE…? O CORPO HUMANO dá resposta a mais de 200 perguntas que qualquer mente curiosa poderia colocar acerca do corpo humano!

Desde o menor constituinte do nosso organismo ao maior órgão que dele faz parte, passando pela razão para o sangue ser vermelho, este livro contém fotografias magníficas e factos bem curiosos sobre a fantástica máquina que é o nosso corpo.

Curar Através das Palavras de Rupi Kaur

Editor: Lua de Papel

Sinopse: "Dançar é criativo. Limpar, escrever um ensaio, encontrar uma boa desculpa para faltar a um almoço de família, são atos criativos. Assim como é criativo organizar o guarda-roupa, cozinhar, fazer jardinagem…Todos nós conseguimos ser criativos naquilo que bem entendermos."

Quando somos crianças, nunca nos falta imaginação. Mas depois crescemos, vamos para a escola, segue-se a universidade e a vida. Pelo caminho deixamos cair os desenhos, os diários, os devaneios artísticos. É pena, porque criar é, entre muitas outras coisas, terapêutico. Foi a desenhar, a escrever e a ler poemas que Rupi Kaur começou o seu percurso de autodescoberta e de cura. Em Curar Através das Palavras, a poeta desenhou um guia, com exercícios de escrita, para inspirar a criatividade e a cura.
Os exercícios, que a própria Rupi pratica, vão ajudar o leitor a explorar temas como o trauma, a perda, a separação, o amor e a celebração do Eu. Este manual oferece assim uma experiência catártica de autodescoberta e uma nova forma de praticar mindfulness através da escrita.

As Cores das Coisas de Rosa Alice Branco

Editor: Contraponto Editores

Sinopse: A cor é a linguagem do olho, tão apaixonante que desencadeia em nós emoções, por ser o elemento da perceção mais impactante e imprescindível à vivência e à sobrevivência. Mas é também o trunfo da imaginação, que permite ao poeta Paul Éluard escrever o verso: «A terra é azul como uma laranja.»


As Cores das Coisas é um livro para todos os profissionais que trabalham com a cor, mas também para estudantes e para gente curiosa, porque ensina ao mesmo tempo que conta histórias fascinantes que ajudam a compreender a realidade policromática.

Através da escrita sedutora e luminosa da poeta e professora universitária Rosa Alice Branco, e em resultado de anos de ensino e investigação, o leitor fica a compreender o poder inescapável da cor e as emoções que gera, mesmo que o seu impacto não chegue a aflorar a nossa consciência. A cor tem poder manipulador e tudo nela é consonância e paradoxo: um desafio tão empolgante como uma montanha-russa.

Por que razões a roupa interior foi, durante tanto tempo, branca? Como evoluiu a cor das louças sanitárias das casas de banho? Qual a história do azul dos jeans Levi’s? E em que medida se ligam as cores com a história da LEGO? Ou dos chocolates Cadbury?

O nosso cérebro é uma peça mestra no jogo de instalar desejos em nós, associando objetos e realidades coloridas a sensações de satisfação e prazer. Ao contar histórias das cores e dos seus significados, este livro fascinante permite compreender como coisas tão díspares como a publicidade, um logótipo, os alimentos, os clubes de futebol e as nossas memórias se vestem das cores que melhor permitem apreciar o seu sabor.

"Breve História dos Piratas" de Peter Lehr

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Serão os piratas destemidos príncipes do mar, de pala nos olhos e espada na mão? Peter Lehr demonstra neste livro que nem a tradicional imagem dos piratas, nem a atual, contam a verdadeira história da pirataria.


O autor percorre a história do corso desde os Vikings, nos mares do Norte e Báltico, até aos assaltantes da Somália contemporânea. Analisa os motivos por que indivíduos e grupos optam por uma vida itinerante de crime, bem como a forma como se organizam, se adaptam à violência no mar e recorrem a táticas de terror para saquear navios e regiões costeiras.

O autor aborda também o papel do Estado e as razões que têm permitido a este fenómeno prolongar-se no tempo.

"O Passageiro" de Cormac McCarthy

Editor: Relógio D'Água

Sinopse: Dezasseis anos depois, Cormac McCarthy, vencedor do Prémio Pulitzer com A Estrada, regressa com o primeiro de dois novos livros. O Passageiro narra a história de um mergulhador de resgate, assombrado pela perda, receoso das águas mais profundas, e que, perseguido por uma conspiração que não compreende, anseia por uma morte que não consegue conciliar com Deus. O projeto ficará concluído com Stella Maris, livro que será igualmente publicado pela Relógio D’Água, em tradução de Paulo Faria.

"Planeta Magalhães - Por Onde Andaste, Fernão?" de Mário Augusto

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: Quem foi Fernão de Magalhães? Porque ficou tão conhecido em Portugal e no Mundo?


Planeta Magalhães - Por Onde Andaste, Fernão? dá-te estas e outras respostas num livro com um texto muito fácil de ler, ilustrações fantásticas e ainda acesso a conteúdos em vídeo e em áudio, narrados pelo próprio autor, através de códigos QR em todos os capítulos.

O navegador português planeou e liderou a primeira volta ao globo, confirmando entre outras coisas que a Terra é realmente uma bola, bem maior do que antes se pensava, e que o continente americano, mundo novo nessa altura, era território circum-navegável. Também se descobriu que, dando essa volta ao planeta no sentido este-oeste, ganhava-se um dia no calendário.

Este livro conta-nos a epopeia da circum-navegação, planeada e liderada por Fernão de Magalhães, que, ao serviço da Coroa espanhola, protagonizou a maior viagem da Humanidade, acrescentando novo conhecimento ao mundo de 1500.

"Gente Comum Uma história na PIDE" de Aurora Rodrigues

Editor: PARSIFAL

Sinopse: Pouco depois de aderir ao MRPP, em 1972, na sequência do brutal assassinato pela PIDE do camarada de curso José António Ribeiro Santos, Aurora Rodrigues é detida pela polícia política e levada para a prisão de Caxias, onde será torturada barbaramente durante três meses.


A então jovem de 21 anos esteve impedida de dormir cerca de 450 horas; em paralelo, sofreu espancamentos e passou por várias práticas de tortura, tendo o apoio de familiares e amigos e a memória do camarada Ribeiro Santos sido fundamentais para resistir às atrocidades a que foi submetida.

Libertada, vive a Revolução de forma intensa, envolvendo-se mais profundamente no trabalho partidário até ser de novo detida com várias centenas de camaradas, desta vez por iniciativa do COPCON.

Nunca baixando os braços e olhando os torcionários de frente, Gente Comum - Uma história na PIDE é um relato de uma jovem de grande valentia e de uma mulher extraordinária que lutou intensa e corajosamente pelos seus ideais. Esta é a sua história, agora partilhada com os leitores.

"Questões Escaldantes Ensaios e textos ocasionais, 2004-2021" de Margaret Atwood

Editor: Bertrand Editora

Sinopse: “Margaret Atwood, ícone cultural e uma das mais importantes escritoras contemporâneas, está de regresso com uma extraordinária coleção de ensaios - divertidos, eruditos, terrivelmente curiosos e assombrosamente premonitórios -, que procuram dar resposta às questões mais prementes dos nossos dias, tais como:


Porque contam histórias todas as pessoas, em todos os pontos do planeta, em todas as culturas? Quanto de nós podemos dar aos outros, ou de quanto podemos prescindir, sem que fiquemos vazios? Será possível viver no planeta Terra? Como? É verdade, seja o que for? E é justo? O que têm os zombies que ver com autoritarismo?

Ao longo de cinquenta peças literárias, Atwood convoca o melhor do seu prodigioso espírito crítico e do seu humor irreverente, discorrendo sobre o fim da História, a crise financeira, a ascensão de Trump ao poder e a herança do trumpismo, e a própria pandemia.

Da dívida pública aos grandes gigantes tecnológicos, da crise climática ao nosso conceito de liberdade; e quando devemos nós oferecer os nossos conselhos aos mais jovens? Resposta rápida: apenas quando nos pedirem. Também se apresenta uma forma de definir o conceito de granola - mas não a marca registada. Não haverá melhor guia para os muitos e variados mistérios do Universo.

"Lendários" de Tracy Deonn

Editor: Desrotina

Sinopse: «Quando as sombras se erguerem, a luz ascenderá. Quando o sangue for derramado, ao Chamamento do sangue responderei. Pela Távola do Rei, pelo poder da Ordem, pelos nossos Juramentos eternos. A Linhagem é Lei.»


Depois de perder a mãe, tudo o que Bree Matthews quer é fugir das lembranças da família e da infância. Decide então entrar num programa da Universidade da Carolina do Norte para estudantes de excelência. Um novo começo, distante da pessoa que era antes de a sua vida desmoronar.

Tudo parece perfeito até que, na primeira noite na residência académica, Bree testemunha o ataque de um demónio que se alimenta de energias humanas, um susto que a conduzirá diretamente aos Lendários: uma sociedade secreta composta por estudantes que se dedicam a caçar estas criaturas e a proteger a humanidade.

Aos poucos, entre memórias enevoadas e a sensação de um ancestral despertar mágico em si, percebe que há mais a descobrir sobre a morte da mãe; e que a resposta pode estar no grupo secreto em que terá de se infiltrar...

Para a ajudar, recruta Nick, um Lendário autoexilado com o seu próprio rancor contra o grupo. Juntos, avançam até aos segredos mais profundos da sociedade... e aos braços um do outro.

Quando os Lendários revelam ser os descendentes dos cavaleiros do rei Artur e uma guerra mágica parece iminente, Bree tem de decidir até onde irá pela verdade. Deve utilizar a sua magia para os destruir, ou juntar-se a eles na luta?

Todas as lendas têm um fim.

"Em Defesa do Capitalismo - Um antídoto para os mitos anticapitalistas" de Rainer Zitelmann

Editor: Alêtheia Editores

Sinopse: Neste seu novo livro, o historiador e sociólogo alemão Rainer Zitelmann examina as dez acusações mais comuns ao capitalismo: que é responsável por fome e pobreza, por crescentes desigualdades, por consumo supérfluo, por destruição ambiental e por alterações climáticas e guerras.


Sob a égide do capitalismo, alegam os seus críticos que só o lucro, o egoísmo e a ganância contam, os monopólios imperam, e a democracia é posta em causa. Zitelmann aborda detalhadamente cada um destes argumentos e prova que não foi o capitalismo que falhou, mas sim todas as experiências anticapitalistas dos últimos 100 anos. Fá-lo recorrendo a uma vasta panóplia de surpreendentes factos e dados históricos.

A obra debruça-se também sobre o que as pessoas na Europa, nos Estados Unidos, na Ásia e na América do Sul sentem em relação ao capitalismo. Para captar as perceções da opinião pública, Zitelmann encomendou ao instituto de sondagens Ipsos MORI a realização de um inquérito em 22 países, incluindo Portugal, cujos resultados são aqui pela primeira vez apresentados.

Apesar de sustentado numa vasta pesquisa académica (a bibliografia contém mais de 300 títulos, todos os factos são sustentados por 841 notas, e 20 historiadores, economistas e sociólogos de renome leram previamente o manuscrito ou partes do mesmo), este livro está escrito - como todos os do autor - num estilo prático e acessível, sendo dirigido ao público em geral.

Nick Cave - Mercy on Me de Reinhard Kleist

Editor: Editora Minotauro

Sinopse: Músico, romancista, poeta, ator: Nick Cave é o verdadeiro homem da Renascença. A sua vasta produção artística, sempre intransigente, hipnótica e intensa, define-se no essencial por um extraordinário dom para a narrativa.


Empregando um elenco de personagens inspirados na música e na escrita de Cave, a novela gráfica de Reinhard Kleist pinta um expressivo e cativante retrato de um artista incomparável.

Doidos por Livros de Emily Henry

Editor: Quinta Essência

Sinopse: Nora vive para os livros. É agente literária e defende os seus escritores apaixonadamente.

Charlie é editor literário e tem o dom de publicar bestsellers. E é o inimigo n. º 1 de Nora.
Nora adora a sua profissão e não se imagina a viver noutro sítio que não Nova Iorque. O que ela não adora é a sua vida amorosa. Já perdeu relações suficientes por não se conformar com o papel de namorada dócil e caseira. Está farta! Por isso, quando a sua irmã, Libby, lhe propõe uma viagem a duas, Nora aceita. Sunshine Falls, uma amorosa vila na Carolina do Norte onde decorre a ação do bestseller do momento, está longe de ser o seu destino de férias ideal. Mas Libby escolheu esta radical mudança de cenário de propósito para incentivar a irmã a viver a vida de forma real e autêntica e não apenas através dos livros. Durante um mês, Libby tudo fará para que Nora seja a protagonista da sua própria história (romântica, de preferência).

Mas em vez de piqueniques em prados, encontros casuais com um atraente médico de província ou lenhador escultural, Nora está sempre a dar de caras com… Charlie, que teve a lata de rejeitar um dos seus livros, anos antes. Nora não é nenhuma heroína. Charlie está longe de ser um herói. Mas à medida que continuam a esbarrar um no outro - numa série de coincidências típicas dos melhores romances -, o que descobrem sobre si próprios supera (de longe!) a ficção.

O Meu Polícia de Bethan Roberts

Editor: Cultura Editora

Sinopse: É na cidade de Brighton, Inglaterra, durante os anos 50, que Marion vê pela primeira vez o belo e enigmático Tom. Ele ensina-a a nadar à sombra do pontão e Marion apaixona-se, determinando que o amor que sente por ele será suficiente para os dois.


Uns anos mais tarde, no Museu de Brighton, Patrick conhece Tom e apaixona-se por ele, um homem mais jovem, ao qual apresenta um novo mundo, sofisticado e glamoroso.

Tom é o polícia de ambos, só que naquela época é-lhe mais fácil e confortável casar-se com Marion. Os dois amantes terão de partilhá-lo, até que um deles se afaste e três vidas sejam destruídas.

"Surrender 40 canções, uma história" de Bono

Editor: Objectiva

Sinopse: Em Surrender, Bono escreve na primeira pessoa sobre a sua vida notável e sobre aqueles com quem a partilhou. Com uma voz única, Bono leva-nos até aos seus dias de juventude em Dublin, ao momento em que perdeu a mãe subitamente, aos14 anos, à improvável viagem dos U2 antes de se tornarem uma das bandas mais influentes de sempre, aos seus mais de 20 anos de ativismo, dedicados à luta contra a SIDA e a pobreza extrema. Num exercício de franca autoanálise e com uma dose saudável de humor, Bono abre a porta para a sua vida, a sua família e amigos e para a fé em que se apoiou, que o desafiou e que o moldou.


O subtítulo de Surrender40 canções, uma história é um piscar de olho aos 40 capítulos que compõem o livro, cada um evocando uma música dos U2. Bono criou ainda 40 desenhos originais para este livro e um vídeo, narrado por si, baseado nas suas ilustrações e divulgado hoje nas plataformas digitais dos U2, a partir do excerto de um dos capítulos do livro, Out of Control, no qual Bono narra o episódio da composição do primeiro single dos U2 a 10 de maio de 1978 - dia do seu 18.º aniversário.


"Pela Cabeça do Rei - Volume 1 A Fortaleza Dourada" de Nuno Almeida

Editor: Editorial Divergência

Sinopse: Dragnar deArmas, antigo guarda-costas do rei tornado mercenário, tem apenas um desejo:

Cortar a cabeça de Sua Majestade

Para tal, contará com a ajuda de Reicard, o único homem em que confia; e Finrra, uma assassina contratada para o matar, mas para escapar à vida que abomina, junta-se a esta missão para honrar o exército real que foi abandonado quando mais precisava do seu rei. Será que Dragnar procura vingança ou quer impedir que o seu reino se desmorone?

Dragnar irá raptar, torturar e matar, trair e ser traído. Tudo fará pela cabeça do rei.

"Na Minha Família Todos Mataram Alguém" de Benjamin Stevenson

Editor: Edições Asa

Sinopse: Eu já receava o encontro de família antes de ocorrer a primeira morte.

Antes de a tempestade nos isolar naquela casa de montanha.
É que nós, os Cunningham, não nos damos nada bem. Aliás, a única coisa que temos em comum é o facto de todos termos matado alguém.
Quando foi encontrado o primeiro corpo na neve, percebi logo que só um Cunningham podia ter cometido o crime - mas quem?
Cabe-me a mim resolver o mistério. É que há muitos matadores na minha família. Mas assassino, só há um…

Ernest Cunningham sabe que as aparências iludem. Para ele, os Cunningham podem ter esqueletos no armário mas não são psicopatas. Mas poderemos nós confiar no nosso narrador? Uma coisa é certa, esta família não é, de todo, uma família normal.

Sofisticado, original e com um enredo magnífico, esta obra arrasa com todos os clichés do policial típico. Na Minha Família Todos Mataram Alguém é entretenimento em estado puro, e um magnífico romance de mistério.

"A cegonha sem vergonha Animais que riem e rimam" de Richard Zimler

Editor: Porto Editora

Sinopse: Uma lebre de Porto Santo, uma mula de Cedofeita, uma felosa de Espinho, um pavão de Montreal e tantos outros animais improváveis nestes versos divertidos, por vezes irónicos, mas sempre pedagógicos, a que Patrícia Figueiredo dá cor e vida e que vêm mais uma vez comprovar Richard Zimler como uma das vozes a ter em conta na nossa literatura infantil.

Escrito nas Estrelas de Alexandria Bellefleur

Editor: Clube do Autor

Sinopse: Escrito nas Estrelas venceu dois importantes prémios literários, eleito Livro do Ano, destacado pelo The New York Times Book ReviewWashington Post e pela Oprah Mag entre várias outras revistas e jornais de referência.


Aclamado pela imprensa e pelos leitores, Escrito nas Estrelas depressa se transformou num bestseller internacional com tradução para várias línguas.

Com um toque de Bridget Jones e outro de Orgulho e Preconceito, este livro conta uma história verdadeiramente terna e encantadora, sobre o verdadeiro poder do amor.

"Feras e Homens - A fauna no Portugal Medieval" de Miguel Brandão Pimenta e Paulo Caetano

Editor: Bizâncio

Sinopse: Em Feras e Homens, os autores desafiam o leitor para uma misteriosa jornada rumo às florestas de medos, repleta de seres fantásticos e assustadores, que caracterizavam Portugal na Idade Média.


Com base em documentos da época, ficaremos a conhecer os seres assustadores, mas simultaneamente imprescindíveis, com que o homem se relacionava nesses tempos.

Um relato apaixonante e surpreendente.

"O Colégio das Quatro Torres - Os Três Primeiros Anos 3 Livros em 1" de Enid Blyton

Editor: Oficina do Livro

Sinopse: A Diana é uma miúda divertida, que chega ao novo colégio com muita vontade de aprender, de fazer novas amizades, e muito mau génio! No primeiro ano vai viver muitas aventuras e situações atribuladas, mas com a ajuda da Milú e da Celeste, ela descobre o valor da verdadeira amizade e como controlar o seu feitio. No verão, as férias voam e agora no segundo ano, há colegas com talentos para todos os gostos, novas e velhas amizades e até roubos misteriosos para solucionar. Para o início do terceiro ano, a Diana leva um malão cheio de livros, mas, para além da vontade de ler, das saudades das peripécias habituais e da chegada de novas alunas, a maior novidade no colégio é o Trovão, o cavalo que faz as delícias das alunas. Mas será que o ano vai acabar bem?

"Cavalos em Fuga O Mar da Fertilidade II" de Yukio Mishima






cardapio.pt @ 26-10-2022 17:31:00


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias sobre Literatura e Livros